Saúde

Covid-19: pais registra 965 mortes nas últimas 24 horas

Publicados

em


.

O Brasil registrou 965 novas mortes por covid-19 em 24 horas, totalizando 22.013, de acordo com o boletim diário do Ministério da Saúde. A letalidade (número de mortes pela quantidade de casos confirmados) da doença no país está em 6,3%.

O Brasil teve 16.508 novos casos confirmados e chegou ao total de 347.398. Do total de casos confirmados, 182.798 estão em acompanhamento (52,6%) e 142.587 estão recuperados (41,0%) . Há ainda 3.534 mortes em investigação.

São Paulo se mantém como epicentro da pandemia no país, concentrando o maior número de mortes (6.045). No estado, há 80.558 casos confirmados. O estado é seguido pelo Ceará (2.308 mortes e 35.122 casos), Rio de Janeiro (3.905 mortes e 34.533 casos), Amazonas (1.744 mortes e 28.802 casos), Pernambuco (2.144 mortes e 26.786 casos) e Pará (2.001 mortes e 22.697 casos).

Edição: Narjara Carvalho

Fonte: EBC Saúde

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Prefeitura de SP diz que deputados visitaram hospital sem autorização
Propaganda

Saúde

São Paulo tem mais de 134 mil casos confirmados de coronavírus

Publicados

em

Por


.

O balanço mais recente divulgado pela Secretaria Estadual da Saúde de São Paulo revela que o estado tem, até este momento, 134.565 casos confirmados do novo coronavírus, com 8.842 óbitos. Há 4.531 pessoas internadas em unidades de terapia intensiva (UTI) de todo o estado com suspeita ou confirmação de infecção por coronavírus, além de 7.700 internadas em enfermarias.

A taxa de ocupação de leitos de UTI no estado é de 71% e, na Grande São Paulo, de 80,5%. Já o número de pacientes que receberam alta após terem estado internados por causa do novo coronavírus chegou a 24.616 pessoas nesta sexta-feira (5).

Respiradores

O governador João Doria informou que mais 700 respiradores deverão ser entregues nos hospitais públicos do estado até o final da próxima semana. Até ontem (4) tinham sido entregues a hospitais públicos municipais e estaduais de São Paulo 977 respiradores, disse Doria. E, com isso, serão entregues, no total, mais 1,6 mil novos leitos à rede pública do estado.

Leia Também:  Bolsonaro participa de inauguração de hospital em Goiás

“Cada respirador entregue significa um novo leito de UTI entregue”, afirmou o governador.

De acordo com Doria, o estado tem hoje 7.122 leitos de UTI, o dobro do que tinha no início da pandemia.

Edição: Nádia Franco

Fonte: EBC Saúde

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo