Carros e Motos

Kia Rio recebe retoques no visual e versão híbrida leve

Publicados

em


source
Kia Rio
Divulgação

Kia Rio da linha 2021 tem novos jogos de rodas, faróis e lanternas de LED e versão híbrida leve

A Kia vai adotar uma série de novidades no hatch compacto Rio no mercado europeu a partir do fim do ano. O modelo chegou ao Brasil no fim de janeiro, vindo do México e deverá levar mais tempo para receber as novidades, provavelmente, apenas no primeiro semestre de 2021.

LEIA MAIS: Kia Rio EX:  hatch mostra qualidades, mas chega na hora errada

A principal alteração no Kia Rio 2021 fica por conta do sistema híbrido leve, que usa motor elétrico ligado ao virabrequim para dar um impulso para vencer a inércia, o que acaba ajudando a economizar combustível, assim como acontece nos modelos EQ Boost, da Mercedes . Além disso, também consegue-se alguma redução de emissão de poluentes.

Com o novo motor 1.0 turbo que funciona com ajuda do elétrico, os níveis de emissões foram reduzidos entre 8,1% e 10,7%, de acordo com as medições da fabricante. Na comparação com o motor atual, ganha-se 16% de força, chegando nos 20,4 kgfm transmitidos para as rodas dianteiras, com freios regenerativos.

Entre as mudanças, destacam-se retoques bem discretos, tanto por fora quanto por dentro, além da inclusão de novos dispositivos eletrônicos de segurança que normalmente são encontrados em modelos de maior valor agregado. Como parte do pacote de novidades também está o sistema multimídia atualizado, com tela de 8 polegadas e conectado ao celular sem uso de fio.

Leia Também:  Corolla Cross é o SUV nacional da Toyota que chega em 2021

Ainda como destaque das versões renovadas do hatch compacto , vale lembrar que o multimídia agora passa a ser conectado à internet e pode contar com GPS que informa a situação em tempo real, bem como os principais pontos de interesse, entre os quais restaurantes, teatros, hotéis e postos para reabastecimento.

LEIA MAIS: Kia Stinger GT 2019: esportivo coreano sabe falar alemão. Veja vídeo

A grade dianteira mais estreita, bem como os novos jogos de rodas de aro 16, bem como faróis e lanternas com LED no lugar das lâmpadas convencionais também estão entre as principais mudanças na linha 2021 do Kia Rio , que também passa a ter disponíveis itens como aleltas de ponto cedo e mudança indevida de faixa, entre outros.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Carros e Motos

Pandemia não vai matar o carro compartilhado, avalia Ford

Publicados

em

Por


source
compatilhado
Divulgação

Aplicativo de carros compartilhados devem continuar sendo usados, mesmo com a pandemia, mas outras soluções de mobilidade também virão

A importância da capacidade de inovação e adaptação na pandemia do novo coronavírus foi um dos temas tratados nesta sexta-feira (10), em uma das palestras da Campus Party, evento de tecnologia que este ano acontece de forma virtual e gratuita. Quem falou sobre o tema foi Luciano Driemeier, gerente de Mobilidade e Novos Negócios da Ford. “A pandemia gerou novas tendências que não estavam no mapa das montadoras”, destacou.

LEIA MAIS: Ainda vale a pena ter carro no Brasil?

Driemeier citou uma solução técnica criada pela Ford nos Estados Unidos, que permitiu a esterilização do interior das viaturas policiais da marca apenas com uma atualização de software , como um exemplo da importância do pensamento ágil e da capacidade de adaptação das montadoras para se preparar para o mundo pós coronavírus.

O gerente de mobilidade da montadora não acredita que o novo coronavírus vá enterrar o desenvolvimento de carros compartilhados . Mas avalia também que os fabricantes vão precisar estar abertos para outras soluções de mobilidade , que podem não necessariamente envolver automóveis.

Leia Também:  BMW M8 Gran Coupé Competition 2021 inicia pré-venda no Brasil

LEIA MAIS: Preços dos carros usados ficarão mais distantes dos novos

“Neste conceito de mobilidade mutável e de produtos adaptáveis, a Ford e outras montadoras passam a ser empresas de mobilidade. Desenvolvendo soluções voltadas para o consumidor e que não necessariamente envolvam carros”, finalizou.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo