Estadual

Governo entrega cestas básicas a famílias de pessoas com deficiência

Publicados

em


.

O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Justiça, Família e Trabalho, iniciou nesta semana, na região Centro-Sul do e nos Campos Gerais, a distribuição de 20 mil cestas básicas para prover a segurança alimentar emergencial a famílias de pessoas com deficiência que se encontram em vulnerabilidade social. 

Para essas famílias, a entrega das cestas está sendo feita nas Apaes pelas equipes das Escolas Especializadas, em conjunto com a Defesa Civil e com acompanhamento de representantes dos Escritórios Regionais e do Departamento de Políticas para Pessoas com Deficiência da Secretaria.

“As cestas estão sendo entregues como prioridade a essa população que vive em situação de grande vulnerabilidade. É nosso dever dar oportunidades de inclusão e cidadania para todos”, disse o secretário Mauro Rockenbach.

O chefe do Departamento de Políticas para Pessoas com Deficiência  da Secretaria da Justiça, Família e Trabalho, Felipe Braga Côrtes, explicou que o encaminhamento das cestas básicas para as instituições especializadas está sendo realizado utilizando como critério o estudo feito pelo Departamento de Políticas da Pessoa com Deficiência. “O estudo considera o Índice de Desenvolvimento Humano – IDH dos municípios, índice de propagação da Covid-19 em cada cidade, capacidade de atendimento das instituições especializadas e equipamentos municipais que disponibilizam os benefícios eventuais”, disse Côrtes.

Leia Também:  Servidores da área da segurança pública terão atendimento psicossocial

RECURSO – O recurso é originário do Fundo da Infância e Adolescência (FIA) e o repasse deliberado pelo Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente – Cedca.  “O repasse de recursos para o atendimento emergencial de crianças e adolescentes e pessoas com deficiência em situação de vulnerabilidade está em conformidade com o Decreto Estadual 4230/2020, que estabelece situação de emergência pela pandemia do Covid-19”, explicou a presidente do Cedca, Ângela Mendonça.

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Estadual

Paraná soma 88.978 diagnósticos e 2.319 óbitos pela Covid-19

Publicados

em

Por


.

A Secretaria de Estado da Saúde informa que o Gerenciador de Ambiente Laboratorial (GAL), responsável pelo armazenamento de resultados de exames laboratoriais, continua instável.

Neste sábado e domingo (8 e 9) a Secretaria registrou 1.063 novos casos e 75 óbitos pela Covid-19 no Paraná. O Estado soma agora 88.978 casos e 2.319 óbitos em decorrência da doença. Tão logo o sistema se normalize, as informações serão restabelecidas. Os dados são preliminares e sujeitos a alterações.

INTERNADOS – Neste domingo, 995 pacientes com diagnóstico confirmado de Covid-19 estão internados. Do total, 765 estão em leitos SUS (375 em UTI e 390 em enfermaria) e 230 em leitos da rede particular (99 em UTI e 131 em leitos enfermaria).

Há outros 910 pacientes internados, 454 em UTI e 456 em enfermaria, que aguardam resultados de exames. Eles estão nas redes públicas e particulares e são considerados casos suspeitos de infecção pelo vírus Sars-CoV-2.

ÓBITOS – Os 75 falecimentos relatados neste informe são de 38 homens e 37 mulheres, com idades entre 29 e 92 anos. Um paciente morreu em 11 de julho, outro em 31 de julho e os demais entre os dias 3 e 9 de agosto.

Leia Também:  Polícia Científica ajuda a esclarecer acidente na Grande Curitiba

Os pacientes residiam em Curitiba (30), Campo Largo (4), Colombo (4), Campo Mourão (3), Arapongas (2), Fazenda Rio Grande (2), Pato Branco (2), Ponta Grossa (2), São José dos Pinhais (2), Toledo (2). Há um caso confirmado em cada município de Almirante Tamandaré, Barbosa Ferraz, Braganey, Cambira, Capanema, Cascavel, Diamante D’Oeste, Foz do Iguaçu, Guaraniaçu, Guaratuba, Mandirituba, Mariluz, Nova Prata do Iguaçu, Ortigueira, Pitanga, Ramilândia, Rebouças, Salto do Lontra, Santa Mariana, Telêmaco Borba, Umuarama e União da Vitória.

FORA DO PARANÁ – O monitoramento da Secretaria da Saúde registra 988 casos de residentes de fora. Vinte e seis pessoas foram a óbito.

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo