Polícia Federal

PF combate tráfico internacional de drogas e de armas em três estados e no Uruguai

Publicados

em

Rio Grande/RS – A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (13/11) a Operação Highlander, para desarticular três organizações criminosas que, de forma associada, atuavam no tráfico internacional de drogas e de armas. Mais de 100 policiais federais cumprem 23 mandados de busca e apreensão e 4 de prisão preventiva nos estados do Rio Grande do Sul, de Santa Catarina e Mato Grosso do Sul.

A Operação Highlander iniciou em março de 2019, quando duas pessoas foram presas pela Brigada Militar em Rio Grande ao trazerem um fuzil do Uruguai. No decorrer da investigação, a Polícia Federal identificou que o fuzil era parte do pagamento pela remessa de cocaína para o país vizinho, efetuada por uma organização criminosa sediada na cidade de São José do Norte/RS. O grupo criminoso possuía ligação com traficantes estabelecidos em Bonito/MS, de onde era enviada droga proveniente da Bolívia para o Rio Grande do Sul, para ser distribuída em cidades da zona sul do estado e no Uruguai.

Para estabelecer o domínio na região, a organização criminosa investigada ostentava armas de grosso calibre em vídeos compartilhados em redes sociais e ameaçava moradores de São José do Norte que viessem a alugar imóveis sem informar e consultar antecipadamente a quadrilha.

Leia Também:  PF apreende quase 400 kg de maconha no Paraná

Os crimes investigados são tráfico internacional de drogas, tráfico de armas e organização criminosa.

O nome da operação está relacionado ao apelido de um dos líderes da organização criminosa de São José do Norte, que faz referência ao guerreiro imortal do norte da Escócia, personagem de filmes e séries.

Será realizada entrevista coletiva, às 10h, na Delegacia de Polícia Federal em Rio Grande .

 

CIDADE/UF  –  MANDADO DE BUSCA  –  MANDADO DE PRISÃO
São José do Norte/RS –  15  –  2
Rio Grande/RS  –  2  –  0
Chuí/RS  –  2  –  1
Porto Xavier/RS  –  1  –  0
Camboriú/SC  –  1  –  0
Bonito/MS  –  1  –  1
Ponta Porã/MS  –  1  –  0

Comunicação Social da Polícia Federal no Rio Grande do Sul
Fone: (51) 3235.9005
[email protected]

Comunicação Social da Polícia Federal em Rio Grande
(53) 3293-9000

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Polícia Federal

Polícia Federal extradita libanês suspeito de crime de falsidade ideológica

Publicados

em

Por


.

Brasília/DF – A Polícia Federal realizou na manhã desta sexta-feira (17/07) a extradição de um nacional libanês ao Paraguai.

O extraditado foi preso em território brasileiro em 2018 pelo crime de falsidade ideológica, em razão de ordem de captura internacional da INTERPOL, e teve sua extradição para o Paraguai deferida pelo Supremo Tribunal Federal.

O extraditado estava preso na Superintendência Regional da PF em Curitiba desde setembro de 2019 e, na manhã de hoje, foi levado de helicóptero para a cidade de Foz do Iguaçu/PR onde foi entregue às autoridades paraguaias na Ponte Internacional da Amizade.

Divisão de Comunicação Social da Polícia Federal
E-mail: [email protected]
Telefone: (61)20248142

 

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Operação Hórus realiza ações de combate ao contrabando de cigarros paraguaios no Paraná
Continue lendo