Novo Cantu - Esporte

Com chances de entrar no G-4, Paraná recebe o Londrina na Vila Capanema

Publicados

em

Com chances de entrar no G-4, Paraná recebe o Londrina na Vila Capanema

 

Com chances de entrar pela primeira vez no G-4, o Paraná recebe o Londrina neste sábado, às 19h (de Brasília), na Vila Capanema, pela 24ª rodada da Série B do Brasileiro. Na sexta posição com 37 pontos, o Tricolor precisa vencer a partida para conseguir um lugar no grupo de acesso.

Uma das apostas do time paranista está no fator casa. A equipe tem o melhor aproveitamento como mandante na competição, com 78,8% dos pontos disputados até agora: foram 11 jogos, com oito vitórias, dois empates e uma derrota.

O Paraná tenta manter também o embalo dentro do campeonato: são quatro partidas sem perder, sendo três vitórias e um empate.

Confira as principais informações da partida:

Escalação

O técnico Matheus Costa fez mistério e não revelou o time no último treino. Ele tem os retornos dos volantes Gabriel Dias e Leandro Vilela, que cumpriram suspensão na última rodada. A dupla deve voltar entre os titulares nas vagas de Jhony e Vinicius Kiss.

O atacante Alemão, que chegou a ser poupado durante a semana com dores nas costas, está confirmado. Por outro lado, Robson continua fora, contundido. Assim, Vitor Feijão segue na equipe.

A provável escalação é Richard; Cristovam, Maidana, Eduardo Brock e Igor; Leandro Vilela, Gabriel Dias, Renatinho e João Pedro; Vitor Feijão e Alemão.

Provável formação do Paraná para encarar o Londrina (Foto: Infoesporte) Provável formação do Paraná para encarar o Londrina (Foto: Infoesporte)

Provável formação do Paraná para encarar o Londrina (Foto: Infoesporte)

Fala, Matheus

A gente pode abrir uma distância maior sobre um clube qualificado, que também busca essa briga pelo G-4, e aproximar ainda mais dos primeiros colocados. Temos que ir buscando a pontuação, principalmente dentro de casa, e buscar os três pontos. Abre uma distância grande desse adversário e pode no aproximar do topo da tabela – disse o treinador paranista.

O adversário

Com 33 pontos e na nona posição da Série B, o Londrina vem embalado por três resultados positivos em casa: vitórias sobre o Ceará, pelo Brasileiro, e sobre o Fluminense e o Cruzeiro (nos pênaltis), pela Primeira Liga.

O técnico Claudio Tencati terá que fazer apenas uma alteração no time titular. Sem contar com o volante Jardel, suspenso pelo terceiro amarelo, o treinador deve optar pela entrada do meia Rafael Gava na equipe. Assim, a provável escalação é: César; Reginaldo, Dirceu, Edson Silva e Ayrton; Germano, Rômulo, Rafael Gava e Celsinho; Artur e Carlos Henrique.

 

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Luka Modric, camisa 10 da Croácia, é odiado pela torcida e pode ser preso ao voltar para casa
Propaganda

Novo Cantu - Esporte

Missão abafa: Coritiba vai com objetivo de bloquear o Palmeiras em casa

Publicados

em

Por

Missão abafa: Coritiba vai com objetivo de bloquear o Palmeiras em casa

 

Marcar foi a termo mais repetido pelo técnico Marcelo Oliveira para falar sobre o confronto com o Palmeiras. O treinador reforçou a necessidade do Coritiba em se impor na partida no Pacaembu, mas não esquecer que enfrenta uma equipe rápida e cheia de técnica. A solução, segundo ele, é que todo o time esteja preocupado em evitar o avanço palmeirense sobre a defesa coxa-branca.

A consciência de que todo o time precisa marcar passou pela receita de Marcelo Oliveira para conseguir um bom resultado. A “técnica do abafa” deve ser a saída que o técnico quer.

– Equilíbrio, muita concentração e marcação. O time do Palmeiras é técnico, rápido e muito bem treinado. Precisamos marcar bem e usar a nossa força. A ideia é ter jogadores técnicos jogando com qualidade e participando da marcação. Se tivermos consciência da marcação coletiva, temos certeza que poderemos brigar pela vitória.

A preocupação com a marcação é tamanha, que Marcelo Oliveira colocou de lado a possibilidade de escalar os meias Anderson e Longuine juntos. Ele acredita que os dois jogadores não possuem características de marcação como necessita e aproveitou para dar um puxão de orelha neles.

– Os dois jogam por dentro e alguém tem que marcar a lateral, porque o Palmeiras joga bastante pelas laterais. Se esses jogadores tiverem a consciência de participar da marcação, aí até pode acontecer, mas não sei se para esse jogo, disse na entrevista coletiva da última sexta.

Os jogadores já parecem ter absorvido a orientação de Marcelo Oliveira. O lateral direito Dodô, que volta ao time nesta segunda-feira, lembra que o time precisa retomar a forma de jogar do início do Brasileiro. Segundo ele, a equipe abafava os adversários ainda no ataque.

– Tem que ter a mesma pegada que tinha início, independente do que vai sofrer atrás. Às vezes ficavam dois só atrás, mas na frente estava todo mundo marcando.

Marcelo Oliveira também quer afastar da cabeça dos jogadores que o Palmeiras vive um momento complicado. Apesar de estar na quarta colocação, o time é cobrado por sua torcida por não estar brigando pela liderança no principal campeonato que sobrou após a desclassificação na Libertadores e na Copa do Brasil.

– O Palmeiras tem um time muito forte, um treinador muito experiente e não tem facilidade. A torcida empurra muito o time deles. O Coritiba tem que pensar em si próprio, porque estamos perdendo jogos em desatenções importantes, como um cartão amarelo desnecessário, um pênalti desperdiçado…

A provável escalação do Coritiba deve ser: Wilson; Dodô, Walisson Maia, Cleber Reis (Márcio) e Carleto; Alan Santos, João Paulo, Matheus Galdezani e Longuine (Anderson); Rildo e Henrique Almeida.

 

Fonte: G1

Leia Também:  Após Anos de Abandono Quadra de Esportes no Distrito de Santo Rei Será Recuperada
COMENTE ABAIXO:
Continue lendo