Esportes

Japão adotará medidas para proteger Olimpíada de ataques cibernéticos

Publicados

em


O Japão anunciou nesta terça-feira (20) que adotará contramedidas para que a Olimpíada de Tóquio do ano que vem não seja prejudicada por ataques cibernéticos, depois que o Reino Unido e os Estados Unidos acusaram a Rússia de orquestrar esforços para tumultuar os Jogos. Os organizadores da Olimpíada não relataram nenhum impacto significativo em suas operações para os Jogos de 2020, que foram adiados para o ano que vem devido à pandemia de novo coronavírus (ocvid-19).

Na segunda-feira (19), Reino Unido e EUA criticaram o que disseram ter sido uma série de ataques cibernéticos mal intencionados orquestrados pela inteligência militar russa, incluindo tentativas de atrapalhar a Olimpíada e a Paralimpíada de Tóquio. O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, negou as acusações e as atribuiu à “russofobia”. Ele disse a jornalistas: “A Rússia nunca promoveu qualquer atividade de hackeamento contra as Olimpíadas”.

O secretário-chefe de gabinete japonês, Katsunobu Kato, não quis dar detalhes, mas disse que seu país fará todos os esforços para proteger os Jogos de possíveis tentativas de invasão virtual. “Não podemos fazer vista grossa a ataques cibernéticos mal intencionados que ameaçam a democracia”, disse Kato em uma coletiva de imprensa, acrescentando que o Japão está recolhendo e analisando informações e mantendo contato frequente com o Reino Unido e os EUA.  “A Olimpíada é um grande evento internacional que atrai atenção, e as medidas de segurança cibernética são extremamente importantes.”

Leia Também:  Grêmio treina no Paraguai e finaliza preparação para enfrentar o Guaraní

Um porta-voz do Comitê Olímpico Internacional (COI) disse que a segurança cibernética é uma das maiores prioridades da entidade.

* Reportagem adicional de Tetsushi Kajimoto e Makiko Yamazaki

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Esportes

Parceria firmada entre Chapecoense e Schumann vai até dezembro de 2021

Publicados

em

Por


A terça-feira da Associação Chapecoense de Futebol – marcada, inicialmente, pelo duelo de gigantes contra o Cruzeiro – começou repleta de boas notícias: às vésperas do embate contra a equipe celeste, o Verdão apresentou dois novos parceiros que, a partir de hoje, estamparão a fardamenta verde e branca e contribuirão, ativamente, com o processo de retomada. Um deles é a Schumann, empresa criada no município de Seara e, atualmente, com matriz em Chapecó, que estampará as mangas da camisa alviverde até dezembro de 2021.

Foto: Márcio Cunha/ACF

Consolidada no ramo de móveis e eletrodomésticos desde 1997, o Grupo Schumann conta, atualmente, com mais de 140 lojas distribuídas em Santa Catarina, no Paraná e no Rio Grande do Sul. Além disso, a organização está em franco crescimento no e-commerce e possui cerca de dois mil colaboradores – todos eles apaixonados pelo Verdão.

Há sete anos, quando a Chapecoense dava os primeiros passos no caminho da ascensão no cenário esportivo nacional, a Schumann já apoiava o clube. Agora, eles retornam à fim de reforçar o potencial da união de esforços em busca de uma causa em comum: exaltar e valorizar o nome de Chapecó e de toda a região.

  Chapecoense finaliza preparação para enfrentar a Ponte Preta de olho na liderança da serie B

Leia Também:  Palmeiras vence Delfín por 3 a 1 e larga na frente por vaga nas quartas da Libertadores

“Caminharemos junto com esse clube, que está no coração de muitos torcedores. Nos sentimos honrados em patrocinar um time historicamente marcado pela bravura, resiliência, cooperação e determinação. Nosso desejo é contribuir para o crescimento da Chapecoense, pois acreditamos no trabalho sério desenvolvido nessas quase cinco décadas”, enfatizou o empresário André Schumann, proprietário da nova patrocinadora.

O presidente da Chapecoense, Paulo Magro, enalteceu que o patrocínio da Schumann enriquece ainda mais a credibilidade da camisa do clube e vem somar ao timaço de empresas apoiadoras. “Temos certeza que será uma parceria de sucesso, falo isso em nome de toda a diretoria executiva, do conselho deliberativo e da torcida. Estamos muito felizes com o ingresso dessa empresa à nossa família. Isso ajudará no crescimento do time e esperamos que também possamos ajudar essa grande empresa a se consolidar ainda mais no mercado brasileiro”.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo