Estadual

Delegacia da Mulher de Pato Branco ganha nova sede

Publicados

em

Pato Branco, no Sudoeste do Estado, ganhou uma nova sede da Delegacia da Mulher. O governador Carlos Massa Ratinho Junior inaugurou nesta terça-feira (12) o prédio em que a divisão especializada da Polícia Civil passa a funcionar. O espaço de 380 metros quadrados era utilizado pelo Fórum da cidade e foi repassado para a Secretaria de Estado da Segurança Pública.

O local estava abandonado e foi reformado por meio de um projeto do Rotary Club de Pato Branco, com recursos da comunidade. O custo da reforma foi estimado em R$ 60 mil, além de outros R$ 57 mil para a readequação do auditório anexo. “É o Paraná fazendo sua parte para a proteção da mulher, prestando atendimento especializado e de qualidade”, afirmou o governador. A inauguração fez parte do pacote de ações do governo em Pato Branco durante a instalação da sede o Executivo Estadual na cidade.

Ratinho Junior lembrou que o Governo do Estado trabalha para ampliar o número de delegacias especializadas no combate à violência contra a mulher. Ele citou as recentes inaugurações nas cidades de Londrina e Arapongas, no Norte do Paraná. “A mulher se sente mais confortável em ser atendida por uma outra mulher, em fazer uma denúncia para outra mulher”, ressaltou.

MULTIDISCIPLINAR – A nova delegacia dispõe de um amplo espaço. Passou a contar com cartório, sala de investigações, sala de audiência, sala de reuniões e sala para equipe multidisciplinar. Atenderá a comarca de Pato Branco, que engloba também os municípios de Vitorino, Bom Sucesso do Sul e Itapejara.

Leia Também:  Governo do Paraná quer ampliar parceria entre BRDE e BNDES

“A delegacia é fruto da união da sociedade organizada com a Secretaria de Segurança”, explicou o Rômulo Marinho, secretário de Segurança Pública. “Vai melhorar sensivelmente a qualidade do atendimento à mulher vítima de crime em toda a região, um serviço de excelência para a população”, disse Silvio Rochemback, delegado-geral da Polícia Civil do Paraná.

ATENDIMENTOS – A nova unidade passa a atender as vítimas de violência doméstica, bem como todos os crimes cometidos contra crianças e adolescentes do sexo feminino. De janeiro até outubro deste ano foram instaurados 1.100 procedimentos, elaboradas 400 medidas protetivas na área de atuação da delegacia.

NECESSIDADE – Dados da Secretaria de Estado da Segurança Pública mostram que no primeiro semestre deste ano foram registrados, em todo o Estado, 38 feminicídios. A delegada Franciela Alberton, responsável pela unidade, explicou que a nova sede significa mais segurança para as mulheres da região.

De acordo com ela, as vítimas serão atendidas somente por policiais mulheres, sem correr o risco de encontrar o agressor durante o registro do boletim de ocorrência. “Mais que uma reivindicação antiga, era uma necessidade do município. Agora temos um local adequado para que as vítimas possam ser tratadas também de maneira adequada”, disse ela.

Leia Também:  Paraná quer ampliar parceria entre BRDE e BNDES

A intenção, segundo a delegada, é disponibilizar no espaço atendimentos psicológicos, além da orientação de assistentes sociais. “Fornecer um atendimento mais humano ”, afirmou.

POLÍTICA PÚBLICA – No Paraná existem 20 Delegacias da Mulher, distribuídas por todo Estado. Nas cidades onde não existe uma delegacia especializada, a orientação é para as mulheres que precisem denunciar qualquer abuso, casual ou recorrente, que se dirijam à Delegacia de Polícia Civil da localidade ou, ainda, façam a denúncia pelos números 181 ou 180.

Já em casos de urgência e emergência, ou seja, no exato momento que a agressão esteja acontecendo, a indicação é para que a mulher, ou quem presencie o fato, ligue no 190, da Polícia Militar.

DATA – Seguindo a tendência de aumentar o debate sobre o assunto, Ratinho Junior sancionou no último dia 25 de junho a Lei 19.873/19, que institui a data da morte da advogada Tatiane Spitzner, 22 de julho, como Dia Estadual de Combate ao Feminicídio.

PRESENÇAS – Participaram da cerimônia o chefe da Casa Civil, Guto Silva; o presidente do Rotary Club Vila Nova, Adrione Pasa; os deputados estaduais Soldado Adriano José, Paulo Litro, Luiz Fernando Guerra e Nelson Luersen; o presidente da OAB-PR, Cássio Telles.

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Estadual

Estado destina R$ 51 milhões para revitalização da PR-280

Publicados

em

Por


.

Principal artéria do Sudoeste, a PR-280 entrará em obras de revitalização, com nova pavimentação e terceiras faixas, ainda este ano, dentro do Programa de Revitalização da Segurança Viária do DER. O anúncio foi feito pelo chefe da Casa Civil, Guto Silva, nesta terça-feira (04), durante evento de entrega de respiradores em Palmas.  

“Vamos ter 19 quilômetros de terceiras faixas, que darão condições de trafegabilidade, e revitalizar trechos críticos da rodovia, como o que vai do trevo de Palmas a Horizonte, muito deteriorado, que vai receber pavimentação em concreto”, disse Silva.

As obras que serão realizadas pelo Estado vão resolver problemas urgentes da PR-280. A publicação do edital de licitação está prevista para a segunda quinzena de setembro, com um valor de aproximadamente R$ 51 milhões. Seguindo os trâmites normais, as obras deverão ser iniciadas ainda este ano e o prazo de execução é de 12 meses.

O chefe da Casa Civil explicou que os contratos atuais de serviços que atendem a PR-280, do segundo semestre de 2018 a maio deste ano, já custaram ao Estado R$ 33,5 milhões exclusivamente para reparos e conservação.  “O governo não quer mais fazer remendos, a determinação do governador Ratinho Junior é dar uma solução definitiva para a PR-280”, acrescentou.  

Leia Também:  Paraná recebe quase 100 mil ampolas de medicamentos para intubação

A rodovia também será incluída no novo pacote de concessões do governo federal, que vai substituir os atuais contratos, que têm vigência até 2021. “Não era possível esperar, por isso nos antecipamos e decidimos começar as obras ainda este ano. Todas as intervenções que fizermos serão abatidas das tarifas de pedágio”, explicou o chefe da Casa Civil. 

RECURSOS – Os recursos do programa de revitalização virão do empréstimo de R$ 1,6 bilhão negociado pelo Estado junto ao Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal.  

O pedido de financiamento já tramitou no senado, passou pela Secretaria do Tesouro Nacional e está na comissão de valores mobiliários. O ministro da Economia, Paulo Guedes sinalizou que a operação será autorizada na próxima reunião da CVM. A expectativa é que os recursos sejam liberados ainda na primeira quinzena de agosto. 

PROGRAMA – A PR-280 será a primeira rodovia contemplada no Programa de Revitalização da Segurança Viária do DER. O objetivo do programa é identificar os segmentos críticos de segurança viária e propor melhorias, o que inclui aumento da capacidade (terceiras faixas), melhoria do pavimento, da sinalização viária e dispositivos de segurança. 

Leia Também:  Paraná quer ampliar parceria entre BRDE e BNDES

No total, serão atendidos 27 segmentos da PRC-280: em União da Vitória; no trecho entre a BR-153 e Palmas; na região de Pato Branco e Vitorino Braga; e em vários segmentos distribuídos ao longo da rodovia até o entroncamento de Marmeleiro. 

Além da PR-280, também estarão na primeira etapa do programa a PR-323 e PR-092.

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo