Segunda, 17 de Junho de 2024
17°

Parcialmente nublado

Nova Cantu, PR

Curiosidade Criatividade

Pessoas criativas fazem algo que o resto de nós costuma evitar

Entender por que pessoas diferentes pensam da maneira que pensam pode levar a intervenções promissoras para melhorar a saúde e o bem-estar

10/07/2023 às 18h41
Por: Redação Fonte: https://universoracionalista.org/criatividade-pessoas-criativas-fazem-algo-que-o-resto-de-nos-costuma-evitar/
Compartilhe:
Getty Images
Getty Images

Períodos prolongados de solidão podem levar muitos de nós a escalar as paredes em busca de algo para ocupar nossas mentes. Aqueles que têm uma mente criativa, no entanto, apreciam a liberdade de escapar para seu próprio universo mental.

Psicólogos americanos das Universidades do Arizona, Arkansas e Minnesota, entrevistaram mais de 2.000 voluntários para entender melhor como a criatividade entra em ação quando não temos nada melhor para fazer.

Indivíduos que eram melhores em pensamento divergente eram menos propensos a sentir tédio quando deixados sozinhos com seus pensamentos.

Embora longe de ser uma descoberta surpreendente, ela enfatiza as diferenças entre nossas mentes em um estado desocupado, potencialmente impactando a pesquisa que se baseia na comparação de varreduras da atividade cerebral em repouso.

Também poderia informar maneiras melhores de encorajar as pessoas a apreciar seu tempo de inatividade sem se sentirem obrigadas a preenchê-lo com tarefas, tarefas de trabalho e bicos.

“Entender por que pessoas diferentes pensam da maneira que pensam pode levar a intervenções promissoras para melhorar a saúde e o bem-estar”, diz a autora sênior Jessica Andrews-Hanna, neurocientista cognitiva da Universidade do Arizona.

Uma pandemia global nos ensinou que longos períodos de isolamento são uma condição que poucos de nós desfrutamos. Existem várias maneiras pelas quais as pessoas lidam com as pressões que acompanham a solidão, nem todas são saudáveis.

Para alguns, o distanciamento social foi uma oportunidade preciosa de fazer viagens mais frequentes dentro de suas próprias mentes, preenchendo aquelas longas horas com histórias imaginadas, especulações selvagens e saltos irrestritos entre pensamentos vagamente conectados.

“Na sociedade ocupada e conectada digitalmente de hoje, o tempo para ficar sozinho com os pensamentos sem distração pode estar se tornando uma mercadoria rara”, diz Andrews-Hanna.

Para ter uma noção melhor de como isso se parece em tempo real, os pesquisadores convidaram 90 voluntários a se sentarem sozinhos em uma sala sem distrações digitais por 10 minutos inteiros e simplesmente deixar escapar o que quer que surgisse em suas mentes irrestritas.

Um teste de pensamento divergente forneceu aos pesquisadores dados sobre a tendência de cada participante de explorar soluções não convencionais para questões abertas como “Como você ganharia dinheiro com 100 elásticos?”

Analisar a cadeia de ideias à medida que eram faladas em voz alta deu aos pesquisadores algumas dicas sobre os processos que permitiram que alguns pensassem fora da caixa.

“Enquanto muitos participantes tinham uma tendência a pular entre pensamentos aparentemente não relacionados, indivíduos criativos mostraram sinais de pensar de forma mais associativa”, diz Quentin Raffaeli, um estudante de psicologia da Universidade do Arizona.

Eles também falaram mais, refletindo o fluxo livre de ideias, e se classificaram como menos entediados naquele tempo sozinhos.

Em um segundo estudo, a equipe avaliou as respostas de 2.612 participantes a uma pesquisa online sobre criatividade. As avaliações autorreferidas apoiaram as descobertas do primeiro estudo – sugerindo que pessoas criativas ficaram menos entediadas durante os bloqueios do COVID-19.

Tendo em mente a subjetividade de se identificar como criativo e os desafios envolvidos em entender as reflexões dos voluntários sobre a economia das coleções de elásticos, fica claro que nem todos ocupamos o tempo de silêncio da mesma maneira.

Por mais rápido que muitos de nós possamos ser para preencher esse ‘tempo morto’, perder o foco e o zoneamento não é tão improdutivo quanto podemos imaginar. Aprender a abraçar nossa criatividade interior e aproveitar esses momentos pode ser benéfico.

“À medida que nos tornamos mais sobrecarregados, sobrecarregados e viciados em nossos dispositivos digitais, acho que precisamos fazer um trabalho melhor em nossas casas, locais de trabalho e escolas para cultivar tempo para simplesmente relaxar com nossos pensamentos”, diz Andrews- Hanna.

Esta pesquisa foi publicada no Creativity Research Journal.

Por Mike McRae
Publicado no ScienceAlert

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Nova Cantu, PR Atualizado às 03h04 - Fonte: ClimaTempo
17°
Parcialmente nublado

Mín. 16° Máx. 27°

Ter 27°C 16°C
Qua 27°C 16°C
Qui 24°C 15°C
Sex 28°C 18°C
Sáb 27°C 21°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Ele1 - Criar site de notícias