Carros e Motos

Falta de baterias faz Audi interromper produção de veículos elétricos

Publicados

em

source

Olhar Digital

O E-tron será o primeiro veículo SUV da Audi à base de eletricidade arrow-options
Divulgação

O E-tron será o primeiro veículo SUV da Audi à base de eletricidade

Com o objetivo de resolver problemas de produção, a  Audi  interrompeu temporariamente a fabricação do E-Tron SUV, seu veículo elétrico. Uma das principais dificuldades enfrentadas pela empresa foi o fornecimento das baterias usadas pelos veículos.

LEIA MAIS: Nissan terá novo SUV global abaixo do Kicks; veja detalhes

Essa interrupção pode ser decisiva para os negócios da Audi, que se preparava para começar a investir no modelo que, aliado a uma proposta mais esportiva, poderia acirrar a competição pelo mercado de carros elétricos, dominado atualmente pela Tesla.

De acordo a um porta-voz da empresa, a produção foi interrompida na última quinta-feira (20), com previsão de ser retomada na próxima terça-feira (25). Ano passado, a Audi vendeu 26.400 mil carros elétricos – devido à interrupção, eles se recusaram a comentar as estimativas para este ano.

Esse não é o primeiro problema enfrentado pela linha E-Tron da Audi . No ano passado, a empresa teve de tirá-lo de circulação devido a problemas que poderiam causar o incêndio dos primeiros modelos.

Leia Também:  Royal Enfield testa modelo que deve substituir as 500 cc

LEIA MAIS: Veja como anda o novo Audi Q3 2020, com motor de 150 cv

Mesmo com a interrupção de produção, a empresa parece manter os planos para o lançamento de dois novos veículos elétricos este ano: o  E-Tron Sportback e o E-Tron GT. Ambos com arquitetura aprimorada em uma estratégia da empresa para tentar restaurar a vantagem tecnológica da marca.

Esse problema pode afetar diretamente a chegada do modelo ao Brasil. Anteriormente, a Audi anunciou que o veículo elétrico seria lançado por aqui em abril. Por enquanto, devemos esperar que a empresa se manifeste sobre a interrupção da produção e sobre as entregas previstas do carro. 

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Carros e Motos

Empresas terceirizam frotas para reduzirem custos

Publicados

em

source
locadoras arrow-options
Divulgação

Locadoras aumentam faturamento com terceirização de frotas e com a alta do custo de ter carro próprio hoje em dia no Brasil

Com a crise da Covid-19, enquanto o país se esforça para o conter o avanço da doença, as empresas começam a fazer planos para reduzir alguns custos, sem comprometer áreas essenciais ao negócio. 

LEIA MAIS: Locadoras registram alta de 13,4% no ano, com 49,6 milhões de diária

Uma das alternativas que devem entrar no radar dos empresários é a terceirização de frotas. Segundo a Marbor Frotas Corporativas, a terceirização de frotas pode diminuir em cerca de 15% o custo das empresas , uma vez que a locadoras contam com melhores condições para a compra e manutenção dos veículos.

“Nesta crise sem precedentes, a prioridade é salvar vidas. Porém, quando tudo isso passar, será ainda mais importante colocar em prática uma política de caixa muito bem definida. Uma das formas para reforçar o fluxo financeiro nos próximos meses poderá ser a troca de carros próprios por alugados”, aponta Renato Vaz, diretor da empresa. “Além disso, a gestão da frota terceirizada fica a cargo da locadora, reduzindo também o custo de administração dos clientes”, completa.

Leia Também:  Nissan mostrará novo SUV abaixo do Nicks em maio

De acordo com a Associação Brasileira das Locadoras de Automóveis (Abla), entre 80% e 90% das empresas do país ainda contam com frotas próprias. Isso demanda uma série de cuidados e gastos permanentes, com financiamentos, manutenções, documentações, impostos, seguros, etc.

LEIA MAIS: Confira 5 modelos que não recomendamos para locação

“Com uma frota terceirizada, mesmo que pequena, a empresa paga apenas o aluguel mensal, enquanto toda a gestão dos veículos é feita pela locadora. E o custo total ainda é menor do que comprar e manter carros próprios”, diz Renato Vaz. 

Para ajudar as empresas no planejamento financeiro, a Marbor disponibiliza a ferramenta “Conta em Foco”, que compara os custos totais dos carros próprios com os dos alugados. Para ter acesso, é necessário entrar em contato com a empresa.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo