Policial

PCPR apreende 1,3 tonelada de drogas em local de rituais ocultistas

Publicados

em


.

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) apreendeu 1,3 tonelada de maconha em Altônia, região Noroeste do estado, no domingo (5). A maior parte da droga foi encontrado em um local para práticas ritualísticas, na Estrada Circular, situada na zona rural do município. Duas pessoas foram presas em flagrante na ação. A ação teve apoio da Polícia Militar.

A PCPR recebeu denúncias de que haveria um grande armazenamento de drogas naquele local e já estava o monitorando. Ao chegar lá, os policiais encontraram 740 quilos da droga. Além disso, foram encontradas diversas velas, carcaças de animais, fotografias, listas com nome de pessoas e bebidas como oferendas. Apetrechos utilizados em rituais ocultistas.

O restante da droga foi apreendida em uma caminhonete Fiat Straga, carregada com 570 quilos de maconha. O condutor do veículo iria entrar no sítio, porém fugiu rapidamente ao notar a presença dos policiais.

Imediatamente, as equipes iniciaram uma perseguição e poucos metros depois a caminhonete colidiu contra uma cerca de arame. O condutor conseguiu fugir por um canavial, deixando o carro para trás.

Leia Também:  PCPR prende homem por descumprimento de monitoração eletrônica em Londrina 

As investigações continuam a fim de identificar o proprietário da droga, bem como os demais envolvidos no crime.
 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Policial

PCPR prende homem por descumprimento de monitoração eletrônica em Londrina 

Publicados

em

Por


.

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) prendeu preventivamente um homem, de 26 anos, por descumprir as condições e termos de monitoração eletrônica, na quarta-feira (5), em Londrina, região Norte do Estado. Ele estava cumprindo pena com uso de tornozeleira eletrônica por roubo, desde maio de 2019.  

Em julho deste ano, a Justiça revogou o benefício após o rapaz ameaçar a ex-namorada. O crime aconteceu em maio de 2020, quando ele usava tornozeleira eletrônica e ameaçou a vítima com uma arma de fogo, na casa dela.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  PCPR identifica homem que matou, assou e comeu cachorro em Curitiba   
Continue lendo