Esportes

Bahia e Ceará miram título da Copa do Nordeste

Publicados

em


.

Bahia e Ceará entram em campo na Arena Pituaçu, neste sábado (1), às 16h, para o primeiro jogo da final da Copa do Nordeste 2020. A partida da volta também será no mesmo estádio, em Salvador, na terça (4) às 21h30. O Tricolor baiano tenta o quarto título da competição (2001, 2002 e 2017). A equipe do técnico Roger Machado é dona de uma campanha impecável, com 7 vitórias e uma derrota na primeira fase do torneio. Depois derrotou o Botafogo da Paraíba, por 3 a 1, e nas semifinais superou, por 1 a 0, o Confiança, de Sergipe.

Já o Ceará busca o bicampeonato da popular Lampions League, que já conquistou em 2015. O Vozão está invicto e soma 5 vitórias e três empates na fase de grupos, depois eliminou o Vitória, por 1 a 0, e o arquirrival Fortaleza, pelo mesmo placar, nas semifinais.

Leia Também:  CBF autoriza Atlético-GO a escalar atletas com teste covid-19 positivo

Enquanto os alvinegros, comandados pelo técnico Guto Ferreira, contarão com o artilheiro do torneio, o meia Vinícius (que tem 5 gols), os baianos têm o desfalque do atacante Gilberto, contundido com um estiramento no joelho.

Edição: Fábio Lisboa

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Esportes

Treze abre vantagem sobre rival Campinense na final do Paraibano

Publicados

em

Por


.

No primeiro Clássico dos Maiorais pela decisão do Campeonato Paraibano, o Treze levou a melhor sobre o Campinense. Nesta quarta-feira (12), em Campina Grande (PB), o Galo da Borborema fez 2 a 0 no maior rival e pode até perder por um gol de diferença na partida de volta da final, no sábado (15), às 16h (de Brasília). À Raposa, será necessário ganhar por três gols ou mais de saldo. Se vencer por dois, a decisão será nos pênaltis.

Apesar de o Campinense ter começado o jogo mais agressivo, foi o Treze quem criou as melhores chances e balançou as redes no estádio Amigão. Aos 25 minutos, o meia Douglas Lima deu passe açucarado para o camisa 10 Alexandre Santana abrir o placar, batendo na saída do goleiro Wellington.

Leia Também:  Mesatenista cearense é contratado pelo Sporting, de Portugal

No segundo tempo, o meia Bismarck, da Raposa, acertou o travessão, aos 38 minutos, após um rebote do arqueiro Jeferson. Quatro minutos depois, veio o castigo: o meia Bruno Mota recebeu do atacante Ermínio perto da marca do pênalti, girou e mandou para o gol, sacramentando a vitória do Treze.

Campeão pela última vez em 2011 e dono de 15 títulos paraibanos, o Galo disputa a primeira final estadual desde 2017, quando foi superado pelo Botafogo de João Pessoa. O Campinense, com 20 taças estaduais no currículo, tenta evitar o terceiro vice-campeonato seguido. A última conquista foi em 2016.

Veja aqui a classificação atualizada do Campeonato Paraibano.

Edição: Fábio Lisboa

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo