Estadual

Paraná e Itália querem ampliar laços econômicos e culturais

Publicados

em

O vice-governador Darci Piana recebeu nesta terça-feira (12) o embaixador da Itália no Brasil, Antonio Bernardini, para discutir a possibilidade de ampliação das parcerias econômicas e culturais entre o Paraná e o país europeu. Bernardini está em Curitiba para a reunião de coordenação do Sistema Itália no Brasil, que acontece nesta terça e quarta-feira (13) e reúne parlamentares e membros da embaixada, consulados, conselhos e comitês italianos do País.

Piana apresentou ao embaixador os projetos de concessão do Estado, que estarão abertos para a participação de investidores estrangeiros. Entre eles, está a nova configuração do Anel de Integração, com 4,1 mil quilômetros de rodovias – 2,6 mil quilômetros já pedagiados e outros 1,5 mil quilômetros de novos trechos; os leilões de quatro aeroportos do Estado (Afonso Pena, Bacacheri, Londrina e Foz do Iguaçu) e da nova Ferroeste, que vai ampliar a malha ferroviária do Paraná, fazendo a ligação do Porto de Paranaguá a Dourados (MS).

“O Paraná elaborou uma lei moderna de licitações que dá segurança jurídica para quem quer investir nos projetos do Estado. O Governo vê o setor privado como parceiro estratégico para executar as obras estruturantes que são necessárias para o desenvolvimento do Estado”, disse o vice-governador.

Leia Também:  Evento mais grave da história da Copel mobiliza 2,7 mil eletricistas

Ele também destacou a suspensão da vacinação para a febre aftosa no Paraná, autorizada recentemente pelo Ministério da Agricultura. “O Paraná é o maior produtor de proteína animal do Brasil e essa decisão vai permitir exportar ainda mais produtos na nossa pecuária, liberando a comercialização para 65% dos países que ainda não compram carne do Estado”, salientou.

ENCONTRO – A ampliação do comércio entre os dois países será um dos principais temas abordados na reunião do Sistema Itália no Brasil, ressaltou Bernardini. “O Paraná tem importantes laços culturais com o nosso País, recebeu milhares de imigrantes. O momento agora é de pensar no futuro e identificar oportunidades para fortalecer esses laços”, disse.

O embaixador acrescentou que para isso é preciso falar de cultura e economia. O Paraná tem uma situação orçamentária muito melhor que outros estados do Brasil e tem projetos para fortalecer a parte econômica”, destacou. “Temos oportunidades de ter empresários italianos aqui e vamos trabalhar para aumentar nossa presença no Paraná”, afirmou.

PRESENÇAS – O senador e subsecretário do Ministério das Relações Exteriores e Cooperação Internacional da Itália, Ricardo Merlo, e o cônsul-geral da República Italiana em Curitiba, Raffaele Festa, também acompanharam a reunião.

Leia Também:  Evento mais grave da história da Copel mobiliza eletricistas de todo o Paraná

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Estadual

Paraná tem mais 2.380 infectados e 34 mortes pela Covid-19

Publicados

em

Por


.

A Secretaria de Estado da Saúde registrou neste sábado (4) 2.380 novas confirmações e 34 mortes pela infecção causada pelo novo coronavírus. O Paraná soma agora 30.241 casos e 749  mortos em decorrência da doença. Há ajustes nos casos confirmados detalhados ao final do texto.  

INTERNADOS – Atualmente, 746 pacientes com diagnóstico confirmado de Covid-19 estão internados. Do total, 585 pacientes ocupam leitos SUS (216 em UTI e 369 em leitos clínicos/enfermaria) e 161 estão em leitos da rede particular (61 em UTI e 100 em leitos clínicos/enfermaria).

ÓBITOS – O boletim divulgado pela secretaria estadual informa a morte de mais 34 pacientes. São 14 mulheres e 20 homens, com idades que variam de 21 a 87 anos. Todos estavam internados e os óbitos ocorreram entre os dias 03 de junho a 04 de julho.

Os pacientes que faleceram residiam em: Curitiba (4), Londrina (4), São José dos Pinhais (4), Campo Largo (2), Cascavel (2), Fazenda Rio Grande (2). E um óbito em cada um dos seguintes municípios: Apucarana, Araucária, Assaí, Balsa Nova, Bandeirantes, Cambara, Cambé, Carambeí, Cerro Azul, Colombo, Francisco Alves, Matinhos, Paranaguá, Piraquara, Ponta Grossa e Santo Antônio da Platina.

Leia Também:  Sanepar retira mais áreas de Curitiba e RMC o rodízio deste sábado

MUNICÍPIOS – Quatro municípios confirmaram casos pela primeira vez: Barra do Jacaré (19° RS), Nova Cantu (11° RS), Nova Santa Rosa (20° RS) e Novo Itacolomi (16° RS), totalizando agora 367 cidades paranaenses com ao menos um caso confirmado pela Covid-19.

FORA DO PARANÁ – O monitoramento realizado pelos órgãos de saúde registra 329 casos de infecção em residentes de fora do Paraná. Quatorze pessoas morreram.

AJUSTES:

Alteração de município:

Um caso confirmado em 19/06 em Londrina foi transferido para Cambé.

Um caso confirmado em 29/06 em Cidade Gaúcha foi transferido para Curitiba.

Quatro casos confirmados em 25/6 em Cascavel foram para: São Paulo, Porto Alegre, Cafelândia e Quedas do Iguaçu.

Quatro casos confirmados em 27/6 em Cascavel foram para: São Miguel do Iguaçu, Santa Tereza do Oeste, Toledo e Assis Chateaubriand.

Dois casos confirmados em 29/6 em Cascavel foram para: Vera Cruz do Oeste e Santa Helena.

Três casos confirmados em 30/6 em Cascavel foram para: Foz do Iguaçu, Quedas do Iguaçu e Toledo.

Leia Também:  Saúde confirma mais 1.840 casos e 22 mortes pela Covid-19

Dois casos confirmados em 02/7 em Cascavel foram para: Corbélia e Santa Tereza do Oeste.

Um caso confirmado em 02/7 em Irati foi transferido para Itaperuçu.

Um caso confirmado em 16/06 em Curitiba foi transferido para Fazenda Rio Grande.

Exclusão por duplicidade

Um caso confirmado em 23/6, em Enéas Marques, foi excluído por duplicidade de notificação.

Confira o informe completo clicando aqui.  

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo