Carros e Motos

Dia dos Pais: 5 sugestões de presentes para os fãs de carros e motos

Publicados

em


source

O Dia dos Pais é uma das datas mais importantes para o comércio no Brasil. E nesses tempos de pandemia, quem tem motivos para comemorar é o comércio eletrônico. De acordo com a ABComm, associação que reúne as empresas do setor, as lojas virtuais estimam um aumento de 23% nas compras na comparação com a mesma data em 2019.

Para este Dia dos Pais , a expectativa é de um total de 8,43 milhões de pedidos, com valor médio de R$ 373. Mas já que o assunto aqui é carro, reunimos na lista abaixo algumas sugestões de presentes (acessíveis e outros nem tanto) que podem ser adquiridos pela internet.

1 – Chaveiros personalizados

chaveiro
Divulgação

Chaveiro

A loja oficial da Volkswagen oferece uma linha de chaveiros personalizados. Com preços a partir de R$ 30,38, a lista inclui desde modelos estilizados com o visual de clássicos como a Kombi e o Fusca, além de outros relacionados aos modelos da gama atual, como Gol, Fox e o Up.

Leia Também:  Ferrari Portofino M evolui e promete entrar para a história da marca

2 – Caneca Mercedes-Benz

caneca
Divulgação

caneca Mercedes

Uma opção de presente acessível (mas ainda assim de grife) são as  canecas oferecidas pela Mercedes-Benz em sua loja de produtos oficiais . Com preços que partem de R$ 49.90, a linha inclui três opções de modelos, duas delas voltadas para os fãs dos caminhões da marca.

3 – Somente para jipeiros

Jeep
Divulgação

Jeep


Para os pais mais ligados ao mundo 4×4, uma opção de presente bacana são os bonés oferecidos na loja oficial da Jeep .

Com preços a partir de R$ 109,99, a relação traz modelos de visual básico, apenas com a inscrição Jeep, e outros mais elaborados, que reproduz a icônica grade do Wrangler.

4 – Para motociclistas

jaqueta
Divulgação

Jaqueta Triumph

Triumph oferece em sua loja virtual uma série de acessórios voltados para os motociclistas. A lista inclui desde blusas (a partir de R$ 131,90), passando por luvas (a partir de R$ 167,90) e jaquetas (a partir de R$ 1.047,90).

5- Som automotivo

central
Divulgação

Central multimídia

Para os pais mais apaixonados por som automotivo, uma opção é o  Pioneer DMH-Z5380TV  . Com preço de R$ 1.699, o produto é um dos lançamentos mais recentes da marca.

Leia Também:  Veja os novos caminhões eletrificados de Mercedes-Benz e Scania

O aparelho tem tela de 6,8″ e traz TV digital e bluetooth integrados. Mas o principal destaque é a compatibilidade com o Android Auto e Apple CarPlay, além de permitir a conexão com os comandos do som original no volante nos casos em que o carro tiver esse equipamento.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Carros e Motos

Cinco versões do Ford Escort que não tivemos no Brasil

Publicados

em

Por


source

Lançado no Brasil em 1983, o Escort representou um enorme avanço para a filial brasileira da Ford. Correspondendo ao modelo europeu de terceira geração, foi o primeiro carro alinhado com a linha europeia da marca americana e ficou conhecido por versões icônicas como o conversível e o esportivo XR3.

Depois do carro pioneiro, o Escort seria comercializado por aqui em mais três gerações e sairia de cena apenas em 2003, quando a Ford já havia lançado o seu sucessor, o Focus. Inicialmente fabricado no Brasil, teve a sua última geração importada da Argentina.

Fora do Brasil, o modelo fez bastante sucesso no exterior. O nome Escort, aliás, segue em uso em um sedã da Ford feito na China. Confira abaixo algumas variações que não tivemos por aqui.

Escort Turnier

Ford Escort
Divulgação

Ford Escort Turnier


A primeira geração do Escort brasileiro foi oferecida com uma gama de carrocerias que incluía versões de três e cinco portas, além do conversível.

Mas uma opção que não tivemos foi a variação station wagon, que podia ser adquirida no mercado europeu em variações de três ou cinco portas. Por aqui, a perua Escort SW viria apenas em 1996, importada da Argentina.

Leia Também:  Veja os novos caminhões eletrificados de Mercedes-Benz e Scania

Escort Turbo

Ford Escort
Divulgação

Ford Escort RS Turbo


O esportivo Escort XR3 de segunda geração (quarta na Europa) teve como opção de motor mais potente no Brasil o AP 1.8S vindo da Volkswagen. Fruto da formação da Autolatina, desenvolvia declarados 99 cv.

No mercado europeu, esta mesma geração tinha como opção mais potente a RS Turbo, que trazia um motor 1.6 turbinado capaz de desenvolver 134 cv. Com este conjunto, o Escort esportivo acelerava de 0-100 km/h em 8,7 segundos e batia os 206 km/h de velocidade máxima.

Escort RS Cosworth

Ford Escort
Divulgação

Ford Escort RS Cosworth


Uma das variações mais interessantes já criadas do Escort, a RS Cosworth foi produzida entre 1992 e 1996 na Alemanha, como uma versão de homologação do carro para o WRC, o Campeonato Mundial de Rali.

A carroceria do Escort original foi adaptada para usar a base do médio-grande Sierra. Já os motores 2.0 turbo, desenvolvidos e fabricados pela britânica Cosworth , eram da família YB e desenvolviam 227 cv em sua versão de rua.

Leia Também:  Projeto de lei quer tornar autoescola opcional para tirar a CNH

Escort Van

Ford Escort Van
Divulgação

Ford Escort Van


Diferente da perua Escort SW, que chegou na parte final da vida do modelo no Brasil, uma variação que nunca chegou aqui foi o Escort Van. Idêntico ao carro de passeio até a coluna central, tinha na traseira um compartimento para levar até 715 kg de carga.

Popular no Reino Unido, trazia uma gama de motores com opções 1.3 a gasolina Endura-E de 60 cv (o mesmo que chegou a ser oferecido no Fiesta brasileiro) e os 1.8 diesel de 60 ou 70 cv (com ou sem turbo). O Escort Van ficou em linha até 2002.

Escort chinês

Ford Escort (China)
Divulgação

Ford Escort (China)


O nome Escort voltou a ser utilizado em carro da Ford em 2015. Projetado para ser o sedã de entrada da marca na China, o modelo era construído sobre a mesma plataforma do Focus de segunda geração.

Apesar da proposta, o novo Escort tem tamanho de sedã médio (é 11 cm mais longo do que um Chevrolet Onix Plus ) e é oferecido com um motor 1.5 a gasolina de 122 cv, que pode ser combinado a um câmbio automatizado de seis marchas e dupla embreagem.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo