Esportes

Brasileiras ficam em segundo na Copa do Mundo Universitária de Futebol

Publicados

em

O Brasil conquistou neste fim de semana o vice-campeonato da primeira edição da Copa do Mundo Universitária de Futebol, na China. A final feminina foi disputada por duas equipes invictas na competição: Unip-SP e Universidade de Ottawa.

As brasileiras tinham números melhores – marcaram 25 gols e não havia sofrido nenhum até então -, mas canadenses ganharam por 1 a 0, conquistando o primeiro título da competição.

Com menos de 2 minutos de partida, a equipe do Canadá abriu o placar com um gol de cabeça da atacante Morton. Com a vantagem tão cedo, a equipe se fechou e conseguiu segurar o jogo até o final, mesmo com a pressão das brasileiras.

“Talvez precisássemos jogar com um pouco mais de calma”, disse o chefe de equipe da Unip-SP, Flávio de Oliveira., que se disse orgulhoso de como as brasileiras jogaram. “Jogamos muito bem, mas, para terminar nossos ataques, precisávamos de um pouco mais de compostura e tranquilidade para esses momentos.”

O técnico do Canadá, Steve Johnson, disse que sabia que o jogo não seria fácil. “Eu sabia, pela qualidade das equipes aqui, que seríamos colocados em situações desconfortáveis. A Universidade Paulista desafiou a qualidade de nossas jogadoras ao máximo”, afirmou.

Leia Também:  Eventos esportivos podem voltar a partir de 27 de julho em São Paulo

Prêmios individuais

A brasileira Mylena Pedroso, número 9 da Unip-SP foi a artilheira da competição, com 9 gols marcados. “Quando chegamos aqui, eu não podia imaginar que acabaria sendo a artilheira. Agradeço a toda a equipe porque foram elas que me ajudaram a chegar lá”, afir,mou, emocionada.

A goleira Fernanda Delazere também ganhou um prêmio individual. Foi considerada a melhor na posição. E não foi para menos: até a final, ela não havia sofrido um único gol.

*Com informações da Confederação Brasileira do Desporto Universitário

Edição: Nádia Franco
COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Esportes

Final da Taça Rio será no Maracanã

Publicados

em

Por


.

O Fluminense será o mandante da partida final da Taça Rio, o segundo turno do Campeonato Estadual, contra o Flamengo, na próxima quarta-feira (8). O sorteio foi realizado na sede da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) na manhã desta segunda-feira (6). Apesar de o vencedor não obter qualquer vantagem acerca do jogo decisivo, esta qualificação atribuiu ao tricolor carioca responsabilidade pela organização do evento e a escolha do Maracanã como palco da decisão, que será disputada às 21h30.

Em nota a Ferj explica que o jogo deverá ser transmitido pela TV Globo, assim como aconteceu na semifinal entre Fluminense e Botafogo, neste domingo (6). A federação obteve liminar judicial obrigando a emissora a exibir a partida, com previsão de pena de multa de R$ 5 milhões em caso de descumprimento. A decisão tomada pela entidade ocorreu após o canal de TV anunciar na última quinta-feira (2) que não passaria mais jogos do Campeonato Carioca, mesmo tendo adquirido os direitos de transmissão de partidas de todos os clubes que disputam a competição, com exceção do Flamengo. A empresa de comunicação alega que o houve violação contratual no que diz respeito aos direitos de exclusividade, após o clube rubro-negro exibir em canal próprio a partida entre Flamengo e Boavista, na última quarta-feira (1º).

Leia Também:  Partida entre Fluminense e Botafogo será transmitida em TV aberta

O campeão Estadual pode sair na quarta-feira (8) caso a equipe do técnico Jorge Jesus conquiste a Taça Rio. Isso porque o Flamengo venceu a Taça Guanabara, como é chamado o primeiro turno do Carioca, e o regulamento prevê que o clube que conquistar ambas as taças e alcançar a liderança da classificação geral, levantará o troféu sem a necessidade de encarar a final.

Por outro lado, se o Fluminense levar a Taça Rio disputará o título em final divida em dois jogos contra o Flamengo.

Edição: Verônica Dalcanal

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo