Tecnologia

WhatsApp é o aplicativo mais usado por brasileiros no isolamento; veja o ranking

Publicados

em


source

Olhar Digital

WhatsApp
Reprodução

WhatsApp é o aplicativo mais usado durante a quarentena


A quarentena aumentou o uso de aplicativos de celulares no Brasil, e um estudo da ESPM aponta quais são os serviços mais populares entre os brasileiros durante o período. Como de costume, redes sociais estão em alta, assim como o consumo de vídeos online.

O WhatsApp foi apontado por 97% dos entrevistados como uma ferramenta fundamental para as atividades diárias durante a pandemia. O aplicativo sempre foi muito populoar no Brasil, então a liderança não chega a surpreender. Ainda assim, os números mostram que é muito difícil encontrar alguém que não tenha uma conta no mensageiro.

Em segundo lugar aparece outro serviço pertencente ao Facebook: o Instagram , citado por 88% dos entrevistados. A rede social de fotos vem ganhando diversos novos recursos por aqui nos últimos meses, incluindo uma recém-aberta loja chamada Instagram Shop .

Leia Também:  Instagram caiu! Rede social tem instabilidade nesta quinta-feira

O consumo de vídeo no celular também está em alta na pandemia, com o YouTube sendo citado por 75% dos entrevistados, e a Netflix por 68%. De acordo com o estudo, 77% dos brasileiros assistem vídeos no smartphone como forma de se distrair. Outro serviço de vídeo é o Amazon Prime , citado por 24% dos entrevistados.

O estudo ainda mostra que diferentes faixas etárias fazem usos diferentes do celular. Para usuários acima dos 45 anos, a principal função dos aplicativos é manter contato com amigos e parentes, enquanto aqueles entre 25 e 34 anos são os que mais usam o aparelho para pedir comida. Os mais jovens, com até 17 anos, gostam mais de apps para assistir filmes, séries e vídeos em geral.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Tecnologia

Veja os 11 melhores recursos do Android 11

Publicados

em

Por


source

Olhar Digital

Android 11
Reprodução/9to5Google

Veja os 11 melhores recursos do Android 11

O Android 11 já chegou em celulares Google Pixel e deve aparecer em mais aparelhos nas próximas semanas. Apesar de não conter nenhuma mudança radical de design, ou nada que altere completamente a forma de usar os dispositivos, a atualização possui algumas novas ferramentas interessantes. Aqui estão algumas delas:

1. Modo escuro automático e agendado

Adicionado pelo Google no Android 10 , o modo escuro agora apresenta a opção de ser habilitado automaticamente a noite e desligado de manhã. Além disso, você pode agendar um horário específico para que o modo escuro seja ligado ou desligado.

2. Fixar aplicativos no menu de compartilhamento

Usualmente apresentado em ordem alfabética, o menu de compartilhamento de conteúdo do Android 11 permite que você fixe seus aplicativos favoritos. A novidade não está presente em aplicativos que já apresentam menus customizados, como o Google Fotos . Além disso, as recomendações de compartilhamento ainda não podem ser desabilitadas.

3. Histórico de notificações

O Android 11 também adicionou uma nova página com histórico de notificações. Nela, o usuário pode pesquisar qual o aplicativo que mais o notifica ou checar algo que possa ter deixado passar. A página registra todas as notificações no aparelho recebidas nas últimas 24 horas.

Leia Também:  Veja os 11 melhores recursos do Android 11

4. Permissões temporárias

Em mais um passo importante para proteger a privacidade dos usuários, o Android 11 implementou permissões temporárias. Assim, aplicativos perdem acesso a certos recursos do seu celular assim que são fechados. A nova ferramenta é um bom complemento de recursos adicionados na última atualização, como o fim do acesso do clipboard em plano de fundo e a restrição de IDs de aparelhos.

5. Novos emojis

Algumas novas opções de emoji estão disponíveis no Android 11 . Um rosto com disfarce, corações e pulmões anatomicamente corretos e até mesmo um emoji ninja, estão entre as novidades. Também foram inseridos novos emojis de gênero neutro, depois dos apresentados no Android 10, além de novas representações transgêneras, com a bandeira e o símbolo da luta adicionados. Emojis antigos também foram redesenhados, ganhando novas sombras e contornos.

6. Android Auto sem fio

Com exceção de alguns aparelhos Google Pixel e Samsung , a maioria dos dispositivos com Android Auto requer um cabo USB para se conectar com um carro. O Android 11 muda isso e agora todos os celulares que suportam uma conexão Wi-Fi 5GHz podem utilizar o aplicativo sem precisar de fio.

7. Melhor suporte para telas curvas

Com boa parte dos novos aparelhos apresentando curvatura em suas beiradas, o Android 11 presta melhor suporte para esse formato, diminuindo distorções e complicações em alguns controles. A nova funcionalidade garante uma melhor eficiência de qualquer app em qualquer aparelho.

Leia Também:  Educação acessível: startup paranaense disponibiliza mais de 80 cursos online gratuitos

8. Controle de mídia

Possivelmente a alteração mais drástica do update move todo o controle de mídia do painel de notificações para a seção de configurações rápidas. Isso significa que o botão para limpar todas as notificações não fecha mais a mídia quando ela está pausada. A alteração permite que você volte do ponto onde parou em uma mídia pausada com mais facilidade.

9. Notificações e bolhas de conversação

Outra mudança está na possibilidade de separar as notificações de conversas de avisos de aplicativos de compra, jogos ou mídia. Além disso, conversações podem ser transformadas em “bolhas”, um recurso semelhante ao do Messenger do Facebook .

10. Gravação de tela com áudio

O recurso de gravação de tela do Android 11 agora também captura som. A ferramenta atualizada está disponível no menu de configurações rápidas. As opções de gravação, no entanto, continuam um pouco simplistas, não permitindo a customização de formato ou resolução.

11. Menu ligar/desligar

Além dos botões tradicionais de ligar, reiniciar e modo de emergência, o Android 11 agora apresenta uma tela inteira quando o botão de força é apresentado. O novo menu mostra um painel de controle para casas inteligentes e sua carteira virtual. No entanto, como o Google não exige que esse recurso seja implementado em todos os aparelhos, é possível que alguns dispositivos mantenham um formato mais simples.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo