Nosso grupo do WhatsApp WhatsApp
Terça, 26 de Janeiro de 2021 17:27
44 99157-4575
Policial Veículos

Veículos que estavam parados há anos na Delegacia de Almirante Tamandaré são removidos

Veículos que estavam parados há anos na Delegacia de Almirante Tamandaré são removidos

03/12/2020 15h35 Atualizada há 2 meses
Por: Redação
Veículos que estavam parados há anos na Delegacia de Almirante Tamandaré são removidos

Quase de 100 veículos que estavam alocados no pátio da Delegacia de Almirante Tamandaré, na Região Metropolitana de Curitiba, foram retirados e levados ao pátio do leiloeiro, em São José dos Pinhais, em mais uma ação da Secretaria da Segurança Pública do Paraná (Sesp). O processo de retirada foi finalizado nesta quarta-feira (2). Parte dos veículos estavam parados no local há cerca cinco anos.

Ao todo, de acordo com o delegado divisional de Polícia Metropolitana, Fábio Amaro, foram retirados 55 motocicletas e 41 carros da delegacia. "A retirada desses veículos foi muito importante até mesmo pela questão de saúde dos funcionários e dos moradores da região. Isso porque alguns estavam parados na delegacia por anos e, por mais que fizéssemos higienizações constantes, acumulavam água, ou seja, era um ambiente propício para a proliferação do mosquito transmissor da dengue", afirmou. 

Os veículos que estavam parados no pátio da delegacia dificultavam algumas ações da Polícia Civil na unidade. "A gente já não tinha espaço para colocar novas apreensões. Então, essa ação chegou em ótima hora", completou o delegado.

PLANEJAMENTO - O planejamento da Secretaria da Segurança Pública para a retirada de veículos apreendidos de unidades da Polícia Civil de todo o Estado já contemplou diversos municípios paranaenses.

Cerca de 1,7 mil veículos foram retirados das delegacias de Colombo, Cambé, Cascavel, Palotina, Paranaguá, Piraquara, Ponta Grossa, Rio Branco do Sul, São José dos Pinhais, Campo Largo, Assis Chateaubriand, Fazenda Rio Grande, Matelândia, Ibiporã e Rio Branco do Sul, além de Almirante Tamandaré. Todo o trabalho de retirada dos veículos dos locais inapropriados é feito sob Coordenação Operacional do sargento José Vigilato, responsável pela logística do projeto. 

As ações da Sesp já possibilitaram, também, leilões de mais 3,4 mil veículos inservíveis que estavam em São José dos Pinhais, Ponta Grossa e Cascavel. Outros leilões estão em processo de organização e devem acontecer nos próximos meses.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias