Mulher

“Meu marido me traiu com cinco homens, mas ainda não tive coragem de me separar”

Publicados

em


source

“Ele sempre foi um bom pai e um bom marido, mas, de uns três anos para cá, comecei a notar que ele estava diferente”, conta a dona de casa Inês*, de 34 anos, sobre o marido, com quem está casada há sete anos. Ela e Estevão*, de 37, têm dois filhos, uma de 5 anos e outro de 8 meses. Inês disse ao Delas que jamais pensou que o marido a traísse frequentemente — e com homens. “Ele me contou que foram cinco, mas vai saber se não tem mais”, diz. Ela soube dos casos do marido há apenas duas semanas, e ainda não sabe o que fazer.

Inês
Reprodução/Unsplash

Inês conta que descobriu que o marido a traia com outros homens. (Foto ilustrativa)



Inês começou a contar sua história em um grupo fechado de apoio para mulheres no Facebook, com mais de 5.000 integrantes. Na rede social, ela conta que só passou a ter desconfianças do marido no quarto ano de casamento. Ela começou a notar que ele mudava de comportamento sempre que mexia no celular. “Achei que pudesse ser coisa da minha cabeça. Eu até desconfiei, mas aquilo que você não pode provar pode não ser verdade.”

Quando as desconfianças começaram, o casal comemorava o aniversário de um ano da primeira filha, o que, segundo ela, a fez esquecer os indícios de infidelidade do marido. E Inês decidiu seguir em frente.

Leia Também:  Estilosos e autênticos: descubra quais os vestidos essenciais do verão 2021!

Nesse período, os dois tiveram o segundo filho, mas a relação já havia mudado. “Ele mal me procurava na cama, parecia sempre uma obrigação. O estranho é que ele falava em termos mais um filho, mas eu percebia que ele não me queria como antes.”

Mensagens no celular

Ela decidiu, então, olhar o celular do marido. “No sábado de madrugada, ele foi tomar banho e ouvi um monte de mensagens pipocando no celular dele. Como estava desconfiada, fui dar uma olhada, mas achei estranho porque eram mensagens de um homem”, conta.

“Tudo é propósito de Deus, porque eu não sabia a senha do celular dele. Mas chutei e acertei de primeira. Li as mensagens e resolvi continuar a conversa como se fosse ele, até que eu soltei a frase: ‘Lembro da gente’. O tal cara começou, então, a soltar os detalhes de tudo o que acontecia entre eles”, relembra ela, que é evangélica.

Assim que Estevão saiu do banho, Inês decidiu confrontá-lo. Ele não negou nenhuma vez, segundo ela. Admitiu que a traia com outros homens e que aquela não tinha sido nem a primeira e nem a única vez. “Ele me falou que foram cinco homens, mas vai saber se não tem mais…”, fala.

Na hora, ela diz que não soube como reagir, mas que passou a noite inteira chorando, acordada. “Tenho certeza que nunca fui tão magoada na vida. Eu não tenho raiva, só muita mágoa, porque sempre vivi por ele, para ele e para a família dele. Sempre ajudei a todos e é assim que ele me paga?”, pergunta.

Leia Também:  Mulher posta foto ao lado de noivo com deficiência e recebe comentários maldosos

Apesar de o marido admitir a traição, ela relata que não decidiu o rumo do casamento ainda. “Quando nasci, o meu pai já tinha morrido. Sei bem como é a vida sem um pai. Mesmo separando, nunca é a mesma coisa para os filhos. E tenho dois. Não tenho como trabalhar com duas crianças e ir para casa da minha mãe para ser sustentada por ela.”

Inês não entende como ele foi capaz de traí-la. “Me usar desse jeito para quê? Poderia ter deixado eu seguir minha vida.” Hoje, os dois continuam dividindo a mesma casa, mas não como um casal. “A gente não conversou direito sobre o assunto. Ainda estou tentando digerir tudo isso. Não consigo nem olhar para a cara dele sem chorar.” De acordo com ela, as conversas se resumem a questões sobre as crianças.

A dona de casa conta que o marido pediu perdão por tudo o que aconteceu em prol dos filhos, prometeu que a situação não irá mais se repetir, mas confessou que gostava de se encontrar com os amantes.

“Espero que Deus me dê uma luz, porque não está sendo fácil. Eu amo muito o meu marido ainda, mas sinto como se estivesse sido atropelada. Acho que nunca conseguirei superar isso aqui dentro de mim.”

* Os nomes foram alterados a pedido da entrevistada

Fonte: IG Mulher

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Mulher

5 óleos essenciais para acalmar as crianças de forma natural

Publicados

em

Por


source

João Bidu

Confira os benefícios dos óleos essenciais para as crianças - Crédito: Tatiana Syrikova/Pexels

Às vezes nos questionamos sobre como as crianças conseguem ter tanta energia. Parece que o estoque delas é ilimitado e, não importa qual seja a hora, o momento é sempre perfeito para uma nova brincadeira.

Já para os pais e toda a família, essa história é bem diferente, porque a energia é limitada e a hora do descanso precisa ser respeitada. Porém, como explicar isso para uma criança, principalmente quando ainda é muito nova?

Ficar bravo(a) com os pequenos não resolverá, afinal, atitudes mais rígidas podem motivar o choro e é aí que ninguém mais terá controle da situação. Em vez disso, o melhor jeito de tranquilizá-los é por meio dos métodos naturais, como é o caso dos óleos essenciais  para crianças.

Para que toda a família possa aproveitar os benefícios dos óleos essenciais, coloque até seis gotas daquele de sua preferência no travesseiro da criança, na roupinha ou na água do banho.

Você também pode utilizar aromatizadores para espalhar o aroma pelo cômodo, porém, nunca aplique nenhum dos óleos essenciais para crianças diretamente na pele delas – como o organismo dos pequenos ainda está em formação, a substância pura, sem antes ter sido dissolvida, pode causar irritação.

Outra dica é testar o cheiro antes de aplicar nos itens da criança. Caso o óleo escolhido seja muito intenso, utilize um número menor de gotas ou apenas em tecidos que não ficarão tão próximos das crianças, como um lencinho pendurado no quarto, por exemplo.

Leia Também:  Noivos são criticados por convidarem avó com Covid-19 para casamento

Então, conheça 5 melhores óleos essenciais para crianças que irão acalmá-las de maneira fácil e totalmente natural.

Óleos essenciais para crianças

Bergamota

O excesso de agitação, especialmente na hora de dormir, pode ser controlado com esse óleo. O melhor jeito de utilizá-lo é borrifando no quarto antes da criança dormir e enquanto ela estiver adormecida. Dessa forma, o sono será mais intenso e isso impedirá que ela acorde durante a noite.

Como a fragrância é 100% natural, os pequenos vão aproveitar os efeitos com segurança. Com certeza vão acordar com mais disposição e animação, para mais um dia de muitas brincadeiras. Já os pais estarão preparados, após uma boa noite de descanso, para acompanhar as atividades dos filhos.

Camomila

O mais famoso calmante natural também pode ser usado pelas crianças. Sua ação atinge diretamente os sentidos dos pequenos, permitindo uma redução no estoque de energia deles – sem prejudicar a saúde.

O sono não precisa ser estimulado pelos pais porque, após o óleo essencial de camomila, o cansaço chega naturalmente. Uma dica é fazer a massagem Shantala  com a substância, para relaxar ainda mais as crianças antes de colocá-las para dormir.

Capim-limão

Perfeito para deixar a mente mais serena e o sono mais fácil. Quando utilizado com frequência, ajuda na redução dos gases e estimula os reflexos do corpo. Tem componentes que combatem bactérias e, assim, auxilia no tratamento de resfriados, gripes e problemas respiratórios, além de ajudar a evitar o desenvolvimento dos mesmos.

Leia Também:  Qualidades e defeitos de cada signo: saiba como usar tudo isso a seu favor

Quando o clima estiver seco e/ou quente, o óleo essencial de capim-limão permite que o ambiente fique mais fresco e agradável para todos.

As mamães também podem aproveitar bastante os efeitos desse óleo essencial, porque o aroma estimula a produção de leite e a imunidade das crianças. 

Lavanda

O efeito calmante natural desse óleo é sempre certeiro. Seja adulto ou criança, todas as idades podem aproveitar a sensação de paz transmitida pela fragrância.

Antes de colocar as crianças para dormir, borrife a lavanda no ar e comece a prepará-las para ir para a cama. O aroma permite que a comunicação fique mais fácil e, assim, o momento é ideal para conversar com as crianças. Com ele, a empatia é estimulada – as pessoas se sentem mais conectadas e confortáveis com a situação. Portanto, desenvolva um melhor relacionamento com os pequenos por meio do óleo essencial de lavanda.

Tangerina

Não tem como falar do óleo essencial de tangerina sem abordar sua ação positiva no humor. Sabe quando a irritação pega as pessoas e até mesmo as crianças sentem o efeito negativo dessa emoção? Então, utilize o aroma fresco da tangerina e você mandará o mau humor para longe da sua casa.

Além disso, ela ajuda na clareza dos pensamentos e na dissipação do estresse , combate a insônia , favorece a respiração e deixa as noites de sono mais profundas e revigorantes.

LEIA TAMBÉM:

Fonte: IG Mulher

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo