Novo Cantu - Brasil

Horário de verão será encerrado no dia 17 de fevereiro

Publicados

em

Horário de verão será encerrado no dia 17 de fevereiro

 

Odiado por muitos, amado por outros tantos, o horário de verão brasileiro está com data para terminar: 17 de fevereiro. Desta forma, na passagem do dia 16 para 17 de fevereiro as pessoas devem atrasar o relógio em uma hora.

A mudança no horário teve início em 4 de novembro de 2018 e atinge os brasileiros das regiões Centro-Oeste, Sudeste e Sul, que abrangem dez estados e o Distrito Federal.

Já o Norte e o Nordeste ficam de fora da determinação, porque, nestas regiões, que são mais próximas à linha do Equador, a incidência de luz solar dura mais tempo.

Com a vigência do horário especial, o Brasil está com quatro fusos diferentes, uma vez que os estados das regiões Norte e Nordeste permanecerão no horário normal.

Tradicionalmente o horário de verão é implantado com o objetivo de reduzir o consumo de energia elétrica em todo o País. Ainda não foram divulgados dados preliminares se realmente houve redução do consumo no período.

 

Fonte: O BemDito

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Equipes já estão no 13º dia de buscas, em Brumadinho
Propaganda

Novo Cantu - Brasil

TRF3 nega habeas corpus a Joesley e Wesley Batista

Publicados

em

Por

TRF3 nega habeas corpus a Joesley e Wesley Batista

 

O Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF3), em São Paulo, negou hoje (15) os pedidos de habeas corpus impetrados pelos advogados de defesa de Wesley Batista e Joesley Batista, do grupo J&F. O pedido de habeas corpus se refere à investigação dos irmãos no processo que apura se eles teriam usado informações privilegiadas para lucrar no mercado financeiro.

Hoje à tarde, a partir das 16h, ocorre a audiência de custódia de Joesley Batista, na Justiça Federal. O executivo, que estava preso na Superintendência da Polícia Federal em Brasília, chegou a São Paulo no fim da manhã de hoje.

A transferência foi feita por ordem do juiz João Batista Gonçalves, da 6ª Vara Federal de São Paulo, referente à Operação Tendão de Aquiles, que investiga a venda de ações de emissão da JBS S/A na Bolsa de Valores e à compra de contratos futuros e a termo de dólar no mercado financeiro. As transações foram feitas em abril e maio, antes da divulgação dos áudios de conversas de Joesley Batista com o presidente Michel Temer e o senador Aécio Neves, que levaram a denúncias contra ambos.

Em nota, os advogados de Joesley e Wesley Batista disseram que vão recorrer da decisão no Superior Tribunal de Justiça (STJ) ainda hoje. “A própria decisão reconhece a ausência de fato novo apto a justificar a prisão. A inexistência de qualquer outro preso preventivo no Brasil pela acusação de insider trading revela uma excepcionalidade no mínimo curiosa”, argumenta a defesa.

 

Fonte: Congresso em Foco

Leia Também:  Aposentadoria rural iguala idade e prevê contribuição mínima para segurado especial
COMENTE ABAIXO:
Continue lendo