Nosso grupo do WhatsApp WhatsApp
Terça, 18 de Maio de 2021 22:45
44 99157-4575
Câmara dos Deputados Câmara dos Deputados

Projeto fixa percentual de 51% de grãos integrais para que pão seja chamado de integral

Proposta prevê multas para empresas que descumprirem a determinação

15/04/2021 16h16
Por: Redação Fonte: Agência Câmara de Notícias
Roberto de Lucena: muitos produtos fazem propaganda enganosa - (Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados)
Roberto de Lucena: muitos produtos fazem propaganda enganosa - (Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados)

O Projeto de Lei 260/21 cria regras para a comercialização de pães conforme a quantidade de grãos integrais em sua composição. O texto tramita na Câmara dos Deputados.

Segundo a proposta, a expressão “integral" só poderá constar na embalagem de pães com mais de 51% de grãos integrais em sua composição. Percentuais de grãos integrais entre 15% e 51% permitem o uso de embalagens com as expressões “semi-integral" ou "com adição de farinha integral”, enquanto percentuais inferiores impedem qualquer referência a produto “integral”. Fibras adicionadas artificialmente deverão ser anunciadas como “com fibra artificial”.

Propaganda enganosa
"A venda de produtos de panificação que não correspondam exatamente à condição de 'integrais' prejudica o consumidor, que o adquire pensando estar consumindo um pão que o auxiliará a prevenir problemas circulatórios, incidência de câncer ou diabetes, tratando-se, em alguns casos de verdadeira propaganda enganosa”, alerta o autor do projeto, deputado Roberto de Lucena (Pode-SP).

Caberá aos órgãos públicos competentes, de acordo com a proposta, analisar e certificar a composição dos pães, estabelecendo quais expressões podem ou não ser utilizadas.

A proposta prevê multas que variam de R$ 500 a R$ 1.000 para empresas que descumprirem a determinação, podendo ser aplicada em dobro em caso de reincidência.

Tramitação
O texto será analisado, em caráter conclusivo, pelas comissões de Defesa do Consumidor; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Saiba mais sobre a tramitação de projetos de lei

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias