Segunda, 17 de Janeiro de 2022
19°

Poucas nuvens

Nova Cantu - PR

Internacional Avião

Avião comercial teve que mudar curso no mar Negro devido a aeronave de reconhecimento dos EUA

Na sexta-feira (3) uma aeronave de passageiros da Airbus foi obrigada a mudar sua trajetória e altitude devido à passagem de um avião de reconhecimento militar norte-americano no mar Negro.

04/12/2021 às 20h12 Atualizada em 04/12/2021 às 20h16
Por: Redação Fonte: https://br.sputniknews.com/20211204/aviao-comercial-teve-que-mudar-curso-no-mar-negro-devido-a-aeronave-de-reconhecimento-dos-eua-20530270.html
Compartilhe:
CC BY-SA 2.0 / Flickr.com / Colin Cooke Photo /
CC BY-SA 2.0 / Flickr.com / Colin Cooke Photo /
Uma potencial colisão entre o avião de reconhecimento Boeing RC-135V Rivet Joint dos EUA e a aeronave de passageiros Airbus A330 obrigou o último a mudar sua trajetóriaindicaram na sexta-feira (3) os serviços de rastreamento de voos Flightradar24 e Radarbox.
Segundo os serviços, o incidente aconteceu cerca das 04h00, horário de Brasília, entre 42º e 44º de latitude norte, e entre 37º e 39º de longitude leste.
09h10, horário de Moscou [03h10, horário de Brasília]
Se prepara para reabastecimento nas águas do mar Negro.
11h00, horário de Moscou [05h00, horário de Brasília]
Após reabastecimento, iniciou um voo de reconhecimento ao longo da costa do mar Negro da Rússia. Mudou o número de identificação para HOMER59, se aproximou da fronteira marítima da Rússia, a uma distância de 20 km.
Os dados indicam que o avião da empresa aeronáutica Airbus também teria sido obrigado a baixar de altitude. Antes de mudar sua trajetória, o avião estaria usando o número OLIVEW92.
Os aviões militares dos EUA aparecem frequentemente sobre o mar Negro. Na sexta-feira (3) caças russos Su-27 e Su-30 acompanharam aeronaves de reconhecimento RC-135 e CL-600, impedindo que violassem a fronteira da Rússia.
Sergei Shoigu, ministro das Relações Exteriores da Rússia, comentou no final de novembro o aumento da atividade das forças da OTAN perto das fronteiras russas, apontando que isso obriga Moscou a manter a prontidão operacional de suas forças nucleares e aumentar o potencial da dissuasão não-nuclear.
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Horóscopo
Áries
Touro
Gêmeos
Câncer
Leão
Virgem
Libra
Escorpião
Sagitário
Capricórnio
Aquário
Peixes
Ele1 - Criar site de notícias