Sexta, 23 de Julho de 2021 19:51
44 99157-4575
Turismo pós-pandemia

Tendências para a retomada da atividade turística pós-pandemia

Segundo Isabel Grimm, Coordenadora do Programa de Mestrado do ISAE Escola de Negócios, destinos de curta distância e a lazer são tendência no setor

22/07/2021 20h16
Por: Redação
Tendências para a retomada da atividade turística pós-pandemia

Voos suspensos, hotéis fechados e atrações turísticas canceladas marcaram o ano de 2020. No Brasil, dados da Confederação Nacional do Comércio de Bens e Serviços e Turismo sinalizam que as restrições impostas pela pandemia correspondem a uma perda de R$ 261 bilhões. Já a perda de empregos no setor é estimada em 1 milhão de vagas, incluindo funcionários diretos e indiretos.

A pandemia exigiu mudanças e obrigou o setor de turismo a implantar protocolos sanitários buscando oferecer ao turista segurança e satisfação em suas experiências de viagem. Agora, considerando a necessidade de retomada econômica do setor, algumas tendências para o turismo mundial se destacam. É o que explica Isabel Grimm, Coordenadora do Programa de Mestrado em Governança e Sustentabilidade do ISAE Escola de Negócios.

Entre os destaques do turismo para o pós-pandemia está o aumento das viagens de lazer, haja visto uma demanda reprimida em virtude das restrições de deslocamento impostas pela pandemia, principalmente para espaços de natureza”, afirma. De acordo com a especialista, os deslocamentos de longa distância e o turismo internacional devem ficar para um segundo momento. “A tendência é que os turistas busquem por espaços ao ar livre, com uma alta para os destinos regionais de curta distância e para as viagens de carro próprio”, diz.

Segundo ela, os turistas querem opções mais próximas de casa por serem mais seguras e acessíveis. “Hospedagens mais baratas ou de médio porte devem ver o fluxo de caixa se movimentar mais rápido nesse momento de retomada econômica”, diz. Para empresários e comerciantes do setor, algumas dicas simples podem ajudar. “Maior flexibilidade nas reservas, flexibilização na montagem dos pacotes e ajuste das viagens ao interesse de cada compra, acrescentando dias ou passeios que não estavam previstos, podem ser diferenciais”, sugere.

A criatividade e a tecnologia também têm criado soluções para a retomada da atividade turística. Destinos turísticos preocupados com a segurança do cliente passam a oferecer atendimento e transações totalmente online. “É preciso conhecer o comportamento de quem consome determinado produto ou serviço turístico, especialmente quando se considera a retomada do setor em meio a pandemia. Saber o que oferecer para então reconquistar o turista”, completa Isabel Grimm.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias