Nosso grupo do WhatsApp WhatsApp
Sexta, 26 de Fevereiro de 2021 09:37
44 99157-4575
Cidades IBGE

Concurso do IBGE oferecerá mais de 300 vagas temporárias em nossa região

Concurso do IBGE oferecerá mais de 300 vagas temporárias em nossa região

20/02/2021 12h41
Por: Redação Fonte: https://www.tribunadointerior.com.br/campo-mourao/concurso-do-ibge-oferece-mais-de-300-vagas-temporarias-para-regiao-de-cm
Concurso do IBGE oferecerá mais de 300 vagas temporárias em nossa região

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) reabre a partir desta sexta-feira (19), as inscrições de Processos Seletivos Simplificados (PSSs) para os cargos de Recenseador, Agente Censitário Municipal (ACM) e Agente Censitário Supervisor (ACS) para o Censo Demográfico 2021. O coordenador de área do IBGE em Campo Mourão, Marcos Vinicius Vicente, informou que na área de abrangência da Agência, 323 vagas temporárias estão sendo oferecidas em 22 municípios. Não fazem parte da agência as cidades de Iretama, Roncador e Terra Boa. Veja na tabela abaixo as vagas e cargos por cidades. O processo era para ter sido realizado no ano passado, mas foi adiado devido a pandemia de coronavírus (Covid-19). Do total de vagas, 281 são para recenseadores além de mais 42 para ACM e ACS. As inscrições para ACM e ACS começaram nesta sexta-feira (19) e vão até 15 de março. Já para recenseador, serão realizadas de 23 de fevereiro a 19 de março no site (www.cebraspe.org.br/concursos). Para concorrer à função de recenseador, o candidato deve ter nível fundamental completo, e para ACM e ACS, ensino médio concluído. No ato da inscrição, o candidato poderá escolher a área de trabalho e em qual cidade realizará a prova. A taxa de inscrição (R$ 39,49 para ACM e ACS, e R$ 25,77 para recenseador) poderá ser paga pela internet ou fisicamente em qualquer banco ou casa lotérica. Para as vagas de nível médio, os mais bem colocados em cada município ocuparão a vaga de ACM, que será o responsável pela coordenação da coleta do Censo 2021 naquela cidade. Já o ACS supervisiona as equipes de recenseadores. As remunerações dessas duas funções são de R$ 2.100 para ACM e R$ 1.700 para ACS, com jornada de 40 horas semanais, sendo oito horas diárias. Além do salário, ACM e ACS terão direito a auxílio-alimentação, auxílio-transporte, auxílio pré-escola, férias e 13º salário proporcionais, de acordo com a legislação em vigor e conforme o estabelecido no edital. De acordo como edital, o total de vagas destinadas ao Paraná é de 11.751, sendo 10.431 para o cargo de Recenseador, que exige nível fundamental completo, e 1.320 para as funções de nível médio, distribuídas da seguinte forma: 390 para ACM e 930 para ACS. A data da prova para os cargos de ACM e ACS está prevista para 18 de abril e para o cargo de Recenseador em 25 de abril. As provas serão realizadas em todos os municípios em que houver vagas. O resultado final dos PSSs deve ser divulgado no dia 27 de maio. Para o cargo de Recenseador, a convocação para o treinamento e contratação está prevista para o mês de julho de 2021. Para essa função, o contrato tem previsão de duração de até 3 meses, podendo ser prorrogado, com base nas necessidades de conclusão das atividades do Censo e na disponibilidade de recursos orçamentários. Já para os cargos de ACM e ACS, a previsão de contratação é para 31 de maio e a duração do contrato é de até 5 meses, podendo ser prorrogado. Treinamento Para o cargo de Recenseador haverá treinamento de caráter eliminatório e classificatório, cuja duração será de 5 dias, com carga horária de 8 horas diárias. O Treinamento será composto por duas etapas: autoinstrução e curso presencial. Ao final da etapa presencial, o candidato realizará o Teste Final do Treinamento, cujo resultado será representado em percentual de acertos. O candidato que não obtiver o mínimo de 50% de acertos e, pelo menos, 80% de frequência no treinamento será eliminado do processo seletivo. Os candidatos que alcançarem 80% de frequência no treinamento presencial farão jus a uma ajuda de custo. Funções dos cargos O Recenseador é o responsável por fazer o trabalho da coleta de dados por meio de entrevistas com os moradores. Em contato direto com o público, ele representa o IBGE para a sociedade. O Agente Censitário Municipal (ACM) gerencia o Posto de Coleta e, durante todo o trabalho do Censo Demográfico 2021, estará à frente de dois tipos de ações: administrativas (que são relativas ao controle e à gestão dos recursos humanos e materiais do Posto de Coleta); e técnicooperacionais, nas quais desempenha o papel de gestor de uma equipe de Agentes Censitários Supervisores e Recenseadores em que acompanhará e orientará a Coleta de Dados. O Agente Censitário Supervisor (ACS) exerce as tarefas de supervisão da operação censitária, com foco nas questões técnicas de informática e administrativas. Está subordinado ao Agente Censitário Municipal (ACM). Sua principal função é acompanhar, avaliar e, sobretudo, orientar os Recenseadores durante a execução dos trabalhos de campo.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias