Cidades

Jovem é assassinado a tiros em Moreira Sales

Publicados

em

O jovem Diego Aparecido Rucine, de 29 anos, popular “Tchula”, foi  assassinado com vários tiros na tarde desta quarta-feira em Moreira Sales. O crime ocorreu em frente a uma oficina de motos onde ele trabalhava, na Avenida Mário Marangoni.
Os disparos atingiram a cabeça, ombro, braço, antebraço e perna da vítima, que foi socorrida com vida, mas morreu quando recebia atendimento médico no pronto atendimento de Moreira Sales. Um dos funcionários da oficina relatou que viu um homem entrar, com roupa escura e capacete na cabeça e abrir fogo contra o rapaz. A Polícia Militar fez diligências mas nenhum suspeito foi encontrado.
A morte de “Tchula” foi a segunda em quatro dias em Moreira Sales. Na noite de sábado (23), Odair Silva dos Santos foi assassinado com tiros de pistola quando estava em um trailer de lanche na Avenida João Teothonio. A PM não descarta a possibilidade dos dois crimes estarem relacionados.

Fonte: Tribuna do Interior

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Operação “Juranda” já tem prisão e apreensão de drogas em Campo Mourão
Propaganda

Cidades

Após dia com recorde de casos de Covid-19, Campo Mourão registra mais duas mortes pelo vírus

Publicados

em

Por

A pandemia do novo coronavírus (Covid-19), está deixando um saldo trágico em Campo Mourão e região. Após essa sexta-feira (3) com recorde de casos confirmados, foram 35 novos casos somente ontem, o município registrou neste sábado (4) mais dois óbitos pela doença infecciosa.
As mortes foram de uma idosa de 78 anos, que estava internada em um hospital de Campo Largo,região metropolitana de Curitiba, mas era moradora do jardim Aeroporto, em Campo Mourão. Ela foi sepultada na manhã de hoje, no cemitério Municipal São Judas Tadeu. Além
da idosa, uma mulher de 32 anos, que estava internada na Santa Casa desde o dia 26 de junho também morreu de Covid. Ela tinha outras comorbidades. Campo Mourão tem agora 7 mortes pelo vírus. Na Comcam, já são 24.
De acordo com o último “Boletim Coronavírus”, divulgado na noite dessa sexta-feira (3), pela prefeitura, Campo Mourão tem um total de 349 casos confirmados de Covid-19, dos quais 238 pacientes já estão curados. Os suspeitos somam 75, além de 287 monitorados.
A UTI-Covid da Santa Casa de Campo Murão está com a taxa de ocupação dos leitos do SUS em 89%, enquanto leitos de UTI’s de convênios particulares, 39%. São 4 pacientes internados de Campo Mourão, 1 de Terra Boa, 1 de Moreira Sales, 1 de Engenheiro Beltrão, 1 de Campina da Lagoa, 1 de Barbosa Ferraz, e 1 de Corumbataí do Sul. Há ainda 9 pacientes internados em leitos de enfermaria.
A região já tem mais de 800 casos confirmados de coronavírus desde o início da pandemia, em março. Apenas a cidade de ainda continua
sem casos. As mortes já foram registradas nas cidades de Araruna (3); Campina da Lagoa (1); Campo Mourão (7); Goioerê (3); Iretama (1); Janiópolis (2); Luiziana (1); Mamborê (1); Moreira Sales (1); Peabiru (2); e Terra Boa (2).
Nesta semana, o médico infectologista de Campo Mourão, Rodolfo Cesar Visoni Poliseli, faz um alerta à população que o pior da pandemia no município ainda está por vir neste mês de julho. Segundo o médico, considerando o histórico da curva, atendimentos feitos em seu
consultório, hospitais e na própria cooperativa médica (Unimed), onde atua, a cidade está enfrentando neste momento o pico da curva.
Poliseli observou que o aumento de casos de Covid-19 em Campo Mourão é bastante significativo. “É preocupante”, alertou. Como exemplo, ele citou que pela Unimed eram positivados diariamente entre dois a três pacientes, mas que agora, passaram a ser entre 12 a 13 resultados positivos por dia. “Este é o termômetro que mostra que a doença está se multiplicando e mais pessoas estão ficando doentes”, argumentou.

Leia Também:  Pesca está liberada nas bacias do Paraná

Fonte: Tribuna do Interior

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo