Nosso grupo do WhatsApp WhatsApp
Quinta, 24 de Junho de 2021 15:12
44 99157-4575
Geral Pará

Plantio de mudas no Utinga marca o encerramento das ações da Semana do Meio Ambiente

Compromisso de adotar os princípios da Carta da Terra para a elaboração e condução de políticas públicas estaduais foi destaque.

11/06/2021 15h46
Por: Redação Fonte: Secom Pará

Em seu último dia de programação, a Semana do Meio Ambiente de 2021 promoveu mais um plantio de mudas de espécies nativas da região amazônica. Nesta sexta-feira (11), o Parque do Utinga, em Belém, recebeu mudas de diversas espécies, como acapu, açaí, tauari, ipê, andiroba. O evento contou a presença de servidores da da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas) e do Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade (IDEFLOR-Bio).

Semas, IDEFLOR-Bio e a Secretaria de Estado de Cultura (Secult) atuaram em parceria durante a Semana do Meio Ambiente, que começou na segunda-feira (8) com o tema “Caminhos para a Conservação da Biodiversidade na Amazônia”. Em sua programação, a Semana contou com diversas ações de educação e conscientização ambiental, lives com debates entre especialistas da área ambiental e com plantio de mudas na capital e no interior do Estado com o apoio dos municípios.

O secretário de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Mauro O’de Almeida, destacou a importância do envolvimento das comunidades em atividades como plantio de mudas e destacou os benefícios deste tipo de ação para as próximas gerações: “Hoje, a gente encerra uma semana em que nós realmente nos dedicamos para trazer um momento de reflexão e conscientização da população, nós pudemos trazer o que estamos pautando dentro da Secretaria de Meio Ambiente no contexto do Plano Amazônia Agora e de seus quatro eixos. É momento que pudemos interagir com a população e dar o sentido de pertencimento das pessoas que ainda não perceberam que o meio ambiente e a Amazônia são novos consensos para a conservação e o desenvolvimento da nossa população”, ressaltou.

Entre os destaques do evento foi a formalização do compromisso de adotar os Princípios da chamada Carta da Terra para a elaboração e condução de políticas públicas estaduais pelo governador Helder Barbalho, na última segunda-feira (07). 

A presidente do Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade do Estado do Pará (Ideflor-Bio), Karla Bengtson, afirma que as ações dos últimos dias têm estimulado uma reflexão sobre as práticas que contribuem para o benefício do meio ambiente. “Esta Semana do Meio Ambiente foi importante, significativa para nós, servidores do estado. É um momento muito especial que estamos vivenciando, que nos tem oportunizado a condição de refletir sobre as nossas práticas, as nossas vivências, numa pauta tão extraordinária, mas tão desafiadora que tem sido o meio ambiente. E tanto Semas quanto Ideflor são instituições que têm papéis extremamente relevantes nesta caminhada. Nossas missões institucionais convergem justamente neste intuito. Esta manhã ficará marcada em nossos corações, o plantio fica registrado nas nossas vidas, nas nossas histórias. Através deste ato simbólico, deixamos um presente para as nossas futuras gerações.”

Para Jéssica Brilhante, servidora da Semas, o legado da ação é motivo de orgulho: “Eu conheço este parque antes de virar Parque do Utinga e o fato de ter plantado mais uma árvore para as gerações futuras é algo muito importante. Que estas ações de sensibilização pelas quais a gente passou por esta semana, com tantas tarefas, lives, ações de educação ambiental, conscientização ambiental, possam se prolongar por mais anos e anos. E sempre nesta parceria da Semas com o IDEFLOR. Esta grande ação que a gente conseguiu fazer em parceria se tornou mais um sonho realizado. Será um motivo de muito orgulho poder mostrar aos meus filhos as árvores que plantei aqui no Utinga.”

Por Bruna Brabo (SEMAS)
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias