Mulher

Como cultivar temperos em casa? Aprenda a plantar e cuidar da sua horta

Publicados

em


source

Poder colher um ingrediente fresquinho poucos minutos antes de preparar aquela receita especial é uma das vantagens de ter uma horta na varanda, no quintal o ou em outro espaço da casa. Ter plantinhas é um hábito comum e que ganhou força, segundo dados do Pinterest, nesse isolamento social. E por que não aproveitar a onda e cultivar temperos em casa?

Leia também: Aprenda a fazer uma mini-horta em casa durante a quarentena

alecrim
FreePik

Para cultivar temperos em casa, como alecrim e manjericão, é importante garantir um espaço com luz

Segundo Diego Diel, coordenador de mercado da Isla Sementes, o primeiro passo para montar uma mini-horta e cultivar temperos em casa é analisar se realmente há espaço para isso. Não é preciso uma área grande, mas a presença de sol é fundamental. 

Depois, é necessário comprar os materiais:  vaso, jardineira, terra, ferramenta e regador. Em relação a isso, ele dá uma dica: “Analise todos os detalhes do que já se tem em casa. À vezes temos tudo para fazer uma horta e acabamos comprando coisas desnecessárias”. 

“Podemos usar acessórios reutilizáveis, como um balde, caixinha de ovo que pode virar uma sementeira… Os primeiros passos são analisar o que se tem e partir para a mão na massa. Assim, pensamos na estrutura, onde vamos plantar, etc”, completa.

Leia Também:  Horóscopo do dia: previsões para 4 de julho de 2020

Além disso, ele aponta dois pontos fundamentais para cultivar as plantinhas em casa: amor e dedicação. “Eu digo que uma hortaliça é como uma criança. Temos que olhar com atenção, se atentar a todos os cuidados, ver se está úmida, se germinou, se não germinou tem que plantar de novo, fazer as podas. Se envolver de fato com a horta , tendo atenção com a hortaliça e aí o sucesso vem!”.

Leia também: Mudando a casa na quarentena: como ter um jardim interno?

Espaço ideal para cultivar temperos em casa

Como Diego fala antes, o mais importante é que o espaço tenha luz, independente de ser grande ou pequeno. “O ideal é ter no mínimo 4 horas de luz. Mesmo que você não tenha tanto tempo de luz, tudo bem, a planta acaba se adaptando, mas o Sol é muito importante, porque é energia para a planta”, fala. 

Em relação ao espaço, existem inúmeras possibilidades: “Você pode fazer uma estrutura suspensa, em cima de um cavalete, uma escada, na prática o espaço precisa ter luz. Quando for um plantio no solo ou no quintal, temos que pensar numa drenagem, para escoar a água”.

Leia Também:  Adriane Galisteu diz que já viveu relacionamento abusivo

Leia também: 5 plantas para ter em casa

Como cuidar dos temperos?

temperos
Divulgação/Isla Sementes

Podar os temperos é um dos principais cuidados para garantir que eles cresçam saudáveis e saborosos

Além de atenção com a luz e quantidade de água, cada tempero exige um cuidado específico. Abaixo, Diego ensina como cultivar temperos em casa:

  • Manjericão

O principal cuidado com o manjericão é garantir a poda em dia. Caso contrato, ele cresce muito. “Outro detalhe é tirar o pendão, porque ele acaba roubando o aroma da folha”.

  • Manjericão de coloração roxa

Este tipo de manjericão exige atenção especial em períodos de inverno e/ ou muita chuva, pois a falta de luz interfere de forma negativa na cor. “O ideal é ficar atento ao local de plantio e posição do vaso”.

  • Alecrim

Assim como a salsa e a cebolinha, é preciso ter cuidado com a poda. “Quando está boa e não colhe, ela começa a sugar energia da planta e ficar amarelada. Então, está pronta, tem que colher. Temos que ficar atento a esse detalhe”.

  • Pimenta

Diego explica que o grande cuidado é amarrar os galhos e fazer o processo de tutoramento, uma estrutura que você proporciona para a planta fazer a sua produção sem que o galho quebre por peso ou encoste no solo. Então, o ideal é ter um vaso maior e um tutor para amarrá-la. 

  • Orégano

“É basicamente como o manjericão e alecrim. Fazer uma limpeza, retirando folhas velhas”, ensina.

Fonte: IG Mulher

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Mulher

Quer praticidade? Saiba como cuidar da pele em menos de 10 minutos

Publicados

em

Por


source

Nem sempre os  cuidados com a pele são adotados no dia a dia por achar que se vai gastar muito tempo nisso. Porém, é possível fazer uma rotina de skincare rápida e em menos de 10 minutos. Pode parecer difícil, mas o método já tem até nome: “skipcare”.

mulher passando creme na pele
Pexels

O básico da rotina de beleza é: limpar, tonificar, hidratar e fotoproteger

De acordo com a dermatologista Claudia Marçal, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), a dica é seguir a “pirâmide de tratamento” (higienização, hidratação e fotoproteção) e apostar em cosméticos multifuncionais. 

Abaixo, veja como cuidar da pele em menos de 10 minutos:

Pela Manhã

Durante a manhã, a ordem da rotina de beleza é: limpar,  tonificar, hidratar e fotoproteger. “Os produtos multifuncionais e aqueles com secagem rápida podem colaborar para que essa rotina seja eficiente e feita em menos de 10 minutos”, diz o dermatologista Abdo Salomão Jr., membro da SBD.

Limpar em 1 minuto e meio

“A pele deve ser lavada com movimentos circulares com as pontas dos dedos, massageando bem em todas as áreas, principalmente a região da zona T, que é a região mais oleosa. Cuidado com o sabão na região da linha interciliar para evitar qualquer tipo de blefarite ou conjuntivite. Deixar com que esse sabonete, gel de limpeza ou loção de limpeza, dependendo do tipo de pele, permaneça por um minuto e depois retirá-lo com água”, explica a Claudia. 

No geral, para pele secas, indica-se a emulsão de limpeza com extratos calmantes. Já para as oleosas, o sabonete líquido com ácido salicílico pode ser usado.

Leia Também:  Das ruas para a Vogue: Jessica viu sua vida mudar após viralizar na internet

Tonificar em 2 minutos

“As loções tônicas devem ser aplicadas com algodão por toda a extensão do rosto e pescoço. Esse tônico regula (equilibra) o pH, pode ter característica hidratante, controladora da oleosidade e calmante, dependendo do ativo da formulação”, diz o dermatologista. Depois, espere a pele secar para seguir para a próxima etapa. 

Hidratar em 3 minutos

O indicado é usar a quantidade de produto equivalente ao tamanho de uma ervilha. Pensando assim, pode até parecer muito tempo para aplicar o creme. Segundo os médicos, em três minutos é possível combinar uma hidratação com um efeito anti-idade potente. Eles explicam que os séruns podem ser aplicados antes e, por terem ativos concentrados, podem trazer mais benefícios. 

É importante reforçar nosso sistema antioxidante com o uso tópico de Vitamina C estabilizada, Vitamina E, Alistin, OTZ 10 e ácido ferúlico”, explica a médica. No caso do hidratante, aplicado assim que a pele secar, o ácido hialurônico é a opção mais inteligente e pode mesclar baixo e alto peso molecular (Hyaxel e DSH CN). 

Eles também orientam ter atenção em relação às texturas. “Peles mais secas se beneficiam de cremes mais pesados enquanto as peles mais oleosas devem investir em gel e loções oil-free”, diz Abdo.

Área dos olhos em 1 minuto

A área dos olhos merece tratamento especial, já que é a uma das áreas com a pele mais fina e sensível do corpo. O cuidado específico para essa região ajuda a prevenir a formação de linhas e sulcos. “As fórmulas devem ser suaves, mas concentradas em ativos que garantam a firmeza e elasticidade da pele”, afirma Abdo.

Leia Também:  Horóscopo do dia: previsões para 4 de julho de 2020

Fotoproteger em 2 minutos

A última etapa é a fotoproteção. Claudia explica que essa é uma das etapas mais importantes dos cuidados com a pele. De acordo com o ela, o ideal é passar o produto 30 minutos antes de sair de casa. 

“As recomendações mundiais pelos consensos tanto brasileiros de fotoproteção quanto pelos guidelines internacionais é que se use dois miligramas por centímetro quadrado, mais ou menos uma colherzinha de café. Eu tenho que passar o filtro solar até que essa camada generosa cubra toda a área e eu tenha aquela sensação de que existe um conforto e uma cobertura homogênea”, diz a médica.

À noite

Também é importante cuidar da pele no final do dia. Os médicos orientam repetir o ritual de limpeza da manhã, massageando e deixando o produto na pele antes de retirá-lo. De acordo com Abdo, você também pode usar duas vezes por semanas um esfoliante, algo que vai adicionar mais dois minutos, mas garante uma textura mais suave e facilita a absorção dos ativos de tratamento que vêm a seguir. 

Depois do banho, com a pele seca, a dica é aproveitar que os poros estão mais abertos e hidratar todo o corpo com loções cremosas e ricas em óleos vegetais. No rosto, gaste cinco minutos na tonificação e hidratação, mas adicione também fórmulas recomendadas pelo dermatologista. 

“Elas podem contar com o retinol, substâncias clareadoras, renovadoras, estimuladoras do turn-over celular e antioxidantes para máximo efeito antiaging”, diz Claudia. “Consulte um dermatologista para saber os ingredientes ideais para sua pele”, finaliza.

Fonte: IG Mulher

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo