Estadual

Workshop reúne empreendedores do programa Sinapse da Inovação

Publicados

em


.

O Programa Sinapse da Inovação realiza nesta terça-feira (9), às 14h30, o Workshop Validação do Problema. O evento marca o início da etapa de pré-incubação, na qual as 92 empresas contratadas, com o recurso em conta, desenvolvem seus produtos e modelos de negócio.

Desenvolvido pelo Governo do Estado, o programa incentiva o empreendedorismo inovador. O workshop de terça-feira contará com a participação de representantes da Fundação Araucária, Superintendência de Inovação da Casa Civil, Superintendência Geral de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, universidades, Sebrae-PR e Fundação Certi.

SUBVENÇÃO – Após a contratação de todas as empresas aprovadas no Programa Sinapse da Inovação, o Governo do Estado por meio da Fundação Araucária, investiu R$ 3,5 milhões em 92 startups, na forma de subvenção econômica.

“Por meio deste programa estamos oportunizando que estes empreendedores capacitados tenham sucesso em seus negócios. Por consequência, estamos incentivando a criação de riqueza e bem-estar ao cidadão paranaense”, afirma o presidente da Fundação Araucária Ramiro Wahrhaftig. “Sempre com foco nas áreas de interesse do Governo do Estado para o desenvolvimento do Paraná”, ressalta.

Leia Também:  Professores promovem arraiais virtuais com os alunos

A capacitação terá como tema principal “O problema que sua empresa quer solucionar está 100% validado? Entenda o conceito de job to be done e amplie suas chances de sucesso”. A palestra será ministrada pelo Consultor de Negócios da Fundação Certi, Carlos Bizzotto.

Os empreendedores receberão orientações e ferramentas para aplicar os conhecimentos no desenvolvimento de seus negócios. 

O link do evento, que será transmitido pelo YouTube, será divulgado nas redes sociais do programa e no site da Fundação Araucária www.fappr.pr.gov.br

HISTÓRICO DO PROGRAMA – O Sinapse da Inovação é um programa de incentivo ao empreendedorismo inovador que visa transformar ideias inovadoras em negócios de sucesso.

Promovido pelo Governo do Estado por meio da Fundação Araucária, operado pela Fundação Certi e apoiado pelo Sebrae e Sistema Fiep, a primeira edição paranaense do programa bateu o recorde de inscrições recebidas, com 1851 propostas inovadoras.

Durante a fase de submissão, foram mais de seis mil usuários cadastrados na plataforma, estes oriundos de 265 municípios do estado, um envolvimento e representatividade de mais de 66% das cidades paranaenses.

Leia Também:  UEL abre novo processo de seleção para vagas remanescentes

As 1851 ideias inovadoras obtidas na fase de inscrições foram avaliadas e 302 passaram para a segunda fase de seleção, submetendo o projeto de empreendimento, para que até 200 chegassem à terceira e última fase do processo.

Por fim, concretizando a terceira e última etapa, as equipes submeteram o projeto de fomento e foram aprovados 100 projetos inovadores. Dos 100 projetos aprovados, 92 se transformaram em empresas e receberam até R$ 40 mil cada, em subvenção econômica da Fundação Araucária.

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Estadual

Mesmo com pandemia, 11 mil trabalhadores conseguem emprego

Publicados

em

Por


.

Mesmo com um período de crise que afeta a economia no país, o Paraná conseguiu colocar, pelas Agências do Trabalhador, aproximadamente 11 mil trabalhadores no mercado de trabalho.

Só no mês de junho, 4.019 paranaenses conseguiram emprego. Em abril, foram 2.966, e em maio mais 3.940 pessoas tiveram a carteira assinada.

As unidades que mais colocaram trabalhadores no mercado, no mês de junho, foram Curitiba (333), Cascavel (204), Marechal Cândido do Rondon (134), Mandaguari (128), Rolândia (122), Umuarama (111) e Francisco Beltrão (110).

Para o secretário estadual da Justiça, Família e Trabalho, Mauro Rockenbach, esta é uma determinação do governador Carlos Massa Ratinho Junior de buscar uma atitude proativa na captação de vagas de trabalho. “Apesar da pandemia, muitas empresas continuam disponibilizando vagas pelo sistema das Agências do Trabalhador, como os setores de indústria, comércio e serviços, e isso tem possibilitado a retomada da geração de empregos”.

Devido ao fechamento das Agências do Trabalhador em alguns municípios, pela intensificação da pandemia, a Secretaria orienta os trabalhadores que buscam vagas de empregos e os empresários que ofertam vagas que continuem utilizando as plataformas digitais.

Leia Também:  Sanepar triplica capacidade de abastecimento de Reserva

As agências que não fecharam continuam com a intermediação de mão de obra, disponibilizando vagas de emprego, por meio do atendimento presencial, mediante o agendamento prévio. “Atualmente, ainda temos 2.297 vagas de emprego disponíveis no Estado, pelas Agências do Trabalhador, e estamos sempre trabalhando para intermediar mais vagas e contratações no Paraná”, afrima o coordenador interino da gestão do Trabalho e Emprego da Sejuf, Walmir dos Santos.

PROCURA DE VAGAS – Para consultar as vagas disponíveis na sua cidade, basta acessar o aplicativo SINE FÁCIL que pode ser baixado gratuitamente pela Play Store ou Apple Store, ou pelo site empregabrasil.mte.gov.br.

Para acessar o app é necessário um QRCODE que pode ser solicitado diretamente no site da Sejuf pelo Chat do Trabalhador.

Também é possível buscar atendimento presencial nas Agências do Trabalhador que estão atendendo ao público, mediante agendamento prévio no site www.justica.pr.gov.br/trabalho.

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br

Leia Também:  Sanepar fornece água em Matinhos com gerador a diesel

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo