Política Estadual

Deputado pede que candidatos incluam o fortalecimento da infraestrutura para ciclistas nos planos de governo

Publicados

em


.

Na terça-feira (15) o deputado estadual Reichembach usou o horário da liderança do PSC durante a sessão da Assembleia Legislativa do Paraná para falar sobre o aumento do número de ciclistas em todo país durante a pandemia. A bicicleta, que pode ser utilizada como meio de transporte diário ou como opção de lazer, teve aumento de 118% nas vendas no mês de julho em comparação ao mesmo período de 2019 de acordo com a Associação Brasileira do Setor de Bicicletas.

Para Reichembach, as cidades paranaenses precisam se adaptar a essa nova realidade. “Este ano teremos eleições, e minha sugestão é que os candidatos a prefeito incluam em seus planos de governo propostas de fortalecimento da infraestrutura para os ciclistas”, afirma. O deputado, que no momento utiliza a bicicleta para o lazer, utilizou a “magrela” como meio de transporte por dois anos durante seu primeiro emprego: carteiro.

O deputado ainda destaca o crescente número de acidentes envolvendo ciclistas no estado, com um aumento de 57% nos internamentos entre 2010 e 2019. “Estamos no momento de renovação das concessões das rodovias do Paraná, e precisamos que estejam incluídos termos sobre a segurança dos ciclistas nos novos contratos, pois é um local em que o ciclista corre muito risco pela falta de segurança”, completa.

Leia Também:  Bancada federal defende "menor preço

Todas as esferas – Em 2018, o então presidente Michel Temer sancionou o Programa Bicicleta Brasil, que visa a estimular a construção de ciclovias, ciclofaixas, bicicletários e a oferecer pontos de aluguel de bicicletas. O programa, no entanto, ainda depende de regulamentação. “Precisamos fortalecer a infraestrutura para os ciclistas não só na esfera municipal e estadual, mas também federal. Quanto mais infraestrutura, maior segurança, e também maior é a atratividade para outras pessoas iniciarem a prática”, finaliza.

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Política Estadual

Audiência pública discute soluções para o futuro da indústria e do comércio no Paraná

Publicados

em

Por


.

Para fortalecer o diálogo com o setor produtivo, iniciativa privada e sociedade civil, a Comissão de Indústria, Comércio, Emprego e Renda da Assembleia Legislativa do Paraná, presidida pelo deputado Paulo Litro (PSDB), irá realizar nesta terça-feira (22), a partir das 10 horas, uma audiência pública por meio de videoconferência para debater os avanços necessários para a retomada da economia no estado pós-coronavírus. O encontro terá transmissão ao vivo pela TV Assembleia, através do canal aberto 10.2 e 16 pela Claro/Net, além do site e das redes sociais do Legislativo.

De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Brasil apresentou uma queda de 9,7% do Produto Interno Bruto (PIB) no 2º trimestre, o que significa que a economia do país entrou oficialmente em recessão técnica, que é caracterizada por dois trimestres consecutivos de diminuição do nível de atividade econômica.

“A audiência pública trará um debate importante sobre as demandas e necessidades dos diferentes setores econômicos do estado e irá ajudar a definir prioridades de curto, médio e longo prazo para potencializar a recuperação da indústria e comércio no Paraná”, afirmou Paulo Litro.

Leia Também:  Audiência pública vai debater o manejo da Floresta Ombrófila Mista

Foram convidados para o debate o vice-governador do Paraná e presidente da Fecomércio, Darci Piana; o secretário chefe da Casa Civil, Guto Silva; o secretário de Estado da Fazenda, Rene Garcia; o presidente da Fomento Paraná, Heraldo Neves; o presidente da Fiep, Carlos Valter Martins; o presidente da Fecoopar, José Roberto Ricken; o presidente da Faciap, Marco Tadeu Barbosa; o presidente da Fetranspar, Sergio Malucelli; o presidente da ACP, Camilo Turmina; o presidente da Faciap, Ágide Meneguette; e o professor da China Foreign Affairs University, Marcus Freitas.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo