Carros e Motos

Conheça os 5 sedãs de entrada que menos perdem valor depois de um ano

Publicados

em

source

O ranking de Maior Valor de Revenda da Agência AutoInforme já é tradição, oferecendo um direcionamento aos consumidores na hora de fechar a compra de um carro novo. A depreciação é um dos principais tópicos observados pelos clientes na aquisição de um veículo, ainda mais se a intenção for trocar de carro todos os anos.

LEIA MAIS: Veja os 5 hatches que menos perdem valor após um ano

Com base nos dados coletados no mercado – considerando veículos que não tiveram alterações nos últimos doze meses – a Agência AutoInforme enumera os 5 sedãs de entrada que menos depreciaram no primeiro ano em 2019. Acompanhe a lista.

1 – Chevrolet Prisma – depreciação de -7,7%

Chevrolet Prisma arrow-options
Roberto Assunção

Chevrolet Prisma é o campeão quando o quesito é segurar o valor para a revenda

O Prisma mudou de nome na linha 2020, adotando o nome Onix Plus Joy. Mas como esteve em linha na maior parte do ano, entra para o ranking da Agência AutoInforme como o sedã de entrada que menos perdeu valor em 2019. A depreciação é de apenas – 7,7%.no primeiro ano de uso.

Enquanto esteve no mercado como Prisma em 2019, o modelo foi vendido com motores 1.0 e 14 (de 80 cv e 104 cv, respectivamente). Destaque para os modelos LTZ, que além de contarem com sistema de conectividade MyLink, também integram câmbio automático de seis velocidades.

Leia Também:  Confira dicas sobre cuidados durante as vendas de carros na pandemia

2 – Hyundai HB20S – depreciação de -9%

Hyundai HB20 arrow-options
Divulgação

O Hyundai HB20S fica com a medalha de prata entre os sedãs compactos que menos perdem valor

Abaixo do Prisma, surge o Hyundai HB20S da antiga geração. De acordo com o estudo publicado pela AutoInforme, o sedã de entrada da marca coreana perdeu apenas -9% de seu valor durante o primeiro ano de uso, conquistando a medalha de prata.

Nessa geração, o HB20 era vendido com duas motorizações: 1.0 de três cilindros capaz de entregar 80 cv de potência e 1.6 de 128 cv. Este último ainda poderia ser combinado ao câmbio automático de seis velocidades.

3 – Fiat Grand Siena – depreciação de – 9,7%

Fiat Grand Siena arrow-options
Divulgação

Fiat Grand Siena tem apenas duas versões no Brasil, trazendo também a pré-disposição para kit-GNV

Após o lançamento do Cronos, o Fiat Grand Siena ficou um pouco esquecido no mercado brasileiro. Mas o sedã de entrada da marca italiana resiste, e conta com um dos melhores valores de revenda do mercado. Após um ano, sua depreciação é de apenas – 9,7%.

LEIA MAIS: Veja os 5 hatches com os seguros mais caros do Brasil

Leia Também:  Kawasaki Vulcan deve ganhar motor da esportiva Ninja, diz revista japonesa

O modelo tem três versões no mercado brasileiro: 1.0 Attractive de 75 cv de potência e 1.4 Attractive de 88 cv, sempre com transmissão manual de cinco velocidades. O cliente ainda pode equipar o modelo de fábrica com pré-disposição para kit-GNV.

4 – Ford Ka Sedan – depreciação de -10,5%

Ford Ka Sedan 2019 arrow-options
Caue Lira/iG

Ford Ka Sedan é o quarto colocado na lista dos modelos que menos perdem valor após um ano

A boa notícia para quem pretende comprar um Ford Ka Sedan : o modelo desvaloriza apenas -10,5% no primeiro ano de uso, de acordo com o levantamento publicado pela Agência AutoInforme.

As versões básicas do Ka Sedan trazem o motor 1.0 de 85 cv de potência (um dos mais potentes do mercado entre os aspirados). Os pacotes intermediários já trazem o 1.5 de três cilindros com 136 cv de potência e câmbio de cinco velocidades, enquanto os modelos mais caros surgem com câmbio automático de cinco velocidades.

5 – Toyota Etios Sedan – depreciação de -11,1%

Toyota Etios Sedan arrow-options
Divulgação

A linha do Toyota Etios Sedan ficou mais enxuta após a chegada do Yaris

Finalizando o levantamento dos cinco que menos perdem valor da Agência AutoInforme, o Toyota Etios Sedan registra depreciação de apenas -11,1%, ficando na quinta colocação entre os sedãs compactos.

LEIA MAIS: Veja os 5 carros seminovos mais baratos e fáceis de consertar, segundo o CESVI

Na versão Sedan, ele é vendido exclusivamente com motor 1.5 de 107 cv de potência, com câmbio manual de seis velocidades ou automático de quatro. Vale lembrar que após o lançamento do Yaris, a Toyota optou por versões mais enxutas do Etios – a fim de não canibalizar os modelos.

Fonte: IG CARROS
COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Carros e Motos

Jeep Compass renovado será mostrado no mês que vem

Publicados

em

Por


source
Jeep Compass
Divulgação

Jeep Compass: teaser não revelada nada de novo, a não ser a data em que o SUV renovado será apresentado nos EUA

A Jeep prepara mudanças no Compass vendido em diversos mercados, mas primeiro em países como os Estados Unidos e China. Um teaser foi mostrado no You Tube, mas sem revelar nada de novo em relação ao que já se conhece sobre o SUV médio que é líder de vendas do segmento no Brasil, onde o carro deverá levar um tempo extra para receber novidades.

LEIA MAIS: Jeep Compass Limited 2020: poucas mudanças, à espera da renovação em 2021

Nas imagens, aparece apenas que a data da apresentação do Jeep Compass renovado será 4 de junho, mais exatamente quinta-feira da semana que vem. Entre o que deverá mudar no utilitário esportivo deverão estar os faróis como parte da frente redesenhada. Novos jogos de rodas também estão sendo esperados, assim como uma inédita paleta de cores da carroceria.

Leia Também:  Seguradoras apostam em bônus e descontos progressivos para manter clientes

No conjunto mecânico, um dos destaques deverá ser a versão híbrida, que também passará a estar disponível no mercado norte-americano. O que se sabe até agora é que o novo Compass híbrido deverá ser equipado com motor 1.3 turbo funcionando junto com outro elétrico, somando uma potência de 240 cv. Outra informação é que apenas consumindo eletricidade, o SUV pode rodar 50 quilômetros.

LEIA MAIS: Renegade zero quilômetro ou Compass seminovo: qual compensa mais?

O que também deverá mudar no Jeep Compass é o sistema multimídia Uconnect 5, que chegou a ser mostrado na minivan Chrysler Pacifica, com telas de alta resolução de até 12,3 polegadas e velocidade de processamento de dados cinco vezes mais rápida em relação ao sistema anterior. Além disso, há um avançado recurso de comandos por voz e conexão de Android Auto e Apple Car Play sem fio, bem como acesso à internet.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo