Estadual

Sanepar apresenta protocolo de segurança de barragens na RMC

Publicados

em


A Sanepar apresentou o protocolo de segurança das suas quatro barragens de abastecimento na Região Metropolitana de Curitiba (RMC) a representantes da Coordenação Estadual da Defesa Civil, da Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (Comec), do Instituto Água e Terra (IAT) e das Defesas Civis de municípios da região. A apresentação aconteceu quarta-feira (18).

O documento destaca uma série de medidas adotadas pela Companhia nos projetos, construção e monitoramento das barragens, e na elaboração do Plano de Segurança das Barragens e do Plano de Ação Emergencial.

Os elementos do protocolo de segurança da Companhia vão servir de base para que a Defesa Civil de cada município da RMC elabore um Plano de Contingenciamento com as ações de proteção, prevenção, mitigação, preparação, resposta e recuperação em caso de desastre.

O diretor de Meio Ambiente e Ação Social da Sanepar, Julio Cesar Gonchorosky, explicou que as barragens da Sanepar são seguras por terem sido projetadas e construídas com boas práticas de engenharia e seguirem todas as exigências legais de segurança.

Leia Também:  Em parceria com a Sanepar, Toledo implanta o parque linear Vale dos Ipês

“Os trabalhos de prevenção e capacitação são constantes e o nosso compromisso é dar continuidade a essa prática. E estamos aprimorando nosso sistema de monitoramento, por meio de um convênio com o Parque Tecnológico Itaipu, que estabelece o compartilhamento de dados e tecnologia para segurança desses empreendimentos”, informou.

As quatro barragens da Sanepar na RMC – Iraí, Piraquara I, Piraquara II e Passaúna – são instrumentalizadas com equipamentos de medição de recalque, de nível, controle de percolação e de todos os indicadores necessários para monitoramento de segurança. O projeto da Miringuava, que está em construção, também segue todas as exigências de segurança e monitoramento.

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Estadual

Orçamento e recursos humanos são temas de live do DER/PR

Publicados

em

Por


O Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR) promove nesta quarta-feira (25), às 10h, a palestra online Conversa com o Diretor Administrativo e Financeiro, a quarta da série de apresentações Conversas com o DER, transmitidas pelo Youtube.

O diretor administrativo e financeiro Cleber Aparecido Rastelli Navarro vai tratar da gestão orçamentária, gestão de recursos humanos e de assuntos administrativos. Em 2021 o DER/PR irá contar com um orçamento de R$ 1,38 bilhão, empregado na execução de obras, serviços de conservação de rodovias, elaboração de projetos e estudos, pessoal e equipamentos.

Na semana passada foi realizada a palestra do diretor técnico Luiz Carlos de Cristo, que tratou das principais obras em andamento nas rodovias estaduais, projetos executivos em andamento, licitações publicadas e que devem ter início em breve.

Foram destacadas as iniciativas do Programa Estratégico de Infraestrutura e Logística de Transportes do Paraná, uma parceria com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

O programa é responsável por obras como a pavimentação da PR-364 entre Irati e São Mateus do Sul, e as duplicações em andamento da PR-323 e da PR-445, além de vários projetos de engenharia sendo elaborados.

Leia Também:  Do óleo às farinhas: como a produção de grãos chega à mesa do consumidor

Há, ainda, o programa Avança Paraná, que vai resultar em R$ 1 bilhão investido em obras rodoviárias; o programa Conservação e Recuperação com Melhorias do Estado do Pavimento (CREMEP) do DER/PR, que atende mais de dois mil quilômetros de rodovias com melhorias. Somados, serão cerca de R$ 3 bilhões em obras rodoviárias nos próximos anos.

PROJETOS – Entre os projetos foram destacados os estudos ambientais da Ponte de Guaratuba e os projetos de restauração e ampliação da capacidade do corredor central rodoviário do Paraná, de Guarapuava a Pitanga, de Pitanga a Campo Mourão e de Pitanga e Mauá da Serra.

“Estes programas em andamento são a imagem da renovação do DER, que há muitos anos vinha apresentando um desempenho muito limitado nas atividades de pavimentação de novas rodovias. Por muito tempo as obras executadas pelas concessionárias representavam a maior parte das ações governamentais no melhoramento da infraestrutura rodoviária estadual”, afirma o diretor Luiz Carlos de Cristo.

Para os próximos anos a Diretoria Técnica está trabalhando em iniciativas como a capacitação dos engenheiros do DER/PR para utilizar a metodologia BIM (Building Information Modeling), a reestruturação da rede de laboratórios do departamento, a revisão e atualização das normas técnicas e dos manuais do DER/PR e a elaboração de projetos para buscar novos financiamentos.

Leia Também:  Audiência pública abordará a aquisição de serviços de comunicação

SERVIÇO:
Conversa com o Diretor Administrativo e Financeiro do DER/PR
Data e Horário: 25/11/2020 10h
Link: https://www.youtube.com/channel/UCrwMTizpMrEcIA6y5niN3Tw/live

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo