Nosso grupo do WhatsApp WhatsApp
Domingo, 11 de Abril de 2021 10:42
44 99157-4575
Geral Solidariedade

Campanha que mobilizou grandes nomes do futebol entra em nova fase para ajudar famílias durante pandemia

Ação do Instituto Futebol de Rua conta com apoio de ídolos da música e da bola para que mensagem chegue para além do âmbito do futebol

07/04/2021 19h53
Por: Redação
Campanha que mobilizou grandes nomes do futebol entra em nova fase para ajudar famílias durante pandemia

Grandes nomes do futebol e da música estão se unindo para ajudar crianças e famílias em situação de vulnerabilidade social numa campanha promovida pelo Instituto Futebol de Rua, ONG nascida na Comunidade de Heliópolis (SP) e que atende mais de duas mil e quinhentas crianças, de 34 cidades, em 19 estados brasileiros. Alex, Alexandre Pato, Jô, Rogério Ceni, Kaká, Amoroso, Dorival Júnior e outras estrelas do futebol ajudaram na primeira fase da campanha Virando o Jogo, iniciada em abril de 2020, que realizou 37 ações no decorrer do ano. 

Apenas no ano passado, foram distribuídas mais de 14 toneladas de alimentos, sopas, lanches, além de gás de cozinha, produtos de higiene pessoal, produtos de limpeza e outros itens essenciais para famílias impactadas pela pandemia. Porém, com o agravamento da situação no Brasil, a necessidade de auxílio nas comunidades em situação de vulnerabilidade social aumentou. Por isso, o Instituto acaba de dar o pontapé inicial na segunda fase do projeto.

Para o fundador do Futebol de Rua, Alceu Natal Neto, a iniciativa faz parte dos valores da instituição. "Desde que nascemos, há 14 anos, sempre trabalhamos para ajudar as crianças a construírem um futuro melhor. É um trabalho gratificante e foi mais gratificante ainda vermos o apoio que recebemos no ano passado. A ideia dessa nova etapa é aumentar o número de pessoas beneficiadas. Todas as doações são bem-vindas, desde alimentos e produtos, até o suporte de empresas que podem ajudar com quantias em dinheiro", ressalta. 

Além de grandes nomes do futebol, a campanha "Virando o Jogo - Segundo Tempo" também contará com a ajuda de estrelas da música que vão divulgar a iniciativa para seus fãs, nas redes sociais. “Nosso embaixador Carlinhos Neves foi quem trouxe a ideia de mobilizar jogadores, técnicos e até artistas nessa causa. Nesse momento, precisamos usar a influência e o alcance de todas as pessoas para fazer o bem”, explica Alceu. Os vídeos das estrelas que apoiam a campanha são postados nas redes sociais do Instituto Futebol de Rua e nos próprios perfis dos ídolos.

Quem quiser ajudar nessa causa, pode realizar as doações com data e horário marcados na sede do Instituto, em Curitiba. Além disso, a instituição também recebe contribuições financeiras para a compra de donativos, além de oferecer a possibilidade de parcerias com empresas e indústrias.

Confira os vídeos dos apoiadores da campanha nas redes sociais: 

Instagram @institutofutebolderua

Facebook www.facebook.com/futebolderua.org/

Serviço

Campanha Solidária - Instituto Futebol de Rua 

Doações: alimentos não-perecíveis, itens de higiene pessoal, produtos de limpeza.

Data:  de acordo com agendamento ou atraves do link https://ebanxbeep.com/instituto-futebol-de-rua/virando-o-jogo-2-tempo 

Local: Sede do Instituto - Rua Antônio Moreira Lopes, 190 - Cajuru, Curitiba - PR.

Conta bancária: Instituto Futebol de Rua

CNPJ: 08.607.847/0001-40

Banco do Brasil

Agência: 1518-0

Conta Corrente: 28234-0

Sobre o Instituto Futebol de Rua

Criado em 2006, o Instituto Futebol de Rua é uma organização sem fins lucrativos que utiliza o esporte, a educação e a cultura como ferramentas para o desenvolvimento de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social. Presente em 19 estados, 34 cidades e com mais de dois mil beneficiários, o Instituto conta com metodologia exclusiva que alia aulas de formação humana ao futebol de rua. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias