Tecnologia

Fuja de golpes online na Black Friday: saiba como identificar um boleto falso

Publicados

em


source
black friday golpe boleto
Unsplash/Bench Accounting

Veja como proteger sua segurança online durante a Black Friday

A Black Friday deste ano, marcada para a próxima sexta-feira (27), deve ser a mais digital de todos os tempos . De acordo com a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico, as vendas online devem crescer 77% em relação ao evento do ano passado. E mais gente comprando na internet significa, também, mais gente vulnerável a cair em golpes online .

Boa parte desses golpes  acontece na forma de pagamento. Dos R$ 1,3 bilhão em compras online que a antifraude Konduto analisou durante a Black Friday de 2019, mais de R$ 31 milhões eram de origem fraudulenta.

E na hora de aplicar golpes desse tipo, o foco dos cibercriminosos costuma ser os boletos . Geralmente, os golpistas criam sites falsos e enviam boletos faudulentos para os clientes – se eles realizam o pagamento, o dinheiro é roubado.

Por que os boletos são perigosos?

Um dos motivos pelos quais os boletos são grandes alvos de fraude  é a impossibilidade de estorno, permitido pelo cartão de crédito , por exemplo. Além disso, para ter para ter a opção de pagamento em cartão, as lojas digitais passam por vários requisitos de segurança , o que aumenta a credibilidade – e, justamente por isso, as lojas falsas oferecem apenas o boleto como forma de concluir a suposta compra.

Leia Também:  WhatsApp libera mensagens temporárias para usuários no Brasil

A primeira dica para evitar cair em golpes financeiros, portanto, é justamente essa: evitar lojas que tenham o boleto como única forma de pagamento, e sempre preferir usar o cartão.

“O boleto bancário é o segundo método de pagamento mais utilizado no Brasil e, diferente dos cartões de crédito, é uma alternativa que não permite estornos. Os consumidores devem evitar, ao máximo, lojistas que tenham a intenção de finalizar a compra em aplicativos de conversas, na tentativa de convencê-lo a realizar uma transferência bancária com um super desconto. Com a chegada do Pix é preciso redobrar a atenção, uma vez que o pagamento é instantâneo e o dinheiro não tem volta”, afirma Ralf Germer, CEO e cofundador da PagBrasil, fintech brasileira de processamento de pagamentos para e-commerce.

Como evitar cair no golpe do boleto falso

Se você optar por fazer compras em boleto nessa Black Friday , é preciso se atentar a algumas questões. Boletos fraudados podem ser nomeados para outra empresa diferente da que foi realizada a compra ou podem ter o valor alterado, fazendo o cliente pagar mais caro do que o preço do produto. Confira as dicas para identificar um boleto falso:

  • Confira se os dados (nome e CNPJ) do beneficiário do boleto são os mesmos da loja online ou processadora de pagamentos utilizada pelo e-commerce em questão;
  • Confira se os dados do pagador são os seus;
  • Olhe os últimos dígitos do código de barras do boleto, porque ele se refere ao valor do documento. Se sua compra foi de R$ 543,21, por exemplo, os últimos dígitos do boleto devem ser 54321 – se não forem, é melhor não realizar o pagamento;
  • Veja se o código de barras está nítido. “O consumidor deve se atentar ao código de barras: ele representa a sequência de números do próprio boleto. Caso este campo esteja danificado ou com algum indício de violação, o cliente é ‘obrigado’ a digitar a sequência numérica, que pode ter sido alterada”, alerta Tom Canabarro, CEO e cofundador da Konduto.
Leia Também:  Google Classroom melhora detecção de plágio em textos de alunos

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Tecnologia

Saiba como usar as ferramentas da Sincronização Familiar do TikTok

Publicados

em

Por


source

Tecnoblog

undefined
Brbara Chieregate

Como usar as ferramentas da Sincronizao Familiar do TikTok

O recurso Sincronização Familiar do TikTok foi criado para tranquilizar os pais preocupados com a atividade dos filhos adolescentes na rede social. Em suma, ele permite que os pais vinculem a conta à do filho para definir configurações de conteúdo e privacidade. Saiba como ativar a Sincronização Familiar e entenda quais são os controles que ela cria para o TikTok de membros da família.

Como ativar a Sincronização Familiar

  1. Abra o aplicativo do TikTok no seu dispositivo móvel Android ou iOS (iPhone ou iPad);
  2. Toque em “Eu”, último ícone do menu inferior;
  3. No seu perfil, toque em “Configurações” (os três pontinhos do canto superior direito);
  4. Vá em “Sincronização Familiar”, abaixo da categoria “Conteúdo e Atividade”;
  5. Toque em “Continuar”;
  6. Selecione quem está usando a conta do TikTok — no caso, pai ou mãe — e toque em “Avançar”;
Ativar a Sincronização Familiar no TikTok (Imagem: Reprodução/TikTok)

Ativar a Sincronização Familiar no TikTok (Imagem: Reprodução/TikTok)

Depois disso, será necessário ativar o recurso na conta do adolescente. Siga essas etapas:

  1. Faça login na conta do seu filho;
  2. Vá até o perfil, toque em “Configurações” (os três pontos do canto superior direito) > “Sincronização Familiar”;
  3. Selecione “Adolescente”;
  4. Digitalize o QR code para vincular as contas.
Leia Também:  WhatsApp: mais de 450 mil brasileiros tiveram o aplicativo clonado em outubro

O que posso controlar no TikTok da família?

Os controles abaixo serão ativados com a Sincronização Familiar. Você poderá limitar os seguintes recursos na conta do seu filho:

  • Pesquisar : você escolhe se ele pode pesquisar conteúdo, usuários, hashtags ou sons
  • Gerenciamento do tempo de tela : definir quanto tempo ele pode passar por dia no TikTok;
  • Modo restrito : limitar os vídeos que aparecem na aba “Para Você” que podem não ser apropriados para todos os públicos;
  • Comentários : decidir quem pode comentar os vídeos dele (todos, apenas amigos ou ninguém);
  • Detectabilidade : decidir se a conta dele é privada (apenas algumas pessoas podem ver o conteúdo postado) ou pública (qualquer usuário do TikTok poderá pesquisar e ver o conteúdo);
  • Vídeos de que gostou : algumas pessoas têm o costume de encontrar novos vídeos para assistir procurando o que seus amigos ou outras pessoas que elas seguem também gostaram. Esse controle permite que as famílias decidam se outros podem ver a lista de vídeos que seu filho gostou;
  • Mensagens diretas (DMs) : restringir quem pode mandar mensagens diretas para aquela conta ou desativar completamente as DMs.
Leia Também:  PayPal afirma que 17% de seus usuários já compraram Bitcoin

Além desta opção do último item, o TikTok também tem outras políticas e controles de mensagens. Algumas delas:

  • As mensagens diretas são desativadas automaticamente para menores de 16 anos;
  • Apenas os seguidores aprovados podem enviar mensagens uns aos outros;
  • Imagens e vídeos não podem ser enviados em mensagens.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo