Cidades

Mulher de 66 anos morre de Covid-19 em Araruna e Comcam chega a 18 óbitos

Publicados

em

Uma mulher de 66 anos, moradora da cidade de Araruna, foi a 18ª vítima fatal do novo coronavírus (Covid-19) na Comcam. O anúncio da morte foi feito pelo prefeito da cidade, Leandro César de Oliveira (Cidadania), que lamentou o ocorrido. É a terceira morte pelo vírus na cidade e a 18ª na região.
De acordo com informações repassadas por Oliveira, a vítima estava internada no Pronto Socorro de Campo Mourão, quando veio a óbito. Os profissionais do hospital desconfiaram das causas da morte e fizeram a coleta de material para os exames. O resultado saiu domingo. E positivo para Covid-19.
“Infelizmente mais um óbito no município de Araruna. Uma senhora que estava se guardando dentro de casa, mas mesmo assim acabou sendo infectada pelo vírus e acabou morrendo.
Segue a nossa preocupação. Voltamos a pedir a população para que mantenha o distanciamento social”, pediu o prefeito.
De acordo com o gestor, equipes da Vigilância Sanitária da Saúde e Polícia Militar estão fiscalizando toda a cidade para evitar o descumprimento às medidas de enfrentamento ao coronavírus, determinadas pela prefeitura. “Mesmo com o perigo da doença e várias pessoas morrendo na região, ainda assim temos encontrado muita aglomeração nas casas”, lamentou Oliveira.
De sexta-feira (26) para domingo (28) foram três mortes por Covid-19 na Comcam. Além desta morte em Araruna, um idoso de 88 anos morreu na sexta em Goioerê e um senhor de 61 anos de idade veio a óbito na cidade de Peabiru. As duas cidades têm duas mortes pelo vírus.
O preocupante é que no domingo (28), os leitos de UTI-Covid da Santa Casa de Campo Mourão, atingiram sua capacidade máxima de lotação. Com o aumento do contágio na região, pacientes infectados em estado mais grave, que necessitarem de UTI, serão transferidos agora a outras cidades, como Umuarama, Cianorte, Maringá ou Paranavaí.

Leia Também:  Com aumento de casos e mortes por Covid-19, prefeito vai ampliar restrições em Campo Mourão

Fonte: Tribuna do Interior 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Cidades

Proprietários de carneiros furtados em Altamira do Paraná oferecem recompensa por informações

Publicados

em

Por

Ainda não se tem nenhuma pista ou informações que levam as autoridades a descobrirem onde estão os carneiros furtados em Altamira em uma propriedade rural.
Diante disso os proprietários dos carneiros estão oferecendo recompensa no valor de R$ 1.000,00 (Hum mil reais), para quem repassar informações concretas que possam levar a polícia a desvendar o caso. Ao todo foram 13 carneiros furtados.
Toda informação será em sigilo absoluto e poderão ser repassadas nos seguintes contatos. João do Bar 44 9 98818847 , Diow 44 9 98275794 e Mercado Paraná 44 37 55 1148.

Fonte: Blog do Menguely

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Roncador e Iretama Confirmam 17 Casos de Covid-19 em Cada Cidade
Continue lendo