Terça, 16 de Julho de 2024
12°C 17°C
Nova Cantu, PR
Publicidade

Richa defende Ponte de Guaratuba, mas empresa do consórcio foi suspeita de suborná-lo

Vencedora da licitação em Guaratuba foi apontada pela Lava Jato como tendo pagado propina para governo

20/10/2023 às 12h38
Por: Redação Fonte: https://www.plural.jor.br/noticias/poder/richa-defende-ponte-de-guaratuba-mas-empresa-do-consorcio-foi-suspeita-de-suborna-lo/
Compartilhe:
Imagem Ilustrativa
Imagem Ilustrativa

Nas últimas semanas, o deputado federal Beto Richa (PSBD) criticou várias vezes a decisão da juíza Silvia Brollo de suspender a licença prévia para a construção da Ponte de Guaratuba e encaminhou um documento à Justiça Federal assinado por outros 13 deputados para que a obra seja liberada.

Curiosamente, a empresa Goetze Lobato Engenharia, que integra o Consórcio Nova Ponte, ganhador da licitação, foi suspeita de ter participado ao pagamento de propina para Beto quanto ele foi governador do Paraná. Hoje, Richa cogita uma possível candidatura a prefeito de Curitiba, embora ainda responda por supostos casos de corrupção.

A ligação entre Richa e a Goetze Lobato Engenharia foi revelada por uma das investigações da Lava Jato. Durante o período em que Beto permaneceu no cargo de governador, a Goetze Lobato ganhou algumas licitações com o governo do Estado, como o contrato para ampliação do sistema de esgoto sanitário no Litoral. 

Em 2014, porém, a empresa entrou no consórcio Rota das Fronteiras, junto com três outras empresas, a América, a Tucumann e a empreiteira Odebrecht. O consórcio demonstrou interesse na adjudicação do contrato de “exploração e duplicação da PR 323 entre o município de Francisco Alves e Maringá”. A licitação valia R$ 7,7 bilhões, foi considerada na época “a maior da história” da Secretaria de Infraestrutura.

Por esta razão, dois executivos da Odebrecht, Luiz Bueno e Luciano Pizzatto, teriam procurado Deonilson Roldo, então chefe de gabinete do governador Richa. De acordo com a hipótese do Ministério Público Federal, Richa teria favorecido o grupo Odebrecht em troca de uma garantia de que no consórcio ganhador teriam entrados “três empresas próximas do governo” e que “havia expectativa de recebimento indevido destas empresas”. As três empresas do consórcio a que os procuradores se referem seriam América, Tucumann e Goetze Lobato Engenharia.

Durante as reuniões que foram realizadas entre janeiro e outubro de 2014 no Palácio Iguaçu, os dois representantes de Odebrecht teriam prometido R$ 4 milhões a Deonilson para vencer a licitação com suposto “conhecimento e anuência” de Richa, que, por outro lado nega esta circunstância. Segundo a força-tarefa da Lava Jato, a partir daquele momento o governo de Richa teria tomado medidas para modificar a licitação e assim favorecer o consórcio liderado pela Odebrecht, que também incluía a empresa Goetze Lobato.

Além da suposta propina por parte da empreiteira baiana, Richa também teria se beneficiado de um barracão na CIC de Curitiba, vendido para uma empresa da família do então governador por um preço de R$ 2 milhões, inferiores ao valor de mercado.

A empresa vendedora deste imóvel foi a Tucumann, que no passado participou de diversos consórcios empresariais junto com a empresa Goetze Lobato. A Justiça Eleitoral ainda não proferiu uma decisão sobre este caso. Por outro lado, a defesa de Richa espera se beneficiar da anulação do acordo de leniência entre o MPF e a Odebrecht para invalidar as delações dos executivos desta empreiteira, que representam as provas mais forte apresentadas contra o ex-governador. A força-tarefa da Lava Jato não produziu provas que pudessem demonstrar os pagamentos da empresa Goetze Lobato para Richa.

A suposta relação entre Beto Richa e a empresa Goetze Lobato, porém, foi documentada também no desdobramento da operação Lava Jato relativo as concessionárias de rodovias do Paraná. A empresa Goetze Lobato fazia parte, juntamente com Tucuman, do consórcio Caminhos do Paraná, responsável pela gestão do lote 4.

De acordo as investigações do MPF, as empresas deste consórcio “negociavam pagamentos” de propina a vários políticos. Os autos da Lava Jato apontam que também o então governador Richa teria se beneficiado deste dinheiro.

Em troca, de acordo com a delação do então diretor do DER Nelson Leal Junior, o governo de Richa editou aditivos favoráveis a estas concessionárias. Richa nega a acusação e alega uma perseguição política por parte do MP. Porém, a ação penal segue em tramitação na Justiça Eleitoral.

Até o momento, não há notícia de inquéritos abertos pelo MP sobre um possível suborno para Richa relacionado a construção da Ponte.

Licitação da ponte

Em outubro de 2022, a licitação para a construção da Ponte de Guaratuba foi vencida pelo Consórcio Ponte Nova, formado pelas empresas OECI S.A. Carioca Christian-Nielsen Engenharia S.A. e Goetze Lobato Engenharia. Apesar de ter sido classificado em 3° lugar, o consórcio obteve o contrato por conta da decisão do DER/PR que inabilitou as duas primeiras empresas classificadas por não terem atendidos os critérios técnicos de capacidade operacional e profissional previstos na licitação.

Em dezembro, o TCE suspendeu o contrato com o Consórcio Ponte Nova porque alguns termos no edital teriam “restringido o caráter da licitação”. O caso foi levado antes ao Tribunal de Justiça do Paraná, que suspendeu a liminar, e depois ao STF. A ministra Rosa Weber indeferiu o pedido do TCE e desbloqueou a obra.

Em outubro deste ano, a juíza Silvia Brollo da 11° Vara Federal de Curitiba suspendeu a licença prévia da construção da ponte, atendendo um pedido do Ministério Público Federal, que apontou a falta de estudos sobre o possível impacto ambiental durante a realização da obra.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Nova Cantu, PR
12°
Tempo nublado

Mín. 12° Máx. 17°

12° Sensação
2.23km/h Vento
96% Umidade
20% (0.11mm) Chance de chuva
07h12 Nascer do sol
05h58 Pôr do sol
Qua 22° 11°
Qui 24° 12°
Sex 25° 13°
Sáb 26° 13°
Dom 26° 13°
Atualizado às 01h32
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,45 +0,06%
Euro
R$ 5,94 +0,06%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,09%
Bitcoin
R$ 363,238,76 -1,07%
Ibovespa
129,320,96 pts 0.33%
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Lenium - Criar site de notícias