Política Nacional

TSE retoma julgamento contra chapa Bolsonaro-Mourão; veja ao vivo

Publicados

em


source
tse
Divulgação

As ações apontam suposto abuso eleitoral e pedem a cassação dos diplomas dos representados


Na sessão de julgamento desta terça-feira (30), que começou às 19h, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) deve retomar o julgamento de duas ações ajuizadas contra Jair Bolsonaro e Hamilton Mourão , então candidatos aos cargos de presidente e de vice-presidente da República nas Eleições Gerais de 2018.


As ações apontam suposto abuso eleitoral e pedem a cassação dos diplomas dos representados, além da declaração de inelegibilidade de ambos.

A questão envolve a invasão e a mudança de conteúdo da página do grupo virtual “Mulheres Unidas contra Bolsonaro”, que reunia mais de 2,7 milhões de pessoas.

O julgamento foi interrompido por pedido de vista apresentado pelo ministro Alexandre de Moraes, quando o placar estava em 3 votos a 2 pelo retorno dos processos à fase de instrução para a produção de prova pericial.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Bolsonaro veta uso obrigatório de máscara no comércio, em escolas e em igrejas
Propaganda

Política Nacional

Weintraub deseja sorte a Feder antes dele aceitar cargo de ministro oficialmente

Publicados

em

Por


source
homem de terno e gravata
Agência Brasil

Ministro da Educação, Abraham Weintraub

O ex-ministro da Educação, Abraham Weintraub, usou as redes sociais na tarde desta sexta-feira (3) para desejar sorte ao  novo convocado pelo presidente Jair Bolsonaro para a pasta de Educação, Renato Feder .

“Desejo sorte e sucesso ao novo ministro da Educação, Renato Feder, e ao Presidente @jairbolsonaro. Estarei sempre torcendo pelo bem do Brasil”, afirmou o ex-ministro. Feder, que é secretário de Educação do Paraná, foi convidado por Bolsonaro na manhã desta sexta, mas ainda não se posicionou oficialmente sobre se vai aceitar ou não o cargo.

O secretário é o segundo ministro convocado por Bolsonaro para cargo deixado por Weintraub no dia 18 de junho . A primeira pessoa a aceitar o cargo, Carlos Alberto Decotelli,  pediu demissão na última terça-feira (30), poucos dias após assumir ministério.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Weintraub deseja sorte a Feder antes dele aceitar cargo de ministro oficialmente
Continue lendo