Tecnologia

Samsung pode lançar celular com quase 7.000 mAh de bateria

Publicados

em


source
Samsung
Unsplash/Kote Puerto

Samsung teve homologação de celular com bateria poderosa


A Samsung pode estar desenvolvendo um smartphone com bateria digna de tablet: 6.800 mAh. A informação está na homologação de um novo modelo da empresa no órgão de certificação compulsória da China. 


Ao que tudo indica, o smartphone pode ser o Galaxy M41 , um intermediário que vem sendo bastante aguardado no mercado chinês. 

A bateria de quase 7.000 mAh é próxima a de tablets da própria Samsung, como os  Galaxy Tab S6 Lite e S5e. Uma das maiores questões de uma bateria tão poderosa em um smartphone é o tempo de carregamento. 

Como o Galaxy M41 é um intermediário, é difícil apostar que a Samsung equipará o modelo com carregamento rápido acima dos 15W. Por enquanto, porém, não há informações oficiais sobre o celular.

Leia Também:  Galaxy Note 20 pode ter tecnologia exclusiva de iPhones; conheça

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Tecnologia

WhatsApp ganha recurso para combater fake news; veja como funciona

Publicados

em

Por


source

Olhar Digital

WhatsApp
Reprodução

WhatsApp ganha novo recurso


O WhatsApp está ganhando um novo recurso projetado para combater as fake news que proliferam na rede: um sistema de busca integrado, que vai ajudar o usuário a checar rapidamente a veracidade de uma mensagem.


Funciona de forma bem simples: mensagens que sejam encaminhadas com frequência ganharão o ícone de uma lupa ao seu lado. Clicando na lupa, o conteúdo da mensagem é usado para fazer uma busca no Google . No exemplo abaixo, uma busca em uma mensagem sobre o uso de “água de alho” quente para curar a Covid-19 rapidamente revela, logo nos três primeiros resultados da busca, que se trata de fake news.

WhatsApp
Divulgação/WhatsApp

Nova ferramenta do WhatsApp permite buscas no Google


Também com o objetivo de combater fake news, em abril deste ano o WhatsApp passou a  limitar o encaminhamento de mensagens “altamente encaminhadas” a apenas uma pessoa por vez. Segundo a empresa, a medida foi bem sucedida.

Leia Também:  Galaxy Note 20 pode ter tecnologia exclusiva de iPhones; conheça

“Recentemente, introduzimos um limite para compartilhar ‘mensagens altamente encaminhadas’ em apenas um bate-papo. Desde a implantação desse novo limite, globalmente houve uma redução de 70% no número de mensagens altamente encaminhadas enviadas no WhatsApp”, afirmou um porta-voz do aplicativo, em comunicado.

A empresa também  trabalhou em parceria com a Organização Mundial de Saúde ( OMS ) para desenvolver um robô (bot) com informações confiáveis sobre a Covid-19 , e publicou uma cartilha que ensina em cinco passos como identificar fake news e evitar que elas se espalhem. 

Segundo o WhatsApp, o conteúdo da mensagem é enviado direto ao navegador no PC ou smartphone e não passa por seus servidores, garantindo a privacidade do usuário. A ferramenta de busca já está disponível para usuários no Brasil, Espanha, Estados Unidos, Irlanda, Itália, México e Reino Unido, na versão mais recente do WhatsApp para Android, iOS, WhatsApp Web e na versão Desktop.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo