Estadual

Sarandi ganha nova escola para mais de mil alunos

Publicados

em

Cerca de 1.100 estudantes do Ensino Fundamental e Ensino Médio, de Sarandi, Noroeste do Paraná, são beneficiados com a nova estrutura da Escola Estadual Vereador Luiz Zanchim, inaugurada nesta sexta-feira (14), pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior.

A escola fica no bairro São Pedro, tem mais de 3,2 mil metros quadrados, vinte salas de aula, sala de uso multidisciplinar, laboratórios de informática, laboratório de ciências, biblioteca, refeitório, quadra coberta, área administrativa, sala de professores e banheiros e elevadores com acesso para deficientes.

Ratinho Junior afirmou que a escola foi construída em 11 meses e que está inserida dentro de um grande pacote de investimentos em infraestrutura escolar. “É uma escola apropriada, num terreno grande, com ambiente saudável e moderno. Quem ganha é a comunidade, as crianças. Queremos uma educação mais moderna, com salas de informática, mais tecnologia, que é o que o mundo exige para que a as aulas fiquem mais atrativas”, destacou.

Walter Volpato, prefeito de Sarandi, disse que o Colégio Estadual Vereador Luiz Zanchim está preparado para aumentar a qualidade de ensino do município. “É uma escola de primeiro mundo na nossa cidade, que dá qualidade de ensino para os professores e os alunos. E não vamos parar por aqui. O governador autorizou o início do processo de construção de outra escola, nós mesmos moldes, no Jardim Ouro Verde, na zona Norte da cidade”, acrescentou.

Leia Também:  Bombeiros não registram mortes por afogamentos

Segundo o presidente do Instituto Paranaense de Desenvolvimento Educacional (Fundepar), José Maria Ferreira, foram investidos R$ 5 milhões na construção e aquisição de equipamentos. “O Governo do Estado solucionou o problema de vagas na região. Esse é um bairro de Sarandi com potencial de crescimento muito acelerado. É mais conforto para alunos, professores e servidores”, disse.

NOVA CASA – A escola da Praça São Pedro atende a demanda crescente da educação da região Noroeste do Estado. A obra foi concluída no final de 2019 e recebe alunos da antiga Escola Estadual Irmã Maria Antonia, no Centro de Sarandi. Essa escola, por sua vez, dará espaço para o Centro Estadual de Educação Básica de Jovens e Adultos. As aulas começaram no último dia 5.

O diretor do Colégio Estadual Vereador Luiz Zanchim, Roberson Miranda de Souza, explica que o antigo prédio era alugado e só atendia 650 alunos. Com a mudança, a escola passa a ser uma das maiores do município.

“Havia necessidade porque o antigo prédio não comportava a quantidade de alunos da região. E ele não tinha a estrutura que os alunos merecem, eram muitas escadas, pátio pequeno e salas acanhadas”, afirmou. “Essa nova estrutura tem muitos espaços para serem usados pelos professores para melhorar a qualidade de ensino”.

HOMENAGEADO – Segundo o presidente da Câmara de Vereadores de Sarandi, Eunildo Zanchim, filho do ex-vereador homenageado com o nome da escola, a história da família se confunde com o bairro e com a educação da cidade. “A educação é o que transforma jovens em grandes cidadãos. Quem estuda na rede pública também tem o direito de crescer na vida”, arrematou.

Leia Também:  Receita divulga empresas indeferidas na opção ao Simples Nacional

ESCOLA SEGURA – O governador Ratinho Junior também afirmou que escolas de Sarandi devem entrar no programa Escola Segura em 2020. O programa do Governo do Estado destina policiais da reserva para as escoloas, ampliando a segurança da comunidade escolar.

Já são 107 unidades e 200 policiais envolvidos. Para 2020, haverá inclusão de mais 150 colégios, de acordo com a seleção de policiais. Hoje, o programa atende a região de Curitiba, Londrina e Foz do Iguaçu e beneficia 100 mil estudantes.

PRESENÇAS – Estiveram presentes na inauguração da escola o secretário estadual da Educação e do Esporte, Renato Feder; o secretário do Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas, João Carlos Ortega; os deputados estaduais Dr. Batista, Delegado Jacovós, Do Carmo, Soldado Adriano José e Evandro Araújo; o diretor-geral do Detran-PR, César Kogut; o diretor-geral da Secretaria de Educação e do Esporte, Gláucio Dias; o chefe do Núcleo Regional de Educação de Maringá, Luciano Pereira dos Santos; o secretário municipal de Educação, Antônio Del Nero; prefeitos e lideranças políticas da região.

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Estadual

Saúde reforça equipe para combate à dengue em Barbosa Ferraz

Publicados

em

A Secretaria de Estado da Saúde autorizou um reforço emergencial para os trabalhos de combate à dengue em Barbosa Ferraz. Já são quase mil casos confirmados da doença no município, que pertence à 11ª Regional de Saúde de Campo Mourão. O secretário de Estado da Saúde, Beto Preto, esteve no sábado (22) na cidade para debater as ações que serão realizadas para eliminar os criadouros do Aedes Aegypti, mosquito transmissor da dengue.

Além de ampliação do trabalho de campo, com a remoção mecânica de possíveis focos, em conjunto com agentes comunitários e agentes de endemias do município e do Estado, o arrastão técnico será ampliado com equipes de outras regionais de saúde. “Temos conjugados esforços no auxílio aos municípios, porque o momento exige efetividade neste combate”, disse Beto Preto.

O secretário da Saúde informou que o Estado fará um aporte financeiro de R$ 5 milhões aos municípios em epidemia para auxiliar na aquisição de insumos clínicos e na estrutura de atendimento hospitalar e ambulatorial.

Leia Também:  Repartições públicas estaduais terão escala especial no feriado

AÇÕES – Orientações de manejo clínico também deverão acontecer nos próximos dias, garantindo o reforço na capacitação dos profissionais, sob coordenação da Secretaria da Saúde.

A força-tarefa em Barbosa Ferraz, segundo o secretário, vai auxiliar na redução dos focos e, consequentemente, o número de casos de dengue no município deve cair, assim como aconteceu em Nova Cantu. “Onde intensificamos o trabalho, já tivemos redução no número de notificações. É importante que a população em geral e os profissionais de saúde estejam engajados, uma vez que quase 90% dos criadouros são removíveis”, alertou.

A limpeza das galerias pluviais, por parte da Sanepar, é outra medida que será adotada. Com possíveis entulhos ou material orgânico acumulado, o local acaba sendo um ambiente propício para a proliferação do mosquito.

 “Estamos preocupados com a dengue no Paraná. É uma doença que mata. Temos perdido vidas. Estamos diante do sorotipo dois do vírus. Os paranaenses não têm imunidade a ele. Dengue é uma doença que podemos prevenir. Por isso, é importante a ajuda de todos”, reforçou Beto Preto.

Leia Também:  PAUTA DIA 12 – 13H30: SANEPAR ADERE AO MOVIMENTO VIVA ÁGUA PARA PRESERVAÇÃO DA BACIA DO MIRINGUAVA

 

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo