Estadual

Frigorífico de aves retoma produção e cria empregos em Rondon

Publicados

em

O município de Rondon, no Noroeste do Paraná, está ganhando novas vagas de emprego com a retomada de atividades da unidade local do frigorífico Averama. Paralisada desde 2016, a empresa começou a operar neste mês de novembro e já contratou 400 pessoas. A previsão é chegar a 500 até o fim do ano e atingir 1.500 a partir de 2020.

Nesta quinta-feira (28), o governador Carlos Massa Ratinho Junior participou da solenidade de reinauguração do frigorífico e destacou a importância das iniciativas que resultam em novas oportunidades para a população. “O emprego é o melhor projeto social que existe. Nós atuamos como um Governo amigo de quem produz e cria emprego e renda", afirmou.

O Paraná, disse ele, vive um bom momento no mercado de trabalho. Em outubro, o Estado teve crescimento no número de vagas pelo sétimo mês consecutivo, abrindo 7.406 postos de trabalho.

"Nos primeiros dez meses, de janeiro a outubro, foram abertas 66,9 mil novas vagas”, disse o governador. Esse desempenho posicionou o Estado entre os que mais criaram empregos no País. “Isso é resultado da coragem dos empresários de investir”, afirmou.

Ratinho Junior também citou a criação, pelo Governo do Estado, do programa Cartão Futuro, que se destina a incentivar a abertura de vagas para 20 mil jovens de 14 a 18 anos em situação de vulnerabilidade social. Um dos objetivos do programa é incentivar as micro e pequenas empresas a contratar aprendizes. Para isso, o Governo do Estado vai subsidiar parte dos vencimentos, com recursos do Fundo Estadual de Combate à Pobreza.

Leia Também:  Drone reforça segurança em prisão de Ponta Grossa

PARCERIA – A retomada da Averama em Rondon se deu a partir de uma parceria operacional com a Jaguafrangos, de Jaguapitã, que arrendou a unidade. A Averama, que tem unidade também em Umuarama, havia paralisado as atividades em 2016, em plena crise econômica nacional.

Para o presidente da Averama, Célio Baptista Martins Filho, a geração e distribuição de renda são fundamentais na região. “A instalação de empresas aqui é mais rara, em função da distância de grandes centros do Estado", disse ele. "O frango traz benefícios para toda a região, com a mão de obra e o transporte de municípios vizinhos”, complementou o presidente da Jaguafrango, Sidiney Baltazari.

A Jaguafrangos atua no mercado avícola há cerca de 30 anos. Já a Averama tem diversas atividades relacionadas à cadeia do frango em Rondon e Umuarama. Através do arrendamento, a Jaguarama assume um turno de abate de aves na unidade da Averama em Rondon.

IMPACTO – O prefeito de Rondon, Ailton Valloto, comemorou a abertura de novas vagas e enfatizou o impacto que os empregos têm sobre a vida e a economia da cidade. "Quando a empresa fechou, o município perdeu 800 empregos e isso enfraquece todas as áreas", disse. "O impacto é na saúde e na educação, mas especialmente no desgaste da população, que tem que pegar um ônibus todo dia para trabalhar em outro município", contou.

Leia Também:  Inscrições para prêmio de ciência terminam nesta quarta

As novas vagas foram intermediadas pela Agência do Trabalhador de Rondon. “O trabalho da agência foi base fundamental para a contratacão desse pessoal", disse o prefeito. O secretário do Desenvolvimento e Trabalho de Rondon, Rafael Oliveira Saul, disse que a maioria dos contratados – cerca de 85%, é do próprio município. Os demais são de cidades próximas. “Isso vai dar um retorno a curto prazo para a economia do município, com a geração de renda. Esse fim de ano será melhor", disse.

PRESENÇAS – Também participaram da solenidade o secretário de Estado do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, Márcio Nunes; os deputados estaduais Jonas Guimarães, delegado Fernando e soldado Adriano José; o prefeito de Indianápolis e representante da Família Martins, Paulo Cezar Rizzato Martin.

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Estadual

Estado destina R$ 51 milhões para revitalização da PR-280

Publicados

em

Por


.

Principal artéria do Sudoeste, a PR-280 entrará em obras de revitalização, com nova pavimentação e terceiras faixas, ainda este ano, dentro do Programa de Revitalização da Segurança Viária do DER. O anúncio foi feito pelo chefe da Casa Civil, Guto Silva, nesta terça-feira (04), durante evento de entrega de respiradores em Palmas.  

“Vamos ter 19 quilômetros de terceiras faixas, que darão condições de trafegabilidade, e revitalizar trechos críticos da rodovia, como o que vai do trevo de Palmas a Horizonte, muito deteriorado, que vai receber pavimentação em concreto”, disse Silva.

As obras que serão realizadas pelo Estado vão resolver problemas urgentes da PR-280. A publicação do edital de licitação está prevista para a segunda quinzena de setembro, com um valor de aproximadamente R$ 51 milhões. Seguindo os trâmites normais, as obras deverão ser iniciadas ainda este ano e o prazo de execução é de 12 meses.

O chefe da Casa Civil explicou que os contratos atuais de serviços que atendem a PR-280, do segundo semestre de 2018 a maio deste ano, já custaram ao Estado R$ 33,5 milhões exclusivamente para reparos e conservação.  “O governo não quer mais fazer remendos, a determinação do governador Ratinho Junior é dar uma solução definitiva para a PR-280”, acrescentou.  

Leia Também:  Inscrições para prêmio de ciência terminam nesta quarta

A rodovia também será incluída no novo pacote de concessões do governo federal, que vai substituir os atuais contratos, que têm vigência até 2021. “Não era possível esperar, por isso nos antecipamos e decidimos começar as obras ainda este ano. Todas as intervenções que fizermos serão abatidas das tarifas de pedágio”, explicou o chefe da Casa Civil. 

RECURSOS – Os recursos do programa de revitalização virão do empréstimo de R$ 1,6 bilhão negociado pelo Estado junto ao Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal.  

O pedido de financiamento já tramitou no senado, passou pela Secretaria do Tesouro Nacional e está na comissão de valores mobiliários. O ministro da Economia, Paulo Guedes sinalizou que a operação será autorizada na próxima reunião da CVM. A expectativa é que os recursos sejam liberados ainda na primeira quinzena de agosto. 

PROGRAMA – A PR-280 será a primeira rodovia contemplada no Programa de Revitalização da Segurança Viária do DER. O objetivo do programa é identificar os segmentos críticos de segurança viária e propor melhorias, o que inclui aumento da capacidade (terceiras faixas), melhoria do pavimento, da sinalização viária e dispositivos de segurança. 

Leia Também:  Paraná quer ampliar parceria entre BRDE e BNDES

No total, serão atendidos 27 segmentos da PRC-280: em União da Vitória; no trecho entre a BR-153 e Palmas; na região de Pato Branco e Vitorino Braga; e em vários segmentos distribuídos ao longo da rodovia até o entroncamento de Marmeleiro. 

Além da PR-280, também estarão na primeira etapa do programa a PR-323 e PR-092.

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo