Segunda, 26 de Julho de 2021 23:12
44 99157-4575
Política Estadual Pedágio

Briga contra pedágio não está ganha ainda

O deputado disse que é necessário ficar em alerta "igual São Tomé, ver para crer" em relação à proposta da concessão dos novos pedágios.

24/05/2021 18h42
Por: Redação
Briga contra pedágio não está ganha ainda

O deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB) alertou nesta segunda-feira (24) que a Assembleia Legislativa do Paraná e a sociedade paranaense precisam se manter mobilizadas até que as novas regras para a concessão de rodovias sejam efetivamente definidas e publicadas. “A briga não está ganha ainda”, afirmou ele.

Romanelli defende que a fórmula a ser apresentada pelo Ministério da Infraestrutura deve respeitar as diretrizes acordadas entre o presidente da República Jair Bolsonaro e o governador Carlos Massa Ratinho Junior. “Esperamos que a palavra empenhada pelo presidente ao governador seja efetiva”, disse o deputado ao citar o critério de menor preço de tarifa como a principal regra do leilão.

Segundo o deputado, as primeiras sinalizações do Governo Federal em relação ao novo modelo de licitação ainda são preocupantes, principalmente em relação às garantias. “Queremos que prevaleça o menor preço e a garantia da realização de obras, sem qualquer tipo de subterfúgio para manter as tarifas mais altas do que devem ser”, pontuou.

Para Romanelli, o preço deve ser menos da metade do valor atual. “Queremos uma concessão de rodovias em que o paranaense pague a tarifa, veja a obra acontecendo, e não tenha a sensação de estar sendo roubado cada vez que passa por uma praça de pedágio”.

Pé atrás -  O deputado disse que é necessário ficar em alerta "igual São Tomé, ver para crer" em relação à proposta da concessão dos novos pedágios. "Queremos ver as mudanças definidas publicadas no edital das concessões", disse. “Nessas horas temos que nos lembrar do São Tomé – ver para crer. Queremos ver publicado no site da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) o anúncio da solução do problema para o pedágio no Paraná”, observou Romanelli.  O deputado está com um pé atrás em relação à questão da outorga.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias