Carros e Motos

VW Saveiro com motor a ar com turbo rede mais de 200 cavalos

Publicados

em


source
VW Saveiro
Renato Bellote/iG

VW Saveiro com motor boxer, refrigerado a ar, recebeu vários componentes importados e preparação caprichada

A chegada da família Gol revolucionou o mercado nacional. O modelo icônico da Volkswagen está completando 40 anos de história e deu origem a uma série de variações que se mostraram bem acertadas para o mercado. Voyage, Parati e Saveiro caíram no gosto do público e da crítica.

LEIA MAIS: VW Saveiro GT: andamos na versão que a fabricante nunca produziu

Dessas variações apenas a VW Saveiro recebeu o motor boxer que foi usado inicialmente no Gol. O propulsor refrigerado a ar se mostrou bem acertado também para o utilitário, com um torque razoável e a já conhecida confiabilidade mecânica.

O exemplar da matéria traz uma surpresa quando abrimos o capô. A preparação dos motores boxer é comum no Fusca mas no Gol e Saveiro é muito mais rara. E o capricho no cofre também impressiona, com destaque para a pintura preta e visual limpo, sem fios, uma técnica que está na moda nos últimos anos.

O conjunto mecânico da picape vem com 1.600 centímetros cúbicos de cilindrada recebeu uma injeção eletrônica para monitor toda a usina de força. Além disso a turbina KKK sopra força extra nova para os cilindros alcançando 210 cv, cavalaria aferida em dinamômetro.

Leia Também:  Honda CT 125 Hunter Cub, uma "mini scrambler", é revelada em teaser

Algo que também chama a atenção é o sistema de escape. Inicialmente foi adotado um conjunto dimensionado com saída na traseira. Porém como a ideia era fazer mais estardalhaço o proprietário resolveu colocar uma saída direta saindo do coletor, algo realmente estrondoso.

LEIA MAIS: Voyage Plus mantém aparência original, mas com motor de 300 cv

VW Saveiro
Renato Bellote/iG

Motor 1.6 boxer preparado ficou com mais de 200 cavalos com turbina KKK alemã

Visualmente falando o estilo mais limpo, parecido com o original, se destaca. A contrário de alguns projetos que mostramos no canal esse traz uma aparência que engana muita gente pela rua, exceto pelo ronco, que esconde seu “poder de fogo”.

Guiar a VW Saveiro é uma experiência interessante. O som do motor boxer encorpado é instigante e a potência de 210 cv casa bem com a estrutura do carro. Na próxima semana falarei de um outro projeto, porém com motor V8 , que roda aos finais de semana. Até lá!

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Carros e Motos

Maio fecha com as piores vendas em 28 anos, diz Anfavea

Publicados

em

Por


source
Anfavea
Divulgação

A expectativa da Anfavea gira em torno da retomada gradual das fábricas, mas segue sem grandes previsões para o ano

Mais um mês de pandemia e de números que desabam no setor automotivo. A produção de veículos no Brasil, em maio ainda registra uma queda de 84,4% em relação a maio de 2019. Os números de produção só foram tão maiores por conta do retorno de algumas fábricas. E os emplacamentos contaram com 62.200 unidades, pior mês de maio desde 1992, com quase 75% de queda ante 2019 o respectivo mês de 2019. Os números foram divulgados nesta sexta-feira (5) pela Anfavea.

LEIA MAIS: Pela primeira vez, SUVs vendem mais que hatches pequenos no Brasil

No acumulado de 2020, 676 mil unidades emplacadas, ou 38% de queda ante o acumulado de 2019 até o respectivo fechamento de maio. A exportação de 3.900 veículos em maio, por sua vez, representa queda de 91% em relação a maio de 2019, pior número desde 1978. E o acumulado foi o menor desde 2002, com 100 mil unidades.

Leia Também:  Jeep Compass 2021 ganha novo motor 1.3 turbo entre as mudanças

LEIA MAIS: Concessionárias e lojistas usam criatividade para sobreviver na crise

Vendas
Divulgação

Concessionárias têm de obedecer aos decretos de vários Estados, que exige o fechamento dos estabelecimentos até segunda ordem

Segundo Luiz Carlos Moraes, presidente da Anfavea: “é difícil prever números de produção, licenciamentos e de exportação. Mas a perspectiva da Anfavea é de um licenciamento de 1600 veículos, sendo 1350 automóveis e 250 comerciais leves para junho, o que representa uma queda de 40% ante maio de 2020”.

LEIA MAIS: Depois da pandemia, qual será o “novo normal” no setor automotivo?

O acumulado do ano também teve resultados negativos. A variação foi de 49,2% para menos, passando de 1.241.155 em 2019, para 630.819 em 2020. “Embora junho sinalize algum retorno mais efetivo à produção de carros , teremos sem dúvida o pior trimestre da história do setor automotivo. Resta esperar por uma reação no segundo semestre capaz de evitar maiores danos às vendas de carros e à toda cadeia automotiva”, disse o presidente da Anfavea .

Leia Também:  BMW aposta no futuro com os carros elétricos IX3, I4, iNEXT e M5
Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo