Política Nacional

Associação de juízes pede responsabilização criminal de Alvim por citar nazista

Publicados

em

source
Roberto Alvim arrow-options
Clara Angeleas

Roberto Alvim publicou fez pronunciamento com citação a fala de ministro nazista

A Associação Juízes Para a Democracia (AJD) pediu nesta sexta-feira (17) que o ex-secretário de Cultura Roberto Alvim seja responsabilizado civil, administrativa e criminalmente pela citação de um discurso de Joseph Goebbels , que foi ministro propaganda e imprensa de Adolf Hitler . Segundo a entidade, que reúne magistrados ativistas, o presidente Jair Bolsonaro foi “contraditório” ao demitir Alvim já que seu governo “flerta continuamente com políticas totalitárias”

Em vídeo em que anuncia o Prêmio Nacional das Artes, Alvim, citou textualmente trechos de uma fala do ideólogo nazista. “O pronunciamento oficial de um secretário de Estado, reproduzindo, em forma e conteúdo, a política de propaganda de um regime totalitário, mundialmente repudiado pelos prejuízos causados à humanidade, é inaceitável”, escreveu a AJD.

Leia também: Quem foi Goebbels e por que copiá-lo é um risco à democracia

Após a repercussão negativa do vídeo do ex-secretário, o presidente Jair Bolsonaro exonerou Alvim. “Comunico o desligamento de Roberto Alvim da Secretaria de Cultura do Governo. Um pronunciamento infeliz, ainda que tenha se desculpado, tornou insustentável a sua permanência”, escreveu Bolsonaro em sua conta do Twitter.

Leia Também:  Russomano lidera corrida pela prefeitura em SP, com 24%; Covas é 2º, diz Ibope

Leia também: “Talvez não esteja bem da cabeça”, diz Olavo após citação nazista de secretário

O presidente afirmou ainda que repudia ideologias “totalitárias e genocidas, como o nazismo e o comunismo” e manifestou apoio à comunidade judaica.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Política Nacional

Andrea Matarazzo é o candidato entrevistado pelo iG nesta segunda

Publicados

em

Por


source
Andrea Matarazzo de camisa branca com casas desfocadas ao fundo
Divulgação

Andrea Matarazzo, candidato à Prefeitura de São Paulo pelo PSD

O empresário Andrea Matarazzo (PSD) é o entrevistado desta segunda-feira (21), às 11h, na série de lives do portal iG com os candidatos à Prefeitura de São Paulo nas eleições municipais de 2020.

Matarazzo foi ministro da Secretaria de Comunicação da Presidência de Fernando Henrique Cardoso entre 1999 e 2001. Em 2005 se tornou subprefeito da Sé na gestão de José Serra na capital paulista. Ele assumiu também, em 2006, a Secretaria Municipal de Serviços, como subprefeito da Sé e secretário de Coordenação das Subprefeituras na gestão de Gilberto Kassab.

Em 2010, assumiu a Secretaria de Estado da Cultura, cargo que ocupou até 2 de abril de 2012. Se último cargo foi de vereador em São Paulo, entre os anos de 2013 e 2016.

Leia Também:  Andrea Matarazzo é o candidato entrevistado pelo iG nesta segunda

Ao entrevista ao ar no  canal do YouTube ou na  página do Facebook do portal. Todas as entrevistas serão transmitidas nas duas plataformas a partir de hoje, sempre às 11h.

Durante a entrevista, os internautas poderão interagir e mandar perguntas. Essa é a hora para esclarecer todas as dúvidas e votar de forma consciente. Somente com informação de qualidade e democracia caminhando lado a lado que se toma a melhor decisão nas urnas.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo