Esportes

Série B: Náutico e Chape empatam nos Aflitos em partida movimentada

Publicados

em


.

Duas partidas deram sequência à 10ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro nesta sexta-feira (18). Nos Aflitos, Náutico e Chapecoense empataram em 1 a 1, em um jogo muito disputado e com emoção até o último minuto. No Batistão, o Confiança foi melhor e passou pelo Guarani por 1 a 0.

Empate nos Aflitos

O Náutico teve mais posse de bola no primeiro tempo, mas não conseguia acertar o último passe. A Chapecoense optou por ficar na defesa e esperar o momento certo para o contragolpe. Quase deu certo logo aos 15 minutos. Anselmo Ramon tocou para Matheus Ribeiro, que entrou sozinho na grande área e bateu cruzado. A bola desviou na defesa e foi para fora.

Aos 22 minutos, Anselmo Ramon fez bela jogada e tentou de perna esquerda de fora da área, mas a bola passou à esquerda do gol. A Chape só não abriu o placar aos 27 minutos porque Jefferson salvou o Náutico. Aylon tentou o cruzamento, mas houve o toque na zaga e o goleiro teve que se esticar todo para impedir o gol.

A Chape criava as melhores oportunidades. Aos 40 minutos, Paulinho Moccelin ganhou de Hereda na corrida, chutou e Jefferson espalmou. O lateral-direito desistiu da jogada e Moccelin recuperou a bola, tocou para trás e encontrou Matheus Ribeiro. Sozinho, na marca do pênalti, o camisa 2 isolou.

Leia Também:  São Paulo intensifica treino para enfrentar o Flamengo

No último lance do primeiro tempo, o Náutico teve sua chance. Hereda avançou pela direita e cruzou. A bola passou por todo mundo e Jhonnatan apareceu para finalizar, mas acabou mandando por cima.

O Timbu voltou melhor para a etapa final. Aos 11 minutos, Jorge Henrique cobrou falta da intermediária e Paiva apareceu no meio da defesa para cabecear. João Ricardo fez bela defesa e salvou a Chapecoense. Dez minutos depois foi a vez de Dadá testar o goleiro. O meia chutou forte de perna esquerda de fora da área e João Ricardo botou para escanteio.

De tanto insistir, o Náutico marcou o gol. Aos 32 minutos, Thiago Fernandes subiu pela direita e cruzou na medida para Kieza. O camisa 9 cabeceou firme e abriu o placar nos Aflitos.

A Chapecoense não desistiu da partida e chegou ao empate no último lance. Aos 48 minutos, Thiago Ribeiro deu bela assistência para Busanello, que chutou cruzado para deixar tudo igual nos Aflitos.

Com o resultado, a Chapecoense chegou a 17 pontos, na terceira posição do campeonato. O Náutico soma 14 pontos e ocupa a 9ª colocação. Na próxima rodada, a Chape encara o América-MG, sexta-feira (25), às 19h15, na Arena Condá. O Náutico visitaria o Sampaio Corrêa, mas o confronto foi adiado devido à decisão do Campeonato Maranhense. Desta forma, o Timbu só entra em campo na terça-feira (29), pela 12ª rodada, contra o Cuiabá, na Arena Pantanal.

Leia Também:  Bahia e Santos já duelaram 64 vezes e se enfrentam novamente neste fim de semana

Vitória sergipana

Confiança e Guarani também se enfrentaram nesta sexta-feira (18) pela 10ª rodada da Série B. Melhor para o time de Sergipe, que, no retorno do técnico Daniel Paulista, venceu por 1 a 0. Com o resultado, o Confiança chegou a 11 pontos, pulando para a 11ª posição. Já o Bugre fica com 8 pontos, na 16ª colocação, interrompendo uma sequência de três partidas consecutivas sem derrotas.

A partida foi bastante equilibrada no primeiro tempo, com oportunidades para as duas equipes. Na etapa final, o gol da vitória do Confiança saiu logo aos 7 minutos, com Matheus Mancini completando boa jogada de Silva pela esquerda. O Guarani tentou pressionar para conseguir o empate, mas o time de Sergipe segurou a vitória até o apito final do árbitro.

Na próxima rodada, o Guarani enfrenta o Figueirense, sábado (26), às 11h, no Orlando Scarpelli. Já o Confiança vai a Campinas encarar a Ponte Preta, domingo (27), às 20h30, no Moisés Lucarelli.

Veja a classificação atualizada da Série B do Brasileiro.

Edição: Fábio Lisboa

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Esportes

Mancini busca por time ideal, mesmo depois de usar 25 jogadores em quatro jogos

Publicados

em

Por


Dos jogadores de linha à disposição, apenas quatro não foram escalados pelo treinador:

  • Michel Macedo, lateral-direito, que ficou no banco em todas as partidas;
  • Roni, volante, reserva nos três últimos jogos;
  • Ángelo Araos, meia, relacionado pela primeira vez no duelo contra o América;
  • Matheus Davó, atacante, que sequer foi relacionado.

Até agora, apenas três atletas foram titulares em todos os duelos com Vagner Mancini: o lateral-direito Fagner, o volante Xavier e o meia Mateus Vital.

– Todos estão nos planos. Na minha chegada, disse que a primeira função do treinador é recuperar todos os jogadores. É muito fácil chegar e pedir jogadores. Você vai onerar uma conta que já existe e colocar em xeque quem está no clube. Já fui atleta e passei por tudo isso. Uma das primeiras funções é recuperar jogador. Em duas semanas, vi evolução nos atletas dentro da maneira que eu quero – disse Mancini na última terça-feira.

  Com um jogador a menos Ceará vence o Corinthians de 2 a 1

Leia Também:  Rodrigo Santana assumi como novo treinador do Coritiba

Ainda sem ter repetido escalação, o treinador corintiano planejava, depois da vitória contra o Vasco, começar a fixar uma equipe. Porém, o mau desempenho na derrota para o América-MG deve provocar mudanças no time para enfrentar o Internacional, neste sábado, às 19h, na Neo Química Arena.

Para o confronto contra o líder do Brasileirão, Mancini contará com as voltas de Fábio Santos, Otero e Gustavo Mosquito, que não podem defender o Timão na Copa do Brasil.

Veja os jogadores utilizados por Mancini e quantos minutos cada um deles atuou com o técnico:

Goleiros

  • Cássio – 270
  • Walter – 90

Laterais

  • Fagner – 360
  • Lucas Piton – 252
  • Fábio Santos – 90
  • Sidcley – 18

Zagueiros

  • Gil – 360
  • Bruno Méndez – 76
  • Marllon – 281

Volantes

  • Xavier – 360
  • Éderson – 205
  • Camacho – 112
  • Cantillo – 18
  • Gabriel – 16

Meias

  • Mateus Vital – 296
  • Cazares – 222
  • Ramiro – 205
  • Gustavo Mantuan – 106
  • Otero – 55
  • Luan – 52

  Corinthians é derrotado pelo Sport na abertura da 12ª rodada do Brasilleirão

Leia Também:  Moledo zagueiro do Inter é reavaliado e segue como desfalque contra o Corinthians

Atacantes

  • Everaldo – 209
  • Boselli – 112
  • Léo Natel – 87
  • Jô – 60
  • Gustavo Mosquito – 34

 

COMENTE ABAIXO:

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo