Nosso grupo do WhatsApp WhatsApp
Sexta, 07 de Maio de 2021 19:57
44 99157-4575
Nacional Júlio Lancelotti

Bia Doria ataca padre Júlio Lancelotti: “Tira um prato de comida para ver como ele grita”

Presidenta do Fundo Social do estado, primeira-dama Bia Doria voltou a criticar moradores em situação de rua. "Eles se acomodaram. Pode dar curso, habitação, mas eles voltam para a rua"

19/03/2021 18h38
Por: Redação Fonte: http://www.jornaldoonibusms.com.br/brasil/bia-doria-ataca-padre-julio-lancelotti-tira-um-prato-de-comida-para-ver-como-ele-grita/123779
Bia Doria ataca padre Júlio Lancelotti: “Tira um prato de comida para ver como ele grita”

A primeira-dama de São Paulo, Bia Doria, atacou as ações do padre Júlio Lancelotti, que acolhe parte da população marginalizada que vive nas ruas centrais da capital paulista.

Em entrevista ao portal Uol nesta sexta-feira (19), Bia, que preside o Fundo Social de São Paulo, atacou o religioso ao criticar o trabalho de organizações não governamentais (ONGs) que atuam com a população de rua dizendo que o dinheiro que o governo do estado repassa “daria para construir não sei quantos prédios por mês, mas ninguém pode mexer nelas senão todo mundo começa a gritar”. “Tira um prato de comida do padre Júlio Lancelotti para ver como ele grita.

Agora pergunta quantas pessoas ele tira da rua? As pessoas precisam voltar para a sociedade, as pessoas precisam tirar da cabeça esse assistencialismo”, disse ela, que já declarou que a população de rua é “preguiçosa”. Na entrevista, Bia disse que não iria “falar a verdade [sobre o que pensa dos moradores de rua], porque vai dar polêmica”. “Não basta dar um prato de comida, tem que fazer esse morador de rua voltar para a família, para a sociedade.

E tem que ser um esforço conjunto, incluindo Saúde e Segurança. Se tirar os doentes, idosos e crianças, os outros estão ali porque não querem trabalhar, porque as ONGs alimentam eles. É um comércio. Não vou dizer que eles são preguiçosos… eles se acomodaram. Pode dar curso, habitação, mas eles voltam para a rua”.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias