Polícia Federal

PF prende dupla venezuelana com cápsulas de cocaína no estômago

Publicados

em

Fortaleza/CE – A Polícia Federal prendeu nesse sábado (9/11), no Aeroporto Internacional Pinto Martins, em Fortaleza/CE, dois homens, 53 e 37 anos, naturais da Venezuela, com cápsulas de cocaína no estômago.  

Policiais federais perceberam que os venezuelanos demonstravam nervosismo, inquietação e impaciência, durante fiscalização de rotina no combate ao tráfico de drogas. Ao serem entrevistados, confirmaram que haviam ingerido cápsulas contendo cocaína. O destino final da droga seria Paris/França.

Em razão do risco de morte, policiais federais conduziram os estrangeiros ao hospital para acompanhamento médico e expulsão da droga. Com a medicação, um venezuelano expeliu 70 e o outro 80, num total de 150 cápsulas contendo cocaína.

Após receberem alta médica, a dupla foi conduzida à sede da PF no Ceará e autua por tráfico internacional de drogas.          

Comunicação Social da Polícia Federal no Ceará

Contato: (85) 3392-4867/9.8.970-0624

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Polícia Federal desarticula grupo criminoso especializado em fraudes bancárias no Tocantins
Propaganda

Polícia Federal

Polícia Federal prende homem por posse de arquivos de abuso e exploração sexual infantil em São Paulo

Publicados

em

Por


.

Campinas/SP – A Polícia Federal prendeu, na manhã desta terça-feira, 7, na cidade de Várzea Paulista, SP, um homem que mantinha arquivos diversos com cenas de violência sexual contra crianças. As investigações tiveram início após informações oriundas dos órgãos centrais da Polícia Federal e da polícia americana.

O investigado, tentando se ocultar para obter e compartilhar impunemente as imagens ilícitas, utilizava apenas conexões de lan houses, espaços e bibliotecas públicas, o que levou a uma perseguição virtual por três anos pela Polícia Federal que, por cruzamento de dados, conseguiu identificá-lo.

Nesta manhã, ao cumprir o mandado de busca e apreensão na residência do investigado, expedido pela 2ª Vara Federal de Jundiaí, a Polícia Federal encontrou inúmeros arquivos com cenas de violência sexual contra crianças.

Além de armazenar tais arquivos, o investigado também disponibilizava e transmitia arquivos com cenas de abuso e de exploração sexual de crianças e adolescentes, pela internet, em rede internacional.

Preso em flagrante, o investigado já responderá como incurso nas penas previstas no artigo 241-B do ECA, com reclusão de 1 a 4 anos.

Leia Também:  Polícia Federal desarticula grupo criminoso especializado em fraudes bancárias no Tocantins

Agora, todo o material apreendido será encaminhado para a realização de exames periciais, de forma a se constatar se ele também praticava outros crimes, como a produção dos referidos arquivos, crime previsto no 241-D do ECA – Estatuto da Criança e Adolescente – bem como de estupro de vulnerável, previsto no artigo 217-A do Código Penal, podendo levar a pena a ultrapassar 20 anos de prisão.

 

Comunicação Social da Polícia Federal em Campinas

Telefone (19) 3345-2260

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo