Política Estadual

Setor de delivery cresce com a pandemia do coronavírus

Publicados

em


.

A pandemia do novo coronavírus mudou a rotina de toda a população, o isolamento social trouxe novos hábitos e novas normas, mudanças que atingiram não só empresários, mas também todos os setores produtivos e de consumo, um deles foi o delivery que se tornou um aliado de quem está em casa. E este foi o tema do programa Assembleia Entrevista com a consultora do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Paraná (SEBRAE/PR), Patrícia Albanez.

Um dos destaques apontados pela consultora foi o protagonismo do sistema neste momento de isolamento, no entanto, segundo ela, deve crescer cada vez mais em todo o mundo. “Já víamos uma personalização do atendimento com serviços, e justamente o que estava crescendo era a facilidade de entrega, que também aumentou muito desde a digitalização dos negócios e as vendas à distância. Então já tínhamos uma estrutura de empresas que eram especializadas em delivery, e na hora que chegou a pandemia este serviço acabou se tornando crucial”.

Outra questão lembrada por Patrícia foram as adaptações que as empresas fizeram neste período, principalmente com relação à segurança da entrega. “O pilar do cuidado neste momento é a saúde, e isso exigiu das empresas de delivery uma capacitação dos seus entregadores e uma adaptação da frota e do processo de entrega dos seus produtos”.

Leia Também:  Deputado reivindica pagamento do Fundo Rotativo das Delegacias

Uma das preocupações dos aplicativos de entrega neste período foi com a segurança dos trabalhadores que ficam expostos ao vírus ao trabalharem. A consultora alerta para os cuidados que precisam ser tomados. “Hoje já estamos em um momento que encontramos cartilhas, manuais, orientação e muito conteúdo que foi gerado em função desta necessidade de adaptação. Eu diria que neste momento, quem ainda não se profissionalizou, não foi por falta de informação, pois temos bastante trabalho que foi feito neste sentido”.

Durante a gravação a consultora fala sobre diversas dicas de como se profissionalizar no assunto e ter um crescimento nos negócios mesmo em tempos de dificuldade.

A programa Assembleia Entrevista pode ser assistido pela TV Assembleia, através da Claro/Net canal 16 e 20.2 em canal aberto, e também no canal do Youtube nesta quinta-feira (23) logo após a transmissão da sessão do Tribunal de Contas.

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Política Estadual

Deputados propõem criação de Programa de Auxílio aos Policiais Penais

Publicados

em

Por


.

O deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB) apresentou, nesta quarta-feira (23), a minuta da proposta, através de indicação ao Estado, que prevê a criação do Programa de Auxílio, Proteção e Assistência aos Policiais Penais vítimas de violência em razão do exercício de suas funções. 

A minuta da proposta, assinada por mais 10 deputados, foi debatida com o Sindarspen (Sindicato dos Agentes Penitenciários no Paraná) que defende ainda a regulamentação das funções e atribuições da Polícia Penal no Paraná.

A deputada Cantora Mara Lima (PSC) também assina a indicação com os deputados Delegado Jacovós (PL), Evandro Araújo (PSC), Michele Caputo (PSDB), Soldado Fruet (PROS), Delegado Recalcatti (PSD), Subtenente Everton (PSL), Delegado Francischini (PSL), Soldado Adriano José (PV) e Delegado Fernando Martins (PSL).

Conflito – Romanelli reafirma que a violência contra agentes penitenciários advém quase que sempre da relação de conflito entre o policial penal e os presos durante a jornada de trabalho. Os servidores públicos, geralmente, precisam conter as tentativas de sublevação da ordem dentro do ambiente prisional.

Leia Também:  Deputados aprovam inclusão da Oktoberfest de Rolândia no Calendário Oficial de Eventos do Paraná

Há casos conhecidos de organizações criminosas que agem dentro e fora dos presídios e que têm como prática ameaçar e assassinar aqueles que se colocam como empecilho à continuidade de crimes dentro das prisões.

“O Estado precisa modernizar a legislação para proteger esses profissionais que servem à população como um serviço imprescindível para o sistema de segurança e justiça criminal no Paraná. Proteger o servidor que te protege é receber proteção em dobro”, diz Romanelli.

A indicação será encaminhada ao governador Carlos Massa Ratinho Júnior que vai analisar a criação e instituição do programa de auxílio. “A segurança pública é um dos mais importantes pilares que regem um estado democrático de direito e contamos com o apoio de todos os deputados e do governador, em analisar e eventualmente apresentar projeto de lei nos moldes como o apresentado à Assembleia Legislativa”, disse Romanelli.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo