Tecnologia

Facebook é multado em R$ 6,6 milhões por vazamento de dados

Publicados

em

source

Olhar Digital

Facebook é multado arrow-options
undefined

Facebook é multado

O Facebook recebeu uma multa de R$ 6,6 milhões do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) devido ao vazamento de dados pessoais de usuários no caso da Cambridge Analytica .

Em uma nota divulgada no site oficial do MJSP , o órgão explica que, após investigar a plataforma, concluiu que houve prática abusiva do Facebook ao permitir que terceiros tivessem acesso a dados de usuários sem consentimento deles.

A decisão do MJSP ainda diz que empresas como o Facebook “deveriam ter um cuidado muito maior na gestão desses dados, uma vez que o modelo de consentimento adotado teve implicações relevantes para o número de pessoas com dados expostos”.

A nota ainda critica o fato da coleta de dados ser fundamental para o funcionamento do Facebook. “Neste particular, deve ser ponderado que tal lógica fez parte (pelo menos dentro do período em que se deram as condutas apuradas) do modelo de negócios da plataforma”, diz a decisão, afirmando que o Facebook deve arcar com os riscos decorrentes da proteção dos dados dos usuários.

Leia Também:  Ter uma casa conectada e inteligente é mais fácil do que se imagina

O Facebook um prazo de dez dias para entrar com recurso caso discorde da decisão do órgão federal. Caso aceite, a multa deve ser paga em até 30 dias.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Tecnologia

App de reconhecimento facial identifica foragidos no carnaval baiano

Publicados

em

source

Olhar Digital

E mais uma vez, o sistema de reconhecimento facial utilizado pela Secretaria de Segurança Pública da Bahia ( SSP-BA ) foi útil para capturar foragidos em meio ao carnaval de Salvador . No total, 42 pessoas – 40 homens e duas mulheres – foram identificadas nas comemorações de 2020.

Confira quais serão os jogos gratuitos da PS Plus em março

“O Carnaval de 2020 confirma o nosso pioneirismo no uso de tecnologia de ponta em grandes eventos. Começamos na festa do ano passado, com o reconhecimento facial e tivemos um preso. Na Micareta de Feira de Santana alcançamos 33 foragidos e agora, encerramos a folia de Salvador com 42 capturados”, informou Maurício Teles Barbosa , destacou o secretário de Segurança Pública .

Dessa vez, porém, não foi o sistema de reconhecimento facial espalhado por câmeras instaladas nas ruas da capital baiana que reconheceu os fugitivos, mas sim um aplicativo chamado Face Check . Para efetuar a ação, os peritos tinham que tirar uma fotografia do rosto do indivíduo suspeito para que, em seguida, o software apresentasse todos os dados do cidadão e, consequentemente, sua ficha criminal.

Leia Também:  Muito mais que smartphone: Xiaomi lança aquecedor para os pés

Reprodução

Durante a ação, dois ligados a homicídios , 13 relacionados ao tráfico de drogas , 14 procurados por roubo e três envolvidos com furto foram identificados.

Nesta quarta-feira (26), as fotografias e os dados registrados no Face Check foram apresentados no Quartel do Comando Geral da Polícia Militar da Bahia , onde os dados foram verificados.

Vilões não podem usar iPhone; entenda o porquê

Essa é a primeira vez que o governo baiano usa a tecnologia, que ainda está em fase de testes e é ligada ao banco de dados do Instituto de Identificação Pedro Mello ( IIPM ). Até gora, o aplicativo possui cerca de 160 mil cadastros dos 9 milhões de registros guardados pela instituição.

Além dos foragidos identificados, o aplicativo serviu, também, para calcular o número real de foliões que passaram pelas ruas de Salvador durante o carnaval de 2020: entre quinta-feira (20) e quarta-feira de cinzas, 11,7 milhões de pessoas curtiram os principais circuitos soteropolitanos.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo