Terça, 27 de Julho de 2021 00:27
44 99157-4575
Geral Tocantins

Em Brasília, Polícia Civil do Tocantins participa do Fórum sobre Proteção Integrada de Fronteiras

Diversas prisões e apreensões já foram realizadas por policiais civis, por meio da operação Hórus, operação focada nas divisas do Estado

24/06/2021 16h15
Por: Redação Fonte: Secom Tocantins
A delegada-geral da PC-TO, Raimunda Bezerra; e a representante da Diretoria de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado (DRACCO), Ana Carolina Coelho participam do evento - Foto: SSP/Governo do Tocantins
A delegada-geral da PC-TO, Raimunda Bezerra; e a representante da Diretoria de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado (DRACCO), Ana Carolina Coelho participam do evento - Foto: SSP/Governo do Tocantins

A Polícia Civil do Tocantins (PC-TO) participa do Fórum sobre Proteção Integrada de Fronteiras e Divisas, que tem como objetivo viabilizar a integração, em âmbito federal, estadual e municipal, de ações de prevenção e combate ao crime nas regiões de fronteiras e divisas. O evento que teve início nessa quarta-feira, 23, segue até esta quinta, 24, e tem como pauta a discussão ampla e multidisciplinar sobre a gestão conjunta de fronteiras e divisas, reunindo representantes das Secretarias de Segurança estaduais e órgãos federais que integram o Programa de Proteção Integrada de Fronteira (PPIF).

A delegada-geral da PC-TO, Raimunda Bezerra; e a representante da Diretoria de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado (DRACCO), Ana Carolina Coelho participam do evento e auxiliam na elaboração de diagnóstico que subsidiará as futuras ações do Programa de Proteção Integrada de Fronteiras e do Programa Nacional de Segurança nas Fronteiras e Divisas. Na oportunidade, os estados devem compartilhar experiências e discutir iniciativas, trabalhando protocolos integrados em quatro áreas temáticas relevantes: operações integradas; cooperação regional e internacional; políticas públicas; integração e desenvolvimento regional.

“Ações são muito importantes, porque além de desmanchar o crime organizado, ainda se revertem na descapitalização e na alienação dos artigos oriundos do crime, de forma a devolver esses recursos para a sociedade em forma de políticas públicas", explicou a delegada-geral.

Fronteiras Protegidas

A operaçãoHórusfoi desenvolvida com o intuito de coibir o crime nas fronteiras e nas divisas do Tocantins. Por meio desta operação, deflagradas no início de abril deste ano, diversas prisões e apreensões foram realizadas pela Polícia Civil. Até o momento, foram contabilizadas mais de 200 ocorrências de tráfico, receptação, porte ilegal de arma de fogo, homicídio e roubo. Foram apreendidos 248,79 kg de drogas, entre elas, maconha, skank, cocaína, crack e outras substâncias sintéticas. Além das drogas ilícitas, também foram apreendidos 436 munições, 44 armas de fogo, 39 veículos, materiais destinados ao tráfico de drogas e dinheiro. Cerca de 135 pessoas foram presas em flagrante, destas, 17 são menores de idade.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias