Novo Cantu - Brasil

Bovespa supera os 76 mil pontos pela 1ª vez e opera estável

Publicados

em

Bovespa supera os 76 mil pontos pela 1ª vez e opera estável

 

O principal índice da bolsa opera estável nesta segunda-feira (18), depois de atingir pela manhã novas máximas intradia e de superar pela primeira vez aos 76 mil pontos.

Às 15h50, o Ibovespa subia 0,07%, a 75.806 pontos. Mais cedo, chegou a bater 76.393 pontos. Veja a cotação do dia.

Na sexta-feira, o índice fechou em alta de 1,47%, a 75.756 pontos, renovando a máxima histórica. O índice registrou a 8ª semana seguida de ganhos. Na semana, a Bovespa acumulou alta de 3,66%. No ano, o avanço é de 25,8%.

Cenário local e externo

Localmente, embora ainda exista cautela com o cenário político, a visão de que o governo do presidente Michel Temer ganhou fôlego para seguir com sua agenda de reformas tem se sobreposto às preocupações diante da nova denúncia contra Temer apresentada na semana passada pelo ex-procurador-geral da República, Rodrigo Janot, destaca a Reuters.

Neste pregão, o tom positivo ganhava respaldo ainda do exterior, com a redução das tensões geopolíticas que aumentavam o apetite por risco de investidores e impulsionavam o mercado acionário norte-americano, levando os índices Dow Jones e S&P 500 a novas máximas intradia.

No entanto, apesar do tom positivo da sessão, operadores não descartam a possibilidade de algum movimento de ajuste após as novas máximas recordes, em um dia de agenda econômica mais esvaziada, à espera de eventos importantes na semana, como a decisão de política monetária do banco central dos Estados Unidos, na quarta-feira.

 

Leia Também:  INSS paga indevidamente benefícios para pessoas mortas há 12 anos

 

Ibovespa nas últimas semanas

Pontuação no fechamento

PontosPontuação3/879/811/815/817/821/823/825/829/831/84/96/911/913/915/965k67,5k70k72,5k75k77,5k

12/9

 Pontuação: 74.538

Fonte: B3

 

Supermercado REAL Rodapé
COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Novo Cantu - Brasil

TRF3 nega habeas corpus a Joesley e Wesley Batista

Publicados

em

Por

TRF3 nega habeas corpus a Joesley e Wesley Batista

 

O Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF3), em São Paulo, negou hoje (15) os pedidos de habeas corpus impetrados pelos advogados de defesa de Wesley Batista e Joesley Batista, do grupo J&F. O pedido de habeas corpus se refere à investigação dos irmãos no processo que apura se eles teriam usado informações privilegiadas para lucrar no mercado financeiro.

Hoje à tarde, a partir das 16h, ocorre a audiência de custódia de Joesley Batista, na Justiça Federal. O executivo, que estava preso na Superintendência da Polícia Federal em Brasília, chegou a São Paulo no fim da manhã de hoje.

A transferência foi feita por ordem do juiz João Batista Gonçalves, da 6ª Vara Federal de São Paulo, referente à Operação Tendão de Aquiles, que investiga a venda de ações de emissão da JBS S/A na Bolsa de Valores e à compra de contratos futuros e a termo de dólar no mercado financeiro. As transações foram feitas em abril e maio, antes da divulgação dos áudios de conversas de Joesley Batista com o presidente Michel Temer e o senador Aécio Neves, que levaram a denúncias contra ambos.

Em nota, os advogados de Joesley e Wesley Batista disseram que vão recorrer da decisão no Superior Tribunal de Justiça (STJ) ainda hoje. “A própria decisão reconhece a ausência de fato novo apto a justificar a prisão. A inexistência de qualquer outro preso preventivo no Brasil pela acusação de insider trading revela uma excepcionalidade no mínimo curiosa”, argumenta a defesa.

 

Fonte: Congresso em Foco

Leia Também:  Os cogumelos venenosos
COMENTE ABAIXO:
Continue lendo