Geral

Parques e igrejas de maior porte reabrem no DF na quarta-feira

Publicados

em


.

A partir de quarta-feira (3), parques e igrejas de grande porte poderão voltar a funcionar no Distrito Federal. O governador Ibaneis Rocha publicou hoje (30) decreto que autoriza a reabertura desses lugares, desde que os frequentadores sigam regras de distanciamento social e usem máscaras.

Em relação aos parques, o decreto autoriza o funcionamento entre 6h e 21h apenas para caminhadas e corridas. Os restaurantes e os demais estabelecimentos comerciais dentro dos parques continuarão fechados, assim como as áreas de atividades coletivas, como campos esportivos e acampamentos.

A utilização de objetos que podem ser tocados por várias pessoas também continua proibida. Os equipamentos de ginástica e de musculação, assim como bebedouros e banheiros, permanecem interditados.

O governador Ibaneis informou que ainda estuda como reabrirá o Parque da Cidade, o maior parque urbano do Distrito Federal. Uma opção será a reabertura de apenas duas entradas do parque e o fechamento do acesso de carros e de motos ao local, liberando o uso da avenida interna apenas para pedestres e ciclistas.

Igrejas

Em relação às igrejas, o decreto permite a reabertura apenas de templos com capacidade para mais de 200 pessoas. Os fiéis deverão ficar pelo menos 1,5 metro afastados, com demarcação nos assentos e alternância de fileiras de cadeiras ocupadas e desocupadas. As igrejas deverão ainda afixar uma placa com a capacidade total do local, metragem quadrada e quantidade máxima de frequentadores.

Leia Também:  Queiroz deixa a prisão usando tornozeleira eletrônica

A entrada de pessoas com mais de 60 anos, crianças menores de 12 anos e pessoas de grupo de risco para o novo coronavírus continua proibida. Os templos serão obrigados a medir a temperatura dos fieis com termômetro sem contato, vetando a entrada de quem tiver mais de 37,3°C. As celebrações presenciais deverão ter intervalos de pelo menos duas horas.

Edição: Denise Griesinger

Fonte: EBC Geral

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Geral

Prefeitura do Rio faz transmissão ao vivo para adoção de animais

Publicados

em

Por


.
A Prefeitura do Rio de Janeiro promove neste sábado (11) uma campanha virtual para adoção de animais domésticos que foram resgatados e atualmente estão sob cuidado do município. Devido à pandemia de covid-19, é a primeira vez que a Subsecretaria Municipal de Bem-Estar Animal fará uma transmissão ao vivo para apresentar os 50 cães e gatos disponíveis para adoção.

“A live [transmissão ao vivo] foi criada com o intuito de evitar aglomerações, como sempre é comum acontecer nas nossas campanhas de adoção presenciais. Pensando nisso, criamos essa campanha”, disse o subsecretário Roberto de Paula. Antes da pandemia, as campanhas de adoção eram feitas por meio de tendas itinerantes, que rodavam as praças da cidade.

A transmissão ao vivo será feita pela página da Subsecretaria no Facebook, às 10h. Os animais, que estão no Centro de Proteção Animal Fazenda Modelo, serão mostrados ao vivo, por vídeo. E os interessados em cada animal poderão entrar em contato com a Subsecretaria pelo WhatsApp (21)99399-3968)

A coordenação do programa de adoção de animais fará uma entrevista com os interessados por videochamada. Caso a adoção seja aprovada, o cão ou gato será levado até a casa da pessoa, que precisa ser maior de 18 anos e receber o animal em um endereço da cidade do Rio de Janeiro.

Os animais são entregues vacinados, castrados e microchipados.

Leia Também:  Megas-Sena sorteia neste sábado prêmio estimado em R$ 40 milhões

O Centro de Proteção Animal Fazenda Modelo abriga cerca de 900 animais, entre cães e gatos, que chegam ao local por terem sido abandonados ou terem sofrido maus-tratos.

Edição: Nádia Franco

Fonte: EBC Geral

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo