Sexta, 24 de Maio de 2024
15°

Tempo nublado

Nova Cantu, PR

Agricultura Agricultura e ...

Na ExpoLondrina, mais quatro municípios do Norte do Paraná formalizam adesão ao Susaf

Sistema Unificado de Atenção à Sanidade Agroindustrial Familiar, Artesanal e de Pequeno Porte (Susaf/PR) possibilita que as prefeituras credenciem...

11/04/2024 às 16h41
Por: Redação Fonte: Secom Paraná
Compartilhe:
Foto: Gisele Barão/E-Paraná Comunicação
Foto: Gisele Barão/E-Paraná Comunicação

Mais quatro municípios da região Norte do Estado aderiram ao Sistema Unificado de Atenção à Sanidade Agroindustrial Familiar, Artesanal e de Pequeno Porte (Susaf/PR). Os certificados de adesão foram entregues nesta quinta-feira (11) aos prefeitos de Bela Vista do Paraíso, Fabricio Pastore; de Ibiporã, José Maria Ferreira; de Jaguapitã, Gerson Luiz Marcato; e de Sertanópolis, Ana Ruth, na ExpoLondrina, durante o 3º Seminário de Produção Sustentável do Leite. Com as novas adesões, o Sistema conta com 134 municípios.

O Susaf/PR acaba com entraves burocráticos que impossibilitam que produtos alimentícios e derivados reconhecidamente bons do ponto de vista higiênico-sanitário sejam vendidos além dos limites locais. Com a adesão ao sistema, os municípios podem indicar suas pequenas agroindústrias que cumprem com as normas sanitárias e que poderão ampliar o seu potencial de venda para todo o Estado.

O secretário estadual da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara, explica que os produtos de origem animal podem ter três tipos de selo de inspeção: o municipal, o estadual e o federal, que determinam a abrangência do território de comercialização.

As pequenas agroindústrias que têm apenas o selo de inspeção municipal só podem vender na própria cidade. “Mas, às vezes, o produto é muito bom, segue boas práticas. Nós estamos em uma estratégia para mudar isso, fazendo uma auditoria no serviço municipal. Se tem boa estrutura, capacidade técnica, bons métodos de trabalho, o Estado reconhece a equivalência ao seu serviço. A ideia é retirar as barreiras”, disse.

Para o diretor-presidente da Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar), Otamir César Martins, os certificados abrem novas oportunidades para os produtores paranaenses. “Jaguapitã, por exemplo, tem um queijo premiado mundialmente, e não podia vender aqui em Londrina. As agroindústrias que aproveitarem o momento vão ampliar sua renda”, complementou.

EXPECTATIVA– Representantes de agroindústrias dos municípios certificados acompanharam o evento e demonstraram grande expectativa com a adesão ao Sistema. O piscicultor Carlos Rogério Bodas, de Bela Vista do Paraíso, há anos vem estruturando a produção para aderir ao programa. “Nós aumentamos a produção, saímos de 10 toneladas para 50, depois para 100, e agora em 2024 estamos pensando em torno de 350 toneladas de peixe vivo. Com esse crescimento, buscamos novos conhecimentos, parceiros, estruturamos a agroindústria”, afirmou.

Bodas observa que a população está cada vez mais interessada no consumo de peixe. “De 2023 para 2024, tivemos um crescimento em torno de 20% na quaresma”, contou.

Produtor de queijos há aproximadamente oito anos, Silvano Gondim, de Jaguapitã, espera melhorar ainda mais a qualidade do produto. “A gente sente muita alegria em participar desse evento. Será melhor ainda com esse selo de qualidade, que vai contribuir com mais renda para o município e para a gente. Vamos trabalhar cada vez melhor e investir mais na melhoria da qualidade, desde as pessoas até o trabalho artesanal”, disse.

SUSAF– Criado por lei em 2013 e regulamentado em 2020, o Susaf/PR é destinado especialmente à agroindústria familiar e de pequeno porte. A exigência é que elas estejam registradas no Sistema de Inspeção Municipal (SIM). O selo pode ser concedido aos municípios ou consórcios intermunicipais que apresentem como atribuição o serviço de inspeção e que ele seja estruturado, garantindo que o produto é de qualidade.

Os estabelecimentos interessados em obter o selo devem seguir os programas de autocontrole, como limpeza, desinfecção e higiene, hábitos higiênicos e saúde dos manipuladores. Além disso, são exigidos a manutenção das instalações e equipamentos, controle de potabilidade de água, seleção de matérias-primas, ingredientes e embalagens, controle de pragas e vetores e controle de temperatura. Também devem contratar profissional habilitado para a industrialização e conservação dos produtos.

No site da Adapar é possível conferir a lista com todos os municípios cadastrados. Por meio dos links, a pessoa interessada será encaminhada aos sites dos municípios, onde estão informações dos estabelecimentos e dos produtos indicados ao Susaf/PR.

Os municípios interessados em aderir ao Susaf/PR podem obter maiores informações em qualquer um dos Escritórios Regionais ou locais da Adapar, ou ainda na página www.adapar.pr.gov.br .

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Nova Cantu, PR Atualizado às 17h04 - Fonte: ClimaTempo
15°
Tempo nublado

Mín. Máx. 18°

Sáb 17°C 6°C
Dom 15°C 9°C
Seg 14°C 11°C
Ter 16°C 6°C
Qua 20°C 4°C
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Ele1 - Criar site de notícias