Estadual

Campanha de vacina contra a gripe termina nesta terça-feira

Publicados

em


.

A campanha de vacinação contra a gripe termina nesta terça-feira, 30 de junho. Até o momento, o Paraná atingiu a cobertura de 85, 95% do público-alvo, segundo dados do Sistema Nacional do Programa de Imunizações.

A Secretaria da Saúde do Paraná distribuiu 4,3 milhões de doses da vacina contra a Influenza para os vários grupos elencados pelo Ministério da Saúde e, deste total, foram aplicadas cerca de 3,3 milhões.

“Recomendamos aos municípios que ainda têm doses, para que promovam, a partir de 1º de julho, quarta-feira, a vacinação de forma indiscriminada para toda a população, observando sempre as regras de vigilância e de proteção durante a pandemia da Covid-19”, afirmou o secretário da Saúde do Paraná, Beto Preto. A orientação da Secretaria da Saúde foi encaminhada nesta segunda-feira (29), às 22 Regionais de Saúde.

Neste ano, a Campanha Nacional contra a Influenza foi antecipada em um mês. Teve início em março e logo nos primeiros dias houve uma corrida em busca da vacina, principalmente, pelos idosos, que registram mais de 100% de cobertura no Estado. 

Leia Também:  Medidas de isolamento seguem equação técnica para preservar vidas

Além das pessoas acima de 60 anos, os grupos de trabalhadores da saúde e de povos indígenas também apresentam índice de cobertura acima do preconizado pelo Ministério da Saúde, que é de 90% do público-alvo.

No entanto, outros grupos como de crianças, gestantes, puérperas e adultos de 55 a 59 anos ainda não atingiram a meta. Crianças até o momento está 59,73%; gestantes em 56,80%; puérperas em e adultos de 55 a 59 anos em 51,74%.

INDICADORES – Estes grupos são estabelecidos pelo Ministério da Saúde como indicadores para avaliação da cobertura vacinal da gripe. Mas além desses, também receberam a dose da vacina os grupos de trabalhadores das forças de segurança e salvamento, portadores de doenças crônicas e condições clínicas especiais, caminhoneiros, motoristas e cobradores de transporte coletivo, trabalhadores portuários, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional, pessoas com deficiência e professores.

EXTRAMUROS – A Secretaria da Saúde reafirma a importância de a imunização contra a gripe neste momento de pandemia. “A vacina não protege contra o novo coronavírus, mas impede que pessoas dos grupos de risco tenham quadros mais fortes da infecção pelos vírus da Influenza, evitando assim que precisem de internamento em leitos hospitalares”, disse a diretora de Atenção e Vigilância em Saúde da Secretaria Saúde, Maria Goretti David Lopes.

Leia Também:  Veja como será o rodízio de abastecimento na RMC até dia 15

A Secretaria indica, desde o início da campanha, que os municípios realizem a vacinação extramuros, ou seja, em ambientes fora dos postos e unidade de saúde, como forma de proteção da população e também dos profissionais que atuam na área. “Para os municípios que ainda têm doses da vacina contra a Influenza, a orientação é para que realizem ações de imunização em ambientes amplos e arejados, como drive thru, por exemplo”, disse a diretora.

“Enquanto houver saldo de vacinas a atividade deve seguir, mas alertamos que o registro das doses será consolidado pelo sistema nacional no dia 24 de julho”, complementou.

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Estadual

Paraná não tem novos casos de sarampo há quase 80 dias

Publicados

em

Por


.

A Secretaria da Saúde do Paraná divulgou nesta quinta-feira (9) mais um boletim com dados do sarampo. Por mais uma semana, o Estado segue sem novos casos confirmados, chegando dessa forma a quase 80 dias sem novos diagnósticos. Para encerrar a situação de surto em que o Paraná se encontra desde agosto, são necessários 90 dias sem registro de novos casos.

O Informe de número 40 apresenta o total de 1.837 confirmações, são cinco a mais que a semana anterior. Porém, a coordenação de Vigilância Epidemiológica explica que os diagnósticos são de casos de meses anteriores e foram analisados por outro método. Há também 240 casos em investigação e 1.290 que tiveram resultado negativo para sarampo.

VACINAÇÃO – A campanha de vacinação contra o sarampo teve o prazo estendido e segue até o dia 31 de agosto, dirigida a adultos na faixa etária de 20 a 49 anos.

O secretário da Saúde, Beto Preto, reforça a necessidade da vacinação. “Embora estejamos na pandemia pelo novo coronarívus, precisamos nos cuidar de outros vírus também. Os que ainda não tomaram a dose da vacina que protege contra o sarampo, devem procurar a unidade mais próxima da sua casa. Somente assim todos vão ficar protegidos dessa doença”.

Leia Também:  Veja como será o rodízio de abastecimento na RMC até dia 15

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo